quarta-feira, 28 de março de 2012

10 Filmes feitos para 3D



Os filmes em 3D surgiram ainda na década de 1920. A primeira exibição paga de um filme em 3D foi realizada em setembro de 1922. Na época já se utilizava a tecnologia anáglifa, que separa em cores predominantemente azuis e vermelhas a noção de profundiudade.
Ao longo dos anos, o sistema era moda durante algum tempo e logo desaparecia. Nos anos 50 e nos 80 houveram novas tentativas, mas foi recentemente que a tecnologia ganhou novos recursos e virou a tábua de salvação dos estúdios para poderem aumentar o ticket médio das salas.
Como foi necessário grande investimento para preparar as salas para o novo 3D, a moda agora deve durar mais.
Esta lista traz 10 filmes exemplares produzidos para 3D e não aqueles apenas adaptados para o sistema.


1.  Pina (o diretor Wim Wenders e a coreógrafa Pina Bausch já planejavam filmar a dança em 3D, quando ela morreu. Wenders então reuniu a companhia e encenou algumas de suas melhores coreografias, entremeadas por depoimentos dos dançarinos - sempre em off sobre suas imagens. o resultado é extasiante. uma experiência nova, que vai além do cinema e além mesmo da dança ao vivo. genial e um marco)


2.  A Invenção de Hugo Cabret (o grande destaque da bela homenagem de Scorsese ao cinema é exatamente o 3D. todos os quadros têm profundidade e a tecnologia tem razão de ser. o filme é irregular, mas sempre deslumbrante, obra de quem entende de cinema)


3.  Avatar (para realizar seu épico interplanetário, James Cameron investiu pesado no desenvolvimento de uma tecnologia de 3D estereoscópico, chamada Fusion Camera System. o resultado foi impressionante. profundidades nunca antes experimentadas pelo espectador e a maior bilheteria da história)


4.  Alice no País das Maravilhas (uma das mais festejadas versões da obra de Lewis Carrol, dirigida por Tim Burton, foi, na verdade, filmada com câmeras convencionais e apenas transformada em 3-D na pós-produção. apesar disso, a grande quantidade de efeitos especiais e cenários virtuais amenizou a sensação de falso 3D)


5.  Disque M para Matar (Alfred Hitchcock gostava de inovações e não podia ficar fora da primeira fase comercial do cinema 3D. neste suspense de 1952, ele criou alguns dos futuros clichês, como objetos em primeiríssimo plano. para um deles, foi produzido um telefone e um dedo gigantes, ressaltando o efeito)


6.  Os Fantasmas de Scrooge (nesta enésima versão do conto natalino de Dickens, estrelada por Jim Carrey, o diretor Robert Zemeckis utilizou a técnica de captura de performance para animar os cenários virtuais. foi o primeiro filme em 3D da Disney produzido para salas IMAX. o resultado técnico é excelente) 


7.  Sexta-Feira 13, Parte 3 - 3D (nos anos 1980, uma nova onda de filmes 3D invadiu as salas, principalmente com filmes de terror. esta terceira parte da repetitiva franquia nada acrescenta à trama e o 3D é bem ruinzinho, comparado ao que vemos hoje. sem falar na sucessão de objetos atirados em direção da câmera) 


8.  Rio (uma das coisas que melhor funciona nos filmes 3D são os efeitos de voo. num filme sobre pássaros, esse efeito pode ser utilizado sem economia e ainda fazer sentido. a animação se presta muito bem ao novo 3D e neste ótimo filme de Carlos Saldanha tudo funciona)


9.  Toy Story 3 (a Pixar acertou a mão nesta continuação de seu grande sucesso. deu trabalho transformar todos os personagens em 3D, pois precisaram ser reconstruídos a partir dos rascunhos originais, mas valeu a pena. o 3D funciona bem, as profundidades parecem reais e o desenho acabou sendo indicado para o Oscar de melhor filme e ganhou de melhor animação e trilha)


10.  Hubble 3D (já foram filmes em 3D exclusivamente para ser exibidos em parques de diversão e mais recentemente para as gigantescas telas IMAX - no Brasil só existem em São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro. dentre os filmes feitos especialmente para o formato, está este documentário de 41 minutos co-produzido pela Nasa e narrado por Leonardo DiCaprio, que levou uma câmera IMAX 3D para acompanhar a manutenção do telescópio Hubble. impressionante)


Veja ainda: "10 Filmes sobre Estrelas de Cinema"



segunda-feira, 19 de março de 2012

10 Filmes sobre Sexo - Parte 2


Esta lista é a continuação de uma das primeiras e mais visitadas do blog.
São 10 filmes onde o sexo está no centro da trama e não é mero coadjuvante.
Como provavelmente diria Freud, todos os filmes são sobre sexo, mas esses 10 são mais que os outros.
Confira também a lista anterior, de 2009.

1.  Shame (Michael Fassbender é um executivo de New York que sublima suas emoções, entregando-se ao sexo casual e virtual, enquanto é obrigado a conviver com sua irmã - Carey Mulligan -, que ao contrário se envolve totalmente em qualquer relacionamento. grande filme de Steve McQueen)

2.   A Professora de Piano (Isabelle Huppert é uma rígida professora do conservatório de Viena, que vive com sua mãe castradora - Anne Girardot. ela frequenta cinemas pornôs e peep-shows em busca de excitação até envolver-se numa relação destrutiva com um de seus jovens alunos. um filme excepcional de Michel Haneke, com interpretações primorosas das duas atrizes)

3.  Instinto Fatal (um detetive policial de San Francisco - Michael Douglas - se vê atraído pela principal suspeita do assassinato de um roqueiro, sua bela e ninfomaníaca namorada - Sharon Stone no auge. apesar de saber do perigo que corre, ele se envolve cada vez mais. um dos filmes mais fortes do polêmico e erótico diretor holandês Paul Verhoeven)

4.  9 Canções (um jovem cientista inglês e uma garota americana se conhecem num concerto de rock e vão para a cama. o filme percorre a relação deles em 9 concertos, 9 canções e 9 relações sexuais. esquemático, pretensioso e sem graça)

5.  Carne Trêmula (um jovem filho de uma prostituta, tem sua primeira relação sexual aos 20 anos com uma desconhecida num banheiro. ele vai atrás dela, que não está interessada, mas eles brigam e um tiro acidental acaba deixando paralítico um policial - Javier Barden. um dos filmes mais quentes de Pedro Almodóvar)

6.  Calígula (em 1979, o criador da revista Penthouse, Bob Guccione produziu e dirigiu com o italiano Tinto Brass esta superprodução erótica sobre o imperador romano com um grande elenco, encabeçado por Malcolm MacDowell e Peter O'Toole - afinal os romanos têm que ter sotaque britânico, não me perguntem por que. muito, mas muito sexo e um pouco de história)

7.  Diabo no Corpo (uma bela e perturbada jovem tem seu pai morto por terroristas e seu namorado está entre os acusados. é quando ela conhece um jovem estudante com quem tem um tórrido romance. o filme de Marco Bellocchio ganhou notoriedade por conta de uma cena explícita de sexo oral feita pela atriz Maruschka Detmers)

8.  A Dama do Lotação (Sônia Braga é uma moça que se casa com o namorado de infância, a quem ama, mas não quer ter relações sexuais. na noite de núpcias ela resiste e ele a estupra. a partir daí, ela começa uma rotina de fazer sexo anônimo com homens que conhece no ônibus. uma dos mais bem sucedidas versões da obra de Nelson Rodrigues para o cinema)

9.  O Fantasma (um filme ousado e provocativo sobre um jovem lixeiro, que passa seus dias entre uma pensão e os encontros com outros homens. sem sutileza, o diretor João Pedro Rodrigues equipara o comportamento sexual do personagem ao de um animal, agindo em função de sua libido, sem qualquer inibição. com muitas cenas explícitas, um excelente filme português)

10.  Henry e June - Delírios Eróticos (no começo da década de 1930, os escritores Henry Miller e Anaïs Nin se conhecem através do marido dela e se tornam amantes. mas Miller é apaixonado por sua esposa, June,com quem Anaïs acaba se envolvendo também e formando um triângulo amoroso. belo filme de Philip Kaufman, com fotografia de Philippe Rousselot)

Atualização: 
 Ninfomaníaca (dividido em duas partes que somam longuíssimas quatro horas de duração, o filme conta a história de Joe - Charlotte Gainsbourg - em flashbacks, começando quando ela é encontrada num beco por um homem mais velho, bastante machucada. ela relata sua vida, desde a infância, assumindo ser uma ninfomaníaca e uma má pessoa, narrando a ele algumas dae suas aventuras sexuais para justificar o porquê de sua auto avaliação. o fechamento da história é bem melhor que o começo, pois os personagens de Jamie Bell e de Stellan Skarsgård ganham importância. na soma das partes é uma obra digna da filmografia do polêmico Lars von Trier)

Veja ainda: "10 Filmes sobre Atropelamentos"

sexta-feira, 16 de março de 2012

10 Filmes com Papas



Os Papas são os líderes vitalícios da igreja católica, eleitos por um colégio de cardeais há quase dois milênios.
Devido à influência e ao poder econômico desta corrente religiosa, o cargo tem grande importância política e é cobiçado por muitos.
Para alguns, o Papa é o representante de deus na Terra. Para outros, uma figura anacrônica, exibicionista e retrógrada.
O fato é que eles sempre tiveram grande presença na cultura ocidental e estiveram presentes em vários filmes, dos quais destaco 10.

1.  Habemus Papam (Michel Picoli é eleito o novo papa, mas sofre um ataque de pânico, quando deveria ser anunciado na varanda da praça de São Pedro. os cardeais decidem chamar em segredo um psicanalista ateu para convencê-lo a aceitar o cargo. um ótimo filme do grande Nanni Moretti)

2.  Amém (durante a segunda guerra, um químico e militar alemão descobre que um produto que desenvolveu para a limpeza de tanques está sendo utilizado para matar judeus nas câmaras de gás. resolve intervir, tentando chamar a atenção da igreja católica, mas é ignorado pelo alto clero. através de um jovem padre, de família influente, consegue chegar ao papa Pio XII, que nada faz. uma denúncia forte do cineasta grego Costa-Gavras)

3.  Os Bórgias (a série desenvolvida por Neil Jordan, conta a trajetória da família ítalo-espanhola, a partir da eleição de Rodrigo Bórgia - Jeremy Irons - como o papa Alexandre VI em 1492, utilizando-se de de sua fortuna e de recursos nada lícitos. interessante por mostrar os bastidores do poder na igreja no renascimento)

4.  Lutero (a história do alemão Martinho Lutero - Joseph Fiennes -, que torna-se monge, após sobreviver a uma tempestade, desenvolve e professa suas 95 teses sobre a igreja e a bíblia, e torna-se mal visto pela cúpula da igreja, enfrenta o papa Léo X e culmina com a fundação do movimento protestante. um filme histórico, cheio de furos, mas que serve para nos apresentar este personagem)

5.  Agonia e Êxtase (Rex Harrison é o papa Júlio II, que encomenda a Michelangelo - Charlton Heston - a pintura da Capela Sistina. o artista se recusa, mas é forçado, iniciando uma batalha entre os dois. clássico de Carol Reed de 1965)

6.  O Banheiro do Papa (uma cidadezinha esquecida no norte do Uruguai está na rota da visita do papa João Paulo II e prepara-se para receber uma multidão de turistas brasileiros, que terão que passar por lá. eles sonham com o dinheiro que o evento vai lhes trazer. um filme singelo e brilhante de César Charlone e Enrique Fernández)

7.  As Sandálias do Pescador (baseado num livro de Morris West, escrito em plena guerra fria, conta a história de um bispo russo - Anthony Quinn - que está preso na Sibéria, mas é levado ao Vaticano após um acordo diplomático. é nomeado cardeal e acaba tornando-se papa. logo uma de suas primeiras missões é intermediar um complicado conflito entre Rússia e China)

8.  Papa João Paulo II (boa biografia feita para a televisão sobre um dos papaa mais populares da história. conta desde a infância do polonês Karol Wojtyla, marcada por tragédias familiares, a vida eclesiástica iniciada aos 21 anos, o atentado sofrido e sua influência política na queda do comunismo. estrelada por Jon Voight)

9. Irmão Sol, Irmã Lua (a história de São Francisco de Assis, o jovem filho de uma rica família italiana, que após voltar da guerra, no século 18, renuncia aos bens materiais, atraindo seguidores e a desconfiança do bispo local, até conseguir uma audiência com o papa Inocêncio III - Alec Guiness. clássico de Franco Zeffirelli de 1972, muito influenciado pelos movimentos pacifistas hippies da época)

10.  Saving Grace (um jovem papa - o ótimo Tom Conti -, desiludido com as funções burocráticas de sua nova função, acidentalmente fica preso para fora do Vaticano. vai parar num vilarejo italiano, onde ninguém o coinhece e convive com os habitantes locais, aprendendo lições sobre amizade, humildade e auto-estima. um filme simpático e raro de 1985)

Menções: Tropa de Elite, Anjos e Demônios, Golpe Sujo, Saving Grace (86), Monsenhor, A Pantera Cor-de-Rosa 2, Eurotrip, O Poderoso Chefão 3, O Papa Bom - Papa João XXIII, Karol o Homem que se Tornou Papa, O Homem que Não Vendeu a Alma, Em Nome do Papa Rei.

Veja ainda: "10 Filmes sobre o Rádio"

sexta-feira, 9 de março de 2012

10 Spoilers Famosos de Filmes



O spoiler é a revelação do enredo, estragando a surpresa do espectador.
Esta lista ousa trazer 10 spoilers famosos de filmes, geralmente por representarem uma grande virada ou um final surpreendente.
Para proteger os desatentos, os textos estão todos em branco e você só vai conseguir ler se os selecionar. Assim ninguém pode me acusar de contar algo que não queria saber, muito embora esses spoilers já sejam bem conhecidos.


1.  O Sexto Sentido (o psiquiatra - Bruce Willis - que acompanha o garoto, estava morto desde o começo do filme e não sabia disso)


2.  O Império Contra-Ataca (numa luta de sabres de luz, o vilão Darth Vader revela ser pai do mocinho Luke Skywalker)


3.  Traídos pelo Desejo (Stephen Rea é o terrorista do IRA , que fica amigo do soldado que o grupo sequestrou e se encarrega de contar à namorada dele sobre sua morte. a surpresa é que a namorada era um travesti, surpresa que o Oscar estragou ao indicar a namorada - Jaye Davidson - a melhor ator coadjuvante)


4.  A Pele que Habito (o cirurgião plástico - Antonio Banderas - mantém uma linda garota prisioneira em sua casa. mais tarde sabemos que ela era o suposto estuprador e assassino de sua filha, que ele transformou em mulher através de sucessivas operações)


5.  Os Suspeitos (Kevin Spacey é um conhecido ladrão que colabora na investigação da morte de 27 contrabandistas numa explosão no cais, ao apontar um perigoso mafioso húngaro, Keyser Soze como mentor intelectual do crime. a surpresa é que toda a história e o próprio Soze eram invenção do bandido)


6.  Psicose (essa todo mundo já sabe. a mãe de Norman Bates, que o controla e vive na janela da velha casa atrás do motel, já estava morta há muito tempo e seu esqueleto era mantido pelo filho psicopata)


7.  Os Outros (a mãe - Nicole Kidman - e seus filhos, que acreditam estar vendo fantasmas na sua velha casa, eram na verdade os fantasmas, pois já estavam mortos)


8.  Cidadão Kane (o grande mistério era a última palavra proferida pelo milionário Kane: "Rosebud". na verdade este era o nome de seu trenó de neve, um toque de humanidade, que o ligava à sua infância)


9.  Chinatown (Jack Nicholson é contratado por uma jovem que desconfia que seu marido tem um caso, quando ele aparece morto a verdadeira esposa aparece - Faye Dunaway -, que na verdade era mãe e irmã da jovem que o contratou, já que ela era fruto de uma relação com seu pai - John Huston. um filme brilhante de Roman Polansky, cheio de reviravoltas)


10.  Titanic (por último, mas não menos importante... o navio afunda e Jack - Leonardo Di Caprio - morre afogado, enquanto Rose - Kate Winslet - sobrevive. é ela a velhinha que relembra toda a história)


Menções honrosas: Casablanca, E o Vento Levou, Mar em Fúria, Luzes da Cidade...


Veja ainda: "10 Filmes sobre Estrelas do Cinema"


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails