quinta-feira, 30 de maio de 2013

10 Filmes de Cannes 2013


Cannes 2013 termina com um saldo positivo de bons filmes e poucas polêmicas.
Dos vinte participantes da Mostra Oficial, seis eram produções francesas e mais duas co-produções. Outros cinco filmes eram dos EUA, o que perfazia um cenário menos diversificado que de costume
O júri presidido este ano por Steven Spielberg, distribuiu os prêmios entre nove filmes.
Esta lista traz uma rápida descrição de cada um desses premiados e mais o interessante vencedor da mostra "Um Certo Olhar", uma espécie de seguinda divisão do Festival.
Espero que possamos ver todos esses filmes em breve...


1.  La Vie d'Adèle - Chapitre 1 et 2 (Palma de Ouro - Melhor Filme. dirigido pelo tunisiano Abdellatif Kechiche, dos ótimos "O Segredo do Grão" de 2007 e "A Esquiva" de 2003, ambos vencedores dos César de filme, diretor e roteiro. o filme de 187 minutos, conta a história de uma garota de 15 anos - Adèle Exarchopoulos -, que sonha ser professora, mas tem sua vida virada do avesso quando conhece uma universitária de cabelo azul, estudante de arte - Léa Seydoux -, por quem se apaixona loucamente. o filme é ousado nas cenas de sexo e caiu como uma bomba, num momento em que conservadores franceses protestam contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo. o diretor e as duas atrizes receberam menções especiais por seu trabalho, já que o regulamento não permite que intérpretes do filme vencedor da Palma de Ouro recebam prêmios individuais) (psum melodrama intenso, onde as emoções afloram com sinceridade, que quebra paradigmas, ao expor o sexo sem pudores. Apesar da história de amadurecimento e descoberta da sexualidade não ser nova, o filme emociona e encanta. Belo!)

2.
  Inside Llewyn Davis (Grand Prix. este é o oitavo filme que os irmãos Joel e Ethan Coen colocam em competição e a sexta premiação que ganham, com este que é o considerado o segundo prêmio do Festival. o filme conta a história de um cantor folk de Nova York nos anos 1960 - Oscar Isaac. no estilo de "E Aí, Meu Irmão, Cadê Você?", retrata um momento rico da cultura popular americana e já larga como um dos favoritos para o próximo Oscar) (psUm dos melhores filmes dos irmãos Coen, conta a história de um perdedor com ironia, mas também com carinho. Brilhante na criação do personagem e na reinvenção da época. Roteiro brilhante, melancólico e divertido. Isaac está excelente no papel central)

3.  Soshite Chichi ni Naru / Pais e Filhos (Prêmio do Juri e Prêmio do Júri Ecumênico. dirigido pelo japonês Hirokazu Kore-eda, autor de "Depois da Vida", "Andando", "O que eu Mais Desejo", entre outros. conta a história de um empresário workaholic que descobre que seu filho foi trocado na maternidade e tem que decidir se desfaz a troca. segundo a crítica, Kore-eda consegue evitar o melodrama com um tom de comédia  doce e amarga, num filme tocante. já sei que vou gostar) (ps: Koreeda surpreende com um melodrama sem maniqueísmo e sem solução fácil. Expõe as complicadas nuances da paternidade. Comovente!)

4.  Heli (Melhor Diretor. para o jovem diretor catalão Amat Escalante. unico representante latino-americano no Festival - representou o México -, o filme foi uma surpresa nas premiações por ter recebido críticas pesadas quando da sua exibição, por retratar com exotismo e extrema violência a situação chocante de pobreza e de envolvimento com as drogas de um jovem operário mexicano e sua família. a conferir) 

5.  Tian Zhu Ding / Um Toque de Pecado (Melhor Roteiro. com roteiro e direção do chinês Zhangke Jia, o filme teve muitos problemas com a censura em seu país para ser liberado para o Festival. conta quatro histórias supostamente reais da China contemporânea, estilizadas como contos wuxia, dos herois de artes marciais. foi bem recebido pela crítica, como "uma rara e envolvente dissecção da China atual") (psViolento e tenso, entrelaça a história de quatro personagens diferentes lidando com a realidade da China atual. Ótimo roteiro e direção firme)

6.  Le Passé / O Passado (Melhor Atriz para Bérénice Bejo. primeiro filme dirigido pelo iraniano Asghar Farhadi na França, conta um drama familiar com várias reviravoltas e uma intrincada teia de relacionamentos. um iraniano separa-se da mulher francesa e dos filhos em Paris, para morar no Irã. depois de quatro anos ele volta para assinar o divórcio e a encontra com sua nova família, num confronto emocionalmente difícil. foi muito bem recebido) (psmais um belo filme do diretor de 'A Separação', outra vez focando a dificuldade de comunicação entre as pessoas que leva a malentendidos que acabam em rupturas e traumas insolúveis. a construção do roteiro é brilhante e os intérpretes perfeitos)

7.  Nebraska (Melhor Ator para o veterano Bruce Dern. o filme de Alexander Payne o credencia novamente ao próximo Oscar, ao contar a história da viagem de um velho pai com seu filho de Montana a Nebraska para receber um suposto prêmio de um milhão de dólares que ele teria ganho, numa dessas estratégias de marketing tão comuns quanto mentirosas. no caminho, o pai encontra vários amigos e familiares para quem ele deve dinheiro e pretende pagar com o prêmio que acredita mesmo ter ganho) (psbonito filme sobre a reaproximação de pai e filho. destaque para a ótima June como a esposa de Dern)

8.  Grigris (Prêmio Vulcain de Qualidade Técnica para o fotógrafo Antoine Heberlé. dirigido por Mahamat-Saleh Haroun, representou o Chade, mas tem produção franco-canadense. conta a história de um homem de 25 anos que tema perna paralizada e sonha tornar-se um dançarino, mas uma doença fatal de seu tio, o faz trabalhar para uma gangue de traficantes de petróleo. a crítica elogiou o começo e não gostou da solução simplista do filme) 

9.  Ilo Ilo (Caméra d'Or para melhor filme de um diretor estreante, Anthony Chen. exibido na Quinzaine des Réalisateurs, o filme de Cingapura conta a história da amizade entre uma empregada filipina e um garoto de 10 anos de idade, o que provoca o ciúme da mãe do menino, num cenário de recessão que atinge o sudeste asiático nos anos 1990)


10.  A Imagem Perdida / L'Image Manquante (Melhor Filme - Un Certain Regard. um documentário do Cambodja, dirigido por Rithy Panh, que conta as traumáticas  memórias da infância do próprio cineasta, preenchendo as imagens inexistentes de guerra e miséria - jamais capturadas pelo Khmer Vermelho, que apenas fazia filmes de propaganda oficial - com uma animação de bonecos de barro. no mínimo interessante) (psdocumentário orginal, ressaltando como uma cultura foi perdida e destruída durante um insano regime comunista que durou apenas de 1975 a 1979, mas deixou marcas profundas na população que sobreviveu ao período. a ideia de reconstruir com bonecos de barro e madeira as imagens perdidas ou nunca captadas do passado e das atrocidades de Pol Pot não ameniza o choque, já que de certa forma tangibiliza a história. brilhante e necessário)


Outros filmes da Mostra Oficial: Only God Forgives (Nicolas Winding Refn - França/Dinamarca), La Vénus à la Fourrure (Roman Polanski - França), Borgman (Alex van Warmerdam - Holanda), La grande bellezza (Paolo Sorrentino - Itália/França), Jeune & Jolie (François Ozon - França), Wara no Tate / Escudo de Palha (Takashi Miike - Japão), The Immigrant (James Gray - EUA), Jimmy P: Psychotherapy of a Plains Indian (Arnaud Desplechin - França), Michael Kohlhaas (Arnaud des Pallières - França/Alemanha), Un Château en Italie(Valeria Bruni Tedeschi - França), Only Lovers Left Alive (Jim Jarmusch - EUA). Hors-Concours: abertura: The Great Gatsby (Baz Luhrmann - EUA) e encerramento: Zulu (Jérôme Salle - França).

Veja ainda: "Todos os Vencedores de Cannes 2013"



segunda-feira, 27 de maio de 2013

10 Filmes Amaldiçoados - Parte 2


Provavelmente o mais ripado (copiado sem autorização) dos posts deste blog é o de "10  Filmes Amaldiçoados (com Filmagens Acidentadas)", de outubro de 2009. 
É uma das listas mais antigas também e está entre as 50 mais visitadas, com mais de 41 mil page-views.
Na época de sua elaboração fiz uma grande pesquisa e sobraram histórias, que podem não ser tão assustadoras quanto aquelas publicadas, mas são ainda bastante intrigantes.
Então espero que gostem desta lista complementar, com mais 10 histórias de filmagens trágicas.

1.  A Paixão de Cristo (além de todas as críticas que recebeu de todos os segmentos religiosos, o filme de Mel Gibson parece ter sido vítima da ira divina. começa pelo próprio Cristo, o ator Jim Caviezel, que sofreu diversos ferimentos durante as filmagens, incluindo um ombro delocado ao carregar a cruz, feridas na pele por chicotadas que foram para valer e, o pior, ter sido atingido por um raio quando se preparava para fazer o sermão da montanha, testemunhas dizem que depois do raio, fumaça saía de suas orelhas. além dele, o assistente de direção Jan Michelini também foi atingido por raios, DUAS vezes; o compositor da trilha disse ter sentido a presença do demônio; no dia do lançamento do filme, uma espectadora morreu do coração, durante a brutal cena de  crucifixação. além de tudo, as carreiras de Caviezel e de Gibson entraram em decadência a prtir deste filme)

2.  O Mágico de Oz (se contam às dezenas as maldições atribuídas a este clássico de 1939. eis algumas delas: Margaret Hamilton, a bruxa malvada do oeste, ficou seriamente queimada numa cena de efeitos especiais, afastada foi substituída por uma dublê, que também se queimou numa cena com uma vassoura voadora. o ator que faria o 'homem de lata', Buddy Ebson sofreu uma fortíssima reação alérgica com a maquiagem de pó de alumínio e teve que abandonar o filme. mesmo trocando os produtos de maquiagem, o substituto, Jack Haley, também teve uma infecção no olho. vários anões mal pagos foram flagrados bêbados e diversos acidentes ocorreram com os cabos dos macacos voadores, felizmente sem gravidade. há ainda uma famosa cena em que um anão apareceria enforcado ao fundo da estrada - o que foi provado ser apenas um pavão. nem o Totó escapou da maldição, tendo quebrado a pata durante as filmagens. quatro grandes diretores foram demitidos e o lançamento foi um fracasso de bilheteria, só se transformando em cult quando a televisão se tornou popular, anos mais tarde. tem mais... meses depois do lançamento, Frank Morgan, o Mágico, sofreu um grave acidente, que matou seu motorista, aleijou sua esposa e abreviou sua vida. pouco antes do filme estrear na TV, ambos os atores que interpretaram os tios de Dorothy morreram, ela por suicídio. e para completar, a própria Judy Garland teve uma vida complicada, que terminou numa overdose de medicamentos que a matou aos 47 anos)

3.  Juventude Transviada (num filme sobre "rebeldes sem causa", quatro de seus principais atores morreram jovens e em cirscunstâncias violentas. James Dean morreu num acidente no mesmo final de semana do lançamento do filme, pouco depois de gravar um vídeo pedindo aos jovens que digissem com cuidado. Sal Mineo foi assassinado aos 37 anos. Nick Adams, que inclusive dublaria Dean então o inacabado 'Giant', morreu de overdose. e Natalie Wood morreu afogada num acidente de barco mal explicado em 1981)

4.  Superman (vestir o uniforme do Homem de Aço não tem sido uma boa ideia. o mais notório deles foi Christopher Reeve, que interpretou o heroi em quatro filmes, era um exemplo de boa forma e, após cair de um cavalo, ficou tetraplégico. seu pai no primeiro filme, Marlon Brando, sofreu tragédias pessoais com seus filhos. o bebê Kar-El morreu de intoxicação aos 14 de idade, a mocinha Lois Lane sofria de bipolaridade e foi encontrada vagando pelas ruas de Los Angeles, Richard Pryor, que atuou no terceiro filme, sofreu um grave acidente de carro. o Superman da televisão nos anos 1950, George Reeves, foi morto com um tiro que, dizem, teria sido disparado por um poderoso marido traído, mas foi atribuído a um suicídio. sem falar que o personagem foi uma verdadeira kriptonita para as carreiras de Kirk Alyn, Brandon Routh, Dean Cain e outros que nem lembramos os nomes. Henry Cavill que se cuide!)

5.  O Cavaleiro das Trevas (antes mesmo do filme ser lançado, o astro Heath Ledger morreu de overdose acidental e o supervisor de dublês morreu num acidente de batmóvel em Londres. na noite anterior da estreia em Londres, Christian Bale foi preso por supostos maus tratos a sua mãe e irmã. duas semanas mais tarde, Morgan Freeman sifreu um grave acidente de carro, quebrando ombro, braço e cotovelo. apesar de tudo, o filme foi um imenso sucesso de público e crítica e Ledger ganhou um Oscar póstumo)

6.  O Bebê de Rosemary (o filme de Roman Polanski foi assombrado por várias lendas urbanas e gente que não queria que o filme fosse realizado. muitas das lendas se referem ao edifício Dakota, onde ele foi parcialmente filmado, cheio de histórias de fantasmas. numa das cenas do filme, uma mulher pula de uma sacada, exatamente na calçada onde anos mais tarde, John Lennon seria morto. Lennon creditado como autor da canção "Helter Skelter", hino do culto de Charles Manson, que um ano depois do lançamento do filme, sequestrou e matou a atriz Sharon Tate, mulher de Polanski, grávida de oito meses. a atriz Mia Farrow, vegetariana, foi obrigada a comer fígado cru nas filmagens, durante as quais ela recebeu os papeis de divórcio de seu marido, Frank Sinatra. o produtor do filme teve uma falha nos rins e foi ameaçado de morte por razões ligadas ao filme. o compositor da trilha morreu um ano mais tarde, vítima de um coágulo cerebral, como um personagem do filme,...)

7.  The Warrens of Virginia (em novembro de 1923, Martha Mansfield, uma estrela em ascenção dos filmes mudos, de apenas 24 anos, caminhava pelo set com um vestido da época da guera civil, quando um dos atores jogou um palito de fósforos atingindo suas roupas, que pegaram fogo rapidamente. o ator principal atirou seu casaco sobre ela e conseguiu salvar seu rosto, mas com o corpo todo queimado, ela viria a morrer no dia seguinte) 

8.  Blade Runner (a curiosa maldição sobre o clássico de Ridley Scott se resume aos seus patrocinadores. quase todas as marcas que apareciam no filme deixaram de existir até poucos anos mais tarde. a RCA foi comprada pela GE e demembrada em 1985; a Atari, que dominava o mercado de video games entrou em decadência e deixou de existir em 1990; a Cuisinart pediu falência em 1989; o monopólio da Bell System foi quebrado naquele mesmo ano e mudou de nome até, depois de várias fusões, compor a AT&T; a Pan-AM sofreu um baque com um ataque terrorista em 1988 e viria a falir em 1991)

9.  Lula, o Filho do Brasil (nós temos nossa própria maldição. a grande aposta de Luís Carlos Barreto para superar a bilheteria de Dona Flor - então maior bilheteria da história do cinema nacional -, fez água. mesmo como apoio oficial e a inescrupulosa bajulação de um governante em exercício. o filme foi um merecido fracasso de público e crítica. mas o dado triste foi o gravíssimo acidente sofrido por seu diretor, Fábio Barreto, dias antes do lançamento do filme. ele permanece em coma desde então, sem perspectivas de recuperação. meses depois, o ator Marcos Cesana, que interpretava um sindicalista no filme, morreu aos 44 anos. curiosamente parecem ter falecido também as carreiras dos três atores que interpretaram o presidente, que nunca mais fizeram outro filme ou trabalho visível)

10.  The Sword of Tipu Sultan (incluí esta produção indiana de 1988 feita para a televisão, por ser a maior tragédia já registrada numa filmagem. um total de 62 extras e técnicos morreram quando um incêndio bloqueou a única saída do estúdio. até mesmo o diretor e estrela da série, Sanjay Khan, foi vítima de queimaduras, ficando internado por 13 meses, durante os quais foi operado 72 vezes)


Veja ainda: "10  Filmes Amaldiçoados (com Filmagens Acidentadas)"



quinta-feira, 23 de maio de 2013

10 Filmes sobre Listas


Fazer listas é natural do ser humano. Uma forma de organizar a vida sob diversos aspectos.
Há quase quatro anos redigindo um blog de listas, achei que faltava exatamente uma sobre fazedores de listas.
Selecionei alguns filmes no tema e gostaria que vocês contribuissem, listando outros títulos nos comentários.

1.  Alta Fidelidade (John Cusack é o dono de uma loja de discos de vinil à beira da falência, azarado no amor, mas uma enciclopédia ambulante sobre música pop, que tem por hábito fazer listas top 5 de todos os gêneros e também sobre suas namoradas. deliciosa comédia romântica baseada no ótimo livro de Nick Hornby)

2.  A Lista de Schindler (a história real de um industrial tcheco, que negociou com os nazistas, uma lista de trabalhadores para sua fábrica na Polônia, salvando assim mais de mil judeus dos campos de concentração. neste caso, estar na lista era a diferença entre a vida e a morte. grande clássico de Steven Spielberg)

3.  Antes de Partir (Morgan Freeman é um simples mecânico que, com câncer, acaba dividindo um quarto de hospital com um milionário - Jack Nicholson -, dono do próprio hospital. ambos têm pouco tempo de vida e decidem fazer uma lista de desejos a realizar antes de morrer, algo que o dinheiro do segundo poderá proporcionar. improvável e simplista, o filme tem seus fãs)

4.  Os Dez Mandamentos (deus é o fazedor de listas original, desde que elaborou esta lista de "10 coisas para não fazer se quiser ir para o céu". a cena de Moisés - Charlton Heston - recebendo as tábuas dos mandamentos é um dos pontos altos deste épico de quase quatro horas de duração, dirigido por Cecil B. DeMille em 1957)

5.  Minha Vida Sem Mim (Sarah Polley é a jovem mãe de duas garotinhas, que vive com a família num trailer no quintal da mãe. ela descobre ter câncer nos ovários e terá no máximo três meses de vida. sem contar a ninguém sobre a doença, decide fazer uma lista de tudo o que gostaria de realizar antes de morrer. um tanto piegas, mas verdadeiro, o filme se apoia nas ótimas interpretações de todo o elenco)

6.  10 Coisas que Eu Odeio em Você (um garota está apaixonado por uma garota, mas ela não pode namorar até que sua irmã mais velha arrume um namorado. então eles decidem contratar o jovem rebelde da escola - Heath Ledger - a conquistá-la. ela começa por odiá-lo para depois se apaixonarem. romance juvenil livremente inspirado em "A Megera Domada" de Shakespeare. o ponto alto é quando ela lê o poema, onde lista o que odeia nele*)
* I hate the way you talk to me and the way you cut your hair. I hate the way you drive my car. I hate it when you stare. I hate your big dumb combat boots and the way you read my mind. I hate you much it makes me sick; it even makes me rhyme. I hate it, I hate the way you're always right. I hate it when you lie. I hate when you make me laugh, even worse when you make me cry. I hate it that you're not around, and the fact that you didn't call. But mostly I hate the way I don't hate you. Not even close, not even a little bit, not even at all.

7.  Qual o Seu Número? (Anna Faris é uma garota que lê numa revista que as mulheres que tiveram 20 ou mais homens em sua vida dificilmente se casarão. ela faz uma lista de ex-namorados e descobre que eles somam 19. para não chegar ao fatídico número 20, ela percorre a lista, em busca de um dos seus ex para casar e para isso conta com a ajuda do vizinho mulherengo - Chris Evans. comédia tola, mas passável)

8.  Dias de Cão (dirigido por Ulrich Seidl, mostra a vida patética dos habitantes da periferia de Viena. dentre os tipos deprimidos e disfuncionais, está uma mulher - Maria Hofstätter - que passa o filme todo pegando carona com quem não consegue escapar dela e, dentro dos carros, irrita os motoristas falando sem parar, mexendo em suas bolsas, falando verdades nada polidas e declamando intermináveis listas de 10... será o meu fim?)

9.  Teoria do Caos (Ryan Reynolds é um homem obsessivamente organizado que faz listas para tudo e dá palestras sobre organização do tempo. até que ao ajudar uma grávida a chegar no hospital para dar a luz, seu mundo começa a desmoronar... mas ele não abandona suas listas. comédia pouco inspirada)

10.  Scott Pilgrim contra o Mundo (Michael Cera é um roqueiro de garagem em Toronto que tem uma namorada, mas se apaixona por uma linda entregadora. o problema é que para ficar com ela, ele terá que derrotar uma lista de sete super-ex-namorados dela, devidamente numerados. ótima adaptação da graphic novel de Bryan Lee O'Malley)

Menções honrosas: Flores Partidas, Kill Bill, Kill List, Como Perder um Homem em 10 Dias, O Acordo (Dream with Fishes), A Lista, Ela é o Diabo.


Veja ainda: "10 Filmes sobre Secretárias






segunda-feira, 20 de maio de 2013

10 Filmes de Christian Bale


Christian Charles Philip Bale nasceu na pequena Haverfordwest, Pembrokeshire, País de Gales em 30 de janeiro de 1974, filho de um piloto de aviação comercial, o que fez a família viver em diferentes países, como Inglaterra, Portugal e Estados Unidos.
Começou sua carreira no teatro londrino, até ser escalado para a minissérie "Anastasia: The Mystery of Anna" da NBC aos 12 anos de idade num papel secundário, mas que chamou a atenção de Steven Spielberg, que o escalou para o papel central de seu clássico "O Império do Sol" no ano seguinte.
Ao contrário da maioria dos atores infantis, Bale continuou sua carreira com regularidade, filmando quase todos os anos, o que nos fez acompanhar seu crescimento nas telas.
Um divisor de águas na sua carreira foi seu personagem de "Psicopata Americano", baseado no polêmico best-seller de Bret Easton-Ellis em 2000.
Em 2005 tornou-se um campeão de bilheteria ao ser escolhido como o Batman da série de filmes de Christopher Nolan e em 2011 ganhou seu primeiro Oscar, como coadjuvante do ótimo "O Vencedor".
Bale é, sem dúvida, um dos maiores atores de sua geração. Um ator dedicado ao seu trabalho, tendo inclusive enfrentado grandes mudanças físicas por seus personagens.
Em sua vida pessoal, ele é o típico cara legal, dedica-se a entidades de proteção ambiental, é casado desde 2000 e tem uma filhinha de 8 anos.
Esta lista destaca 10 de seus filmes, mas estou certo que seus melhores papeis ainda estão por vir.

1.  O Império do Sol (um garoto inglês, vivendo em Pequim durante a segunda Grande Guerra é separado dos pais aristocratas, durante a conturbada invasão japonesa. ele luta para sobreviver num campo de refugiados. um dos melhores filmes de Steven Spielberg, com uma ótima interpretação de Bale, então com apenas 13 anos de idade)

2.  Psicopata Americano (Bale é um bonito e bem sucedido corretor de Wall Street, que nas horas vagas é também um serial killer. um olhar irônico e violento sobre os yuppies da década de 1980, baseado num livro de Bret Easton Ellis. vários astros foram cogitados para o papel principal, incluindo Leonardo DiCaprio e Johnny Depp. além de preparar-se muito fisicamente para o filme, Bale afirma ter se inspirado em Tom Cruise, que teria "aquela amistosidade muito intensa e nada por trás dos olhos")

3.  O Vencedor (Bale é um ex-boxeador, que teve seu momento de fama ao disputar o título mundial, mas que trocou a carreira pelas drogas. agora ele treina o irmão - Mark Whalberg -, que, por sua vez, tenta desvenciliar-se da má influência da família para ter um futuro profissional consistente. a dedicação de Bale ao papel lhe valeu um merecido Oscar de coadjuvante)

4.  Batman Begins (depois de Christopher Nolan assumir a nova fase do personagem, Bale foi sua escolha natural, pois segundo ele, Bale "tinha o equilíbrio necessário entre luz e sombras". o primeiro filme desta série conta as origens do herói, de seus traumas ao treinamento intensivo. além deste, Bale já estrelou duas excelentes continuações)

5.  O Operário (um operário de fábrica não dorme há mais de um ano e começa a duvidar de sua própria sanidade. ele tem a mania obsessiva de escrever lembretes e controlar sua perda de peso com post-its por todo apartamento. Bale perdeu simplesmente 30kg para o papel, transformando-se num esqueleto e assustando até a equipe do filme)

6.  O Sobrevivente (baseado na história real de um alemão, que na América tornou-se tenente aviador e é enviado ao Vietnã logo no começo do conflito. em sua primeira missão sobre o Laos, seu avião é abatido, ele se torna prisioneiro e, junto com outros soldados, organiza uma fuga arriscada pela floresta. grande interpretação de Bale, dirigido pelo genial Werner Herzog)

7.  O Grande Truque (na Londres do século XIX, dois mágicos - Bale e Hugh Jackman - se conhecem desde que eram iniciantes e, agora, disputam as plateias e o prestígio, transformando sua amizade numa grande rivalidade. quando o primeiro cria um novo truque de sucesso, o segundo faz de tudo para desvendá-lo. um grande filme de Christopher Nolan)

8.  Tempos de Violência (Bale é um ex-fuzileiro, dispensado pelo exército depois de atuar no Oriente Médio, ele agora busca emprego na polícia de Los Angeles, mas não consegue ficar longe do álcool, das drogas e dos problemas, levando seu melhor amigo com ele. traumatizado pelo front, ele tornou-se um psicopata instável e perigoso. outro papel sob medida para Christian Bale)

9.  Flores do Oriente (durante a guerra entre China e Japão em 1937, um agente funerário americano chega a uma igreja católica para providenciar o enterro de um padre. lá ele descobre um grupo de jovens estudantes do convento que precisam ser protegidas, bem como um grupo de prostitutas de um bordel vizinho. fazendo-se passar por padre, ele tenta ajudá-las. dirigido por Zhang Yimou, o filme tem ares de cinema oficial, mas ainda assim é um ótimo filme)

10.  Os Indomáveis (um jovem fazendeiro, pai de dois filhos, que perdeu uma de suas pernas na Guerra Civil e agora tem problemas financeiros, se oferece para uma missão perigosa de levar o chefe de um bando - Russell Crowe excelente - até uma estação de trem que o levará para a prisão de Yuma. excelente faroeste de James Mangold, digno dos grandes mestres)

Menções honrosas: Batman o Cavaleiro das Trevas, Batman o Cavaleiro das Trevas Ressurge, O Novo Mundo, Extra! Extra!, Adoráveis Mulheres, Jutland Reinado de Ódio, Equilibrium, Reino de Fogo, Mio na Terra da Magia, Inimigos Públicos, Henrique V, Os Últimos Rebeldes, Velvet Goldmine, O Exterminador do Futuro a Salvação, Não Estou Lá, Shaft,...

Em breve: Knight of Cups (Terrence Malick, 2013), Lawless (Terrence Malick, 2013), Out of the Furnace (Scott Cooper, 2013), American Hustle (David O.Russell, 2013), Everest (Baltasar Kormákur, s/d), The Creed of Violence (Todd Field, 2014).


Veja ainda: "10 Filmes de Angelina Jolie"




quinta-feira, 16 de maio de 2013

10 Filmes de Angelina Jolie


Angelina Jolie Voight, filha dos atores Jon Voight - vencedor do Oscar por 'Amargo Regresso' - e Marcheline Bertrand em Los Angeles em 04/06/1975, mas foi criada pela mãe em Nova York desde um ano de idade, após a separação dos pais.
Desde cedo quis ser atriz, matriculou-se no instituto de Lee Strasberg e participou de várias montagens teatrais até os 14 anos, quando decidiu abandonar a carreira para tornar-se agente funerária. Só se vestia de preto e usava cabelo roxo. Felizmente essa fase gótica ficou para trás e ela voltou ao teatro.
Fez seu primeiro filme aos sete anos de idade, "Lookin 'to Get Out", estrelado por seu pai e com sua mãe em um pequeno papel. Seu primeiro personagem central veio apenas em 1995, aos 19 anos, em "Hackers", ao lado de Jonny Lee Miller, que viria a ser seu primeiro marido.
Dois anos mais tarde, ganhou seu primeiro Golden Globe como coadjuvante pela minissérie "George Wallace". Este sucesso levou a HBO a escalá-la no papel da famosa modelo dos anos 70, "Gia". Resultado: outro Golden Globe, desta vez como melhor atriz.
No ano seguinte, fez o drama "Garota, Interrompida", que lhe valeu um Oscar de melhor atriz coadjuvante.
Entre 2000 e 2003 foi casada com o feioso e talentoso Billy Bob Thornton, que a traiu, num fim de caso rumoroso.
Em 2005 contracenou com Brad Pitt em "Sr. e Sra. Smith" e a partir daí começaram a surgir rumores, que se concretizaram como o "casal real" de Hollywood. Os mais belos atores vivos - segundo vários rankings populares - vivem felizes sem terem casado formalmente e compartilham seis filhos, três naturais e três adotivos.
Jolie hoje é uma celebridade respeitada por seu envolvimento em causas sociais e, recentemente, por sua corajosa decisão de extrair os dois seios, em função do perigo eminente de desenvolver câncer de mama.
Esta lista destaca 10 de seus filmes, incluindo um ainda não finalizado, mas que promete ser outro grande sucesso em sua carreira.

1.  Malévola (com estreia prevista apenas para julho de 2014, promete no mínimo um visual deslumbrante. dirigido pelo estreante Robert Stromberg, ganhador de dois Oscars de Efeitos Visuais, tem um orçamento de 200 milhões de dólares. a trama conta a história da Bela Adormecida, do ponto de vista da bruxa Malévola - Jolie -, que nela jogou o feitiço do sono. aguardemos!)

2.  A Troca (num sábado de 1928, uma mãe solteira deixa seu filho de 9 anos sozinho para ir trabalhar. quando ela retorna, seu filho desapareceu. desesperada, ela vai até a polícia, que meses depois lhe entrega um menino, que ela sabe não ser seu filho, mas ninguém acredita nela. ótimo filme do mestre Clint Eastwood, que valeu uma merecida indicação ao Oscar para Jolie)

3.  Garota, Interrompida (Winona Ryder é uma adolescente que recebe um diagnóstico vago de uma psiquiatra, que lhe recomenda internação numa instituição psiquiátrica. seus pais a obrigam a ir e ela passa dois anos na clínica onde conhece, entre outras, a rebelde Lisa - Angelina -, uma sociopata borderline, que organiza uma fuga para que elas possam voltar ao mundo real. ótimo filme, do ótimo James Mangold)

4.  Gia, Fama e Destruição (biografia da top model Gia Carangi que passou, no final dos anos 1970, de garçonete no restaurante de seu pai a modelo internacional sob a tutela da famosa agente Wilhelmina Cooper - Faye Dunaway. paralelamente ao sucesso, sua vida corre desregrada, entre drogas e relacionamentos desastrados, que a levam a morte aos 26 anos, uma das primeiras mulheres famosas que teve a morte atribuída à AIDS. Jolie ganhou o Golden Globe de melhor atriz em telefilmes)

5.  Sr. e Sra. Smith (um casal bem sucedido vive uma vida tediosa de subúrbio, sem saber que secretamente ambos são assassinos profissionais. até que ambos recebem de suas respetcivas agências as missões de matar um ao outro. um sucesso que funciona graças à ótima química entre Jolie e Brad Pitt, que acabaram se tornando um casal depois do filme)

6.  Lara Croft, Tomb Raider (baseado num famos videogame, conta a história de uma bela arqueóloga, que tem a missão de encontrar uma preciosa e poderosa relíquia, antes que os vilões se apoderem dela. co-estrelado por seu pai, Jon Voight, no papel do pai de Lara, é o melhor e mais bem sucedido filme baseado em games até hoje)

7.  O Procurado (um frustrado funcionário de escritório descobre que é filho de um assassino profissional com poderes super humanos, que ele também herdou. é cooptado para entrar para a "fraternidade" e exercer seus até então desconhecidos talentos. Jolie é Fox, sua tutora neste novo mundo)

8.  O Colecionador de Ossos (Denzel Washington é um ex-perito criminal, que ficou tetraplégico numa missão, que se une a uma policial de rua - Jolie - para caçar um serial-killer, contra as ordens do chefe de polícia. um thriller eficiente de Phillip Noyce)

9.  Salt (Jolie é uma agente da CIA que captura um agente russo, que, por sua vez, a acusa de ser uma espiã, que tem a missão de matar o presidente russo. seus colegas não acreditam nela e ela tem que fugir dos russos e da própria CIA. muita ação e pouco realismo, mas fez bonito nas bilheterias e já foi anunciada sua continuação)

10.  Capitão Sky e o Mundo do Amanhã (um fracasso de bilheteria, mas uma experiência interessante. foi o primeiro filme realizado com todos os cenários virtuais em CGI. conta uma curiosa história de ficção científica futurista, numa Nova York de 1930, quando a cidade é atacada por imensos robôs voadores. Jolie é coadjuvante, como uma piloto sexy com ideias próprias e rouba o filme para si)

Outros filmes: O Turista, O Bom Pastor, 60 Segundos, O Preço da Coragem, Na Terra do Amor e do Ódio, A Lenda de Beowulf (voz), Kung Fu Panda (voz), Amor Sem Fronteiras, Corações Apaixonados, Alexandre, Hackers, George Wallace, Roubando Vidas, Alto Controle,...

Veja ainda: "10 Filmes sobre Turistas"





LinkWithin

Related Posts with Thumbnails