sexta-feira, 18 de novembro de 2011

10 Filmes sobre Muçulmanos



Os muçulmanos são os adeptos do islamismo, religião monoteísta que prega a submissão à deus, orientada através do texto do Corão, que seria literalmente a palavra divina.
O islamismo é a segunda maior religião do planeta, praticada por cerca de 23% da população mundial. Está principalmente concentrada no sul da Ásia, Oriente Médio e na África Subsaariana, mas está espalhada por todos os países.
As duas principais correntes do islamismo são os Sunitas e os Xiitas, que interpretam de maneiras mais ou menos literais os ensinamentos do profeta Maomé.
Apesar disso, no ocidente os muçulmanos são pouco conhecidos e compreendidos.
Esta lista procura trazer um pouco de luz sobre o assunto e mostrar que nossos costumes não são assim tão diferentes.


1.  A Grande Viagem (um pai idoso e muçulmano obriga seu jovem filho, que não liga para religião, a levá-lo de carro do sul da França, onde vivem, até Meca na Arábia Saudita, onde todo bom muçulmano deve ir ao menos uma vez na vida. uma longa viagem, onde pai e filho acabam se conhecendo melhor. bonito e comovente)


2.  Alcorão de Cor (todos os anos, mais de uma centena de crianças e adolescentes de 70 países, dirigem-se ao Cairo para participar de uma importante competição de recitação do Corão, da forma tradicional, perpetuando o som da sua poesia original. curioso notar que várias das crianças mostradas dedicam-se a decorar todo o texto, sem sequer compreender o árabe. bom documentário da HBO, de 2011)


3.  Gabbeh (gabbeh é um tipo de tapete persa, de trama intrincada e composto de figuras que contam a história da tribo ou da região onde foi confeccionado. o filme conta, num formato de realismo fantástico, a história de uma moça, chamada Gabbeh, que foi impedida de casar-se com seu amado. dirigido por Mohsen Makhmalbaf, é uma -linda - metáfora sobre os costumes e a posição da mulher na sociedade muçulmana)


4.  Maomé,o Mensageiro de Alah (bela produção hollywoodiana sobre a vida do profeta Mohammad, das visões do anjo Gabriel até a construção da primeira mesquita em Medina. estrelada por Anthony Quinn e Irene Papas, dirigida pelo sírio Moustapha Akkad, o filme é fiel e respeitoso a história original)


5.  O Caçador de Pipas (a história de um rico garoto afegão, que é obrigado a fugir com seu pai quando os soviéticos ocupam o país. anos mais tarde, eles volta para ajudar seu melhor amigo, com o Afeganistão já sob o controle dos radicais talibãs, responsáveis por um recrudescimento da doutrina islâmica aos costumes medievais. baseado num best-seller de Khaled Hosseini, o filme do bom Mark Forster não teve o mesmo impacto do livro)


6.  A Separação (um retrato da Teerã atual, através da história de um casal que se separa, pois a mulher quer imigrar e o marido quer ficar cuidando de seu pai doente. quando a mulher sai de casa, ele contrata uma cuidadora, com quem terá conflitos que passam pelo temor dela de estar cometendo pecado se tocar no velho, dúvida que ela sana através de aconselhamento via celular. muitos velhos costumes permanecem, mesmo no Irã moderno, mas não é assim tão diferente do Ocidente. ótimo filme de 2011, muito premiado)


7.  Paradise Now (o ótimo filme palestino, desmistifica e humaniza um pouco a atuação dos homens bomba em ataques terroristas em Israel, mostrando sua ideologia política além do fanatismo religioso. indicado ao Oscar de filme estrangeiro)


8.  Malcolm X (biografia do polêmico líder negro americano - Denzel Washington soberbo - que descobriu na prisão os ensinamentos do líder do grupo Nation of Islam e adere ao movimento, pregando o ódio à raça branca. após peregrinar a Meca, torna-se mulçumano sunita e revê suas ideias, contra seu próprio grupo. mais tarde acaba assassinado e reverenciado como um mártir muçulmano. dirigido por Spike Lee)


9.  A Maçã (duas gêmeas são presas em casa por seu velho pai superprotetor, até os 12 anos de idade, mal tendo aprendido a falar. até os vizinhos fazerem um abaixo assinado para que elas fossem libertadas. segundo o pai, o Corão diz: "as meninas são como pétalas de flor que se desmancham em contato com o sol e os olhos dos homens são como o sol sobre elas". mas o verdadeiro motivo parece ser a mãe cega, que não quer que elas a deixem. fanatismo ou apenas egoísmo, uma bela estreia da jovem diretora Samira Makhmalbaf, então com apenas 18 anos)


10.  Persépolis (a visão autobiográfica da diretora iraniana Marjane Satrapi, então uma menina de 9 anos, dos anos que precederam a revolução islâmica de 1979 no Irã, que colocou religiosos fundamentalistas e tiranos no poder, até sua mudança para a Europa, onde encontra um estilo de vida diferente do seu, até sua vida adulta. belo desenho em preto e branco, premiado em todo o mundo)


Veja ainda: "10 Filmes sobre Hippies"

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

10 Filmes sobre Cirurgia Plástica


O Brasil é um centro mundial da cirurgia plástica, mesmo assim ela só é acessível aos mais ricos.
Pode ser feita para regenerar a aparência de pessoas que sofrem acidentes, uniformizar detalhes com os padrões vigentes ou apenas para servir à vaidade de alguns.
No cinema, as plásticas muitas vezes servem como um elemento dramático na trama, gerando improváveis mudanças na face com intuito de disfarçar o personagem ou para inventar uma nova vida.
Aqui está uma lista com 10 filmes sobre cirurgia plástica.


1.  A Pele que Habito (Antonio Banderas é um cirurgião plástico que utiliza sua clínica para realizar uma grande vingança. melhor não contar mais nada. mais um excelente filme de Pedro Almodóvar, que apesar do clima mais sombrio, tem vários elementos caros ao diretor)


2.  A Outra Face (John Travolta é um agente do FBI que captura um terrorista psicopata - Nicolas Cage - e descobre que uma bomba vai explodir toda Los Angeles. mas o bandido entra em coma sem revelar detalhes do atentado. o agente então realiza uma cirurgia para trocar de face com o terrorista para infiltrar-se no seu grupo. enquanto isso, o bandido sai do coma e está com a face do policial. é um tanto absurdo, mas é um filme eletrizante de John Woo) 


3.  Time, o Amor Contra a Passagem do Tempo (um jovem casal, junto há dois anos está em crise, pois a garota acha que ele se cansou dela. então ela decide fazer uma cirurgia plástica radical, mudando sua aparência e desaparecer sem explicações. seis meses depois ela volta a procurá-lo, causando uma inesperada crise de identidade em ambos. bom filme sul-coreano) 


4.  Vanila Sky (Tom Cruise é um herdeiro mimado que tem o rosto desfigurado após um acidente de carro provocado por sua namorada numa crise de ciúmes. meses depois, nenhum cirurgião consegue restaurar sua aparência, até que após um porre, as coisas começam a mudar, seu rosto é reconstruído, mas a fronteira entre a realidade e a fantasia fica muito confusa. bom filme de Cameron Crowe, refilmagem de um suspense espanhol de Alejandro Amenábar) 


5.  Brazil (no filme retrô-futurista de Terry Gilliam, um dos melhores personagens é a mãe do protagonista, vivida por Katherine Helmond, vaidosa e adepta de sucessivas cirurgias plásticas que a esticam a ponto de deformá-la. o médico que a acompanha é o ótimo Jim Broadbent)


6.  O Segredo de uma Promessa (representante dos dramalhões sobre o tema, conta a história de amor entre um rapaz de família rica e uma garota pobre, que querem se casar contra a vontade da mãe dele. depois de sofrerem um grave acidente, a moça fica deformada e, sem condições de bancar a cirurgia plástica, aceita não mais procurá-lo, mudar de nome e de rosto, em troca do dinheiro da operação. dirigido por Gilbert Cates)


7.  Prisioneiro do Passado (Humphrey Bogart é um homem preso injustamente acusado de matar a esposa, que foge da cadeia de San Quentin e decide fazer uma plástica para mudar de rosto e circular livremente em busca do verdadeiro assassino. clássico noir de Delmer Daves, co-estrelado pela bela Lauren Bacall)


8.  Doutores em Seios (conta a história real de dois médicos que na década de 1960 criam um implante de silicone para os seios, que a princípio é rechaçado, mas acaba virando moda e deixando ambos ricos, embora eles sigam caminhos opostos, um idealista e o outro atendendo celebridades e strippers. comédia irregular com David Schwimmer e Chris Cooper)


9.  O Segundo Rosto (um banqueiro de meia idade tem uma vida confortável, mas está insatisfeito. ele contrata uma empresa para forjar sua morte e mudar totalmente sua aparência física, transformando-o num pintor de sucesso - Rock Hudson - vivendo em Malibu. mas os resultados serão surpreendentes. ótimo thriller de John Frankenheimer de 1966)


10.  Um Rosto Sem Passado (Mickey Rourke é Johnny Handsome, um marginal assim chamado ironicamente por ter a face deformada. durante um assalto ele é traído por seus comparsas para que leve sozinho a culpa e acaba na prisão. lá conhece um cirurgião plástico - Forest Whitaker - que acredita que sua recuperação social passa por um novo rosto e uma nova identidade. bom filme, mas pouco conhecido, dirigido por Walter Hill) 


Veja ainda: "10 Filmes sobre Alpinistas e Escaladas"

terça-feira, 8 de novembro de 2011

10 Filmes Hippies



Na década de 1960, o mundo vinha de sucessivas guerras e estava, então, dividido entre comunistas e capitalistas.
Mais uma vez os jovens norte-americanos viam-se em meio a uma guerra sem sentido, desta vez contra o longínquo Vietnam. Pelo mundo, a polarização esquerda/direita provocava contestação de jovens mais bem informados, devidamente reprimidos. 
Nesse clima, surgia o movimento de contra-cultura, também conhecido por hippie ou beatnick, que pregava a paz e o amor.
Junto com eles surgiam as drogas sintéticas, que abriam as portas da percepção e deixavam as pessoas num estado de torpor e contemplação. Mais pacífico, impossível.
Esta lista traz 10 filmes do período ou sobre o período em que os hippies mudaram o mundo.


1.  Hair (um caipira americano chega a Nova York, recrutado para a guerra, quando encontra um grupo de hippies, que o adotam e convertem. musical de grande sucesso lançado em 1979, quando o movimento e aguerra já nem existiam, mas mesmo assim, muito bom. dirigido por Milos Forman, tem canções inesquecíveis e uma alegria contagiante)


2.  Zabriskie Point (uma jovem secretária idealista trabalha no deserto, para um empresário que constrói um condomínio conhece um estudante militante radical, em fuga num avião roubado. nessa paisagem, encontram outros jovens, que fazem amor nas areias e renegam o capitalismo. um filme de Michelangelo Antonioni com cenas geniais, como a lenta explosão da casa)


3.  Viagem ao Mundo da Alucinação (o filme de 1967 faz uma apologia ao LSD. Peter Fonda é um diretor de comerciais, em crise, que procura um amigo auto-intitulado guru - Bruce Dern -, que o introduz ao mundo do ácido. suas viagens incluem muita luz estroboscópica, sexo, morte, flores, dançarinas, bruxas, câmera de torturas e até um duende. o roteiro de Jack Nicholson, que não atua e a direção é de Roger Corman)


4.  Jesus Cristo Superstar (baseado num musical de Andrew Lloyd Webber e Tim Rice, o filme de 1973 traz Jesus como um hippie, em seus últimos dias, visto pelos olhos de Judas, misturando a Jerusalém do primeiro século com soldados e metralhadoras. controverso e vaguardista, o filme fez barulho)


5.  Sem Destino (dois hippies - Dennis Hopper e Peter Fonda - atravessam o país, de Los Angeles a Nova Orleans, incorporando o espírito de liberdade e encarando o preconceito. clássico da contra-cultura e símbolo daquela geração, foi indicado aos Oscars de roteiro e ator coadjuvante - Jack Nicholson)


6.   Across the Universe (um jovem inglês de Liverpool decide ir para os EUA em busca de seu pai. lá torna-se amigo de um estudante rebelde e apaixona-se por sua irmã, uma ativista envolvida com protestos contra a guerra do Vietnan, numa comunidade onde tem experiências psicodélicas. musical de Julie Taymor, baseado em belas canções dos Beatles)


7.  O Abilolado Endoidou (quem endoidou foi o tradutor do título original "I Love You, Alice B. Toklas!". um advogado judeu careta, de casamento marcado com sua secretária, conhece uma garota hippie, que o faz repensar seus valores e ver a vida de uma maneira diferente, principalmente depois de experimentar seus bolinhos psicodélicos. comédia simpática com o grande Peter Sellers)  


8.  Wood e Stock, Sexo, Orégano e Rock'n'Roll (o filme começa em 1972, quando os heróis do cartunista Angeli -  incluindo seus amigos Rê Bordosa, Lady Jane, Nanico e Meia-Oito - eram jovens hippies vivendo intensamente o 'flower power'. 30 anos depois, carecas e barrigudos, os dois têm dificuldades de se adaptar ao mundo moderno. bons personagens num desenho que poderia ser bem melhor)


9.  The Doors (biografia da banda surgida nos anos 1960, comandada pelo genial vocalista e poeta Jim Morrison - Val Kilmer em seu melhor momento -, que viveu e embalou o auge do movimento de contra-cultura. o próprio nome do grupo faz referência ao uso de LSD pregado pelo guru Timothy Leary. um dos melhores filmes de Oliver Stone)


10.  Aconteceu em Woodstock (um jovem designer de interiores de Nova York, empolgado com os primeiros movimentos gays, tem que voltar ao interior para ajudar no decadente hotel da família e acaba envolvido na organização do festival de Woodstock, o evento símbolo da geração hippie. bom filme de Ang Lee, com uma ótima recriação de época)


Veja ainda: "10 Meta Filmes"

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

10 Filmes com Bebês Fofos



Os bebês exercem um fascínio natural, mesmo nos mais insensíveis.
Muitas vezes eles foram utilizados no cinema, no centro das tramas ou mesmo como contrapontos fofos de personagens durões.
Esta lista traz 10 filmes com bebês que derretem qualquer coração. Se lembrarem de outros, sugiram nos comentários.


1.  Bebês (este belo documentário francês acompanha, sem interferir, o primeiro ano de quatro bebês vivendo em países e condições bem diferentes - Mongólia, Japão, Namíbia e Estados Unidos. uma experiência rica e... fofa)


2.  Ricky (uma operária francesa, mãe de uma filha de seis anos, tem um rápido relacionamento com um colega espanhol e juntos têm um lindo bebê. apesar de fofo, o bebê chora i tempo todo e logo ela nota estranhos hematomas em suas costas, de onde brotarão... asas. um filme 'realista' sobre uma situação absurda e metafórica do ótimo diretor François Ozon)


3.  Arizona Nunca Mais (o casal de uma policial e um ex-condenado por furtos não consegue ter filhos e decide sequestrar um dos recém nascidos quíntuplos de um milionário local. claro que nem tudo sai como eles imaginavam. um dos filmes mais fracos dos irmãos Coen, mas o bebê é muito muito fofo) 


4.  Se Beber, Não Case (quatro amigos vão fazer a despedida de solteiro de um deles em Las Vegas e acabam sendo drogados involuntariamente. na manhã seguinte acordam com uma ressaca, com o apartamento detonado, sem o noivo e com um lindo bebê, que ninguém sabe de quem é, no armário. comédia de grande sucesso, que teve uma desnecessária continuação)


5.  Las Acacias (um rude caminhoneiro é obrigado a dar carona para uma jovem mãe solteira de Assunción no Paraguai até Buenos Aires. a princípio incomodado pela inesperada presença da bebê Anahi, ele acaba capitulando ao seu sorriso. lindo filme argentino, minimalista e comovente. exibido na 35a. Mostra de Cinema de São Paulo)


6.  Os Incríveis (um superherói aposentado vive com a família uma vida típica de subúrbio americano, quando é chamado para uma missão. toda a família tem superpoderes, mas o que nem a família sabe, é que o bebê Jack-Jack pode incendiar-se, mudar a composição de seu corpo para aço e muito mais. o bebê ganhou um curta em 3D só seu, Jack-Jack Attack. animação de sucesso da Disney/Pixar)


7.  Três Homens e um Bebê (três amigos solteiros dividem um apartamento, quando um bebê é deixado na porta deles. achando que um deles pode ser o pai, eles decidem cuidar da criança, o que vai mudar o estilo de vida deles para sempre. comédia clássica dos anos 80, que parece melhor do que realmente é na nossa memória. dirigida por Leonard Nimoy)


8.  Presente de Grego (Diane Keaton é uma executiva yuppie e workaholic que recebe de herança de uma parente distante, não dinheiro, mas uma bebê de um ano. incapaz de conciliar seu estilo de vida com a inesperada maternidade, muda-se para o interior. outra simpática comédia dos anos 80)


9.  Olha Quem Está Falando (uma contadora engravida de seu chefe, que é casado e não assume a criança. quando estava em trabalho de parto, conhece um motorista de taxi, por quem acabaria por se apaixonar sob o olhar atento do bebê, que através da locução de Bruce Willis expõe sua visão cínica do mundo. o filme - fraquinho - fez sucesso, teve continuações e ficou célebre por unir o improvável casal John Travolta e Kirstie Alley)


10.  Willow, na Terra da Magia (um anão e aprendiz de feiticeiro, com a ajuda de um exímio espadachim, é obrigado a proteger uma bebê de uma rainha malvada, que quer matá-la por ter previsto que ela será a razão de sua derrota e se tornará uma princesa. caprichada fantasia da Lucasfilm, dirigida por Ron Howard e... com um lindo bebê)


Veja também: "10 Filmes com Crianças Malvadas"

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

10 Filmes de Selton Mello



Nascido em 1972 na cidade de Passos, Minas Gerais, Selton Figueiredo Melo, começou a atuar muito cedo.
Aos sete anos de idade fez sua primeira novela, 'Marron Glacê' da Rede Globo, e aos 18 estreava no cinema, no filme 'Uma Escola Atrapalhada', dos Trapalhões. 
Selton Mello vem se firmando como um dos mais produtivos e reconhecidos atores do cinema nacional. Já atuou em 28 filmes e dirigiu dois longas.
Além do cinema, Selton participou de dezenas de novelas e séries de televisão, fez diversas peças de teatro, atuou como dublador e é músico.
Esta lista traz 10 das mais destacadas atuações de Selton.


1.  O Palhaço (pai e filho são donos de um circo mambembe que percorre cidadezinhas do interior, levando alegria e uma dose de ingenuidade sob a tenda. na pele do palhaço Pangaré, ele comove numa atuação minimalista, ao lado do grande Paulo José e de dezenas de ótimos atores. em sua segunda experiência na direção - a primeira foi no pessimista 'Feliz Natal' -, Selton demonstra um talento muito acima da média e o resultado é um dos mais encantadores e cinematográficos filmes nacionais dos últimos anos. longa vida ao diretor Selton Mello!)


2.  Meu Nome Não é Johnny (Selton vive João Estrela, um jovem personagem real da classe média alta do Rio de Janeiro, que nos anos 90, entre festas e abusos, acabou tornando-se um conhecido traficante de drogas. bom filme, com roteiro enxuto e algumas cenas memoráveis)


3.  O Cheiro do Ralo (Selton é o dono de uma loja de penhores, que se dedica a pagar o menor preço possível aos clientes aflitos, que têm de vender seus estimados objetos por estarem em dificuldades financeiras. simbolicamente, um ralo de sua loja começa a exalar um odor insuportável, enquanto ele percebe que os clientes que achava subjugar começam a controlá-lo. ótimo filme de Heitor Dhalia, baseado no livro de Lourenço Mutarelli)


4.  Lavoura Arcaica (o filho mais novo de uma tradicional família rural foge para a cidade para tentar escrever sua própria história longe do jugo do pai. seu irmão o encontra numa pensão suja para levá-lo de volta e selar a paz familiar. um filme belíssimo de Luiz Fernando Carvalho, que merece ser conhecido)


5.  O Auto da Compadecida (uma das mais conhecidas peças do teatro nacional, a obra de Ariano Suassuna tem personagens marcantes, como o malandro e mentiroso Chicó - Matheus Nachtergale - e o covarde Chicó - Selton Mello, perfeito em sua caracterização. esta versão, dirigida por Guel Arraes foi originalmente feita como uma minissérie em quatro capítulos e reduzida para o cinema, mas ainda assim, manteve sua força)


6.  Jean Charles (outro personagem real vivido por Mello, Jean Charles de Menezes foi uma vítima inocente da guerra ao terror, por ter sido morto por engano pela polícia londrina, num caso que ganhou repercussão internacional. o filme pretende contar os fatos, mostrando o cotidiano de brasileiros que vivem em Londres. Selton é um dos poucos atores profissionais, que contracena com imigrantes reais, o que gera um resultado irregular, mas interessante)


7.  A Mulher Invisível (Selton foi abandonado pela esposa e fica deprimido, até que um dia a mulher ideal - Luana Piovani - bate à sua porta pedindo uma xícara de açúcar. ela é perfeita, linda, carinhosa, inteligente e até gosta de futebol, o problema é que só ele a vê. comédia com ritmo de tv, tanto que virou seriado, mas diverte sem compromisso)


8.  Lisbela e o Prisioneiro (baseado numa peça de Osman Lins, é uma comédia de costumes passada num nordeste imaginário. Lisbela está noiva, quando conhece e se encanta pelo malandro aventureiro Leléu - Selton. juntos eles desafiam a família e a sociedade para ficar juntos. primeiro filme de Guel Arraes feito diretamente para o cinema, um grande sucesso de público e também de crítica)


9.  Lope (no ótimo filme de Andrucha Waddington sobre o poeta e dramaturgo espanhol Félix Lope de Vega, Selton Mello vive um rico marquês português, que acaba por financiar a liberdade de Lope em troca de versos para conquistar sua amada. em sua primeira experiência internacional, Selton empresta humor ao filme)


10.  Reflexões de um Liquidificador (aproveitando sua experiência como dublador, Selton consegue dar alma ao inusitado eletrodoméstico, que narra a história e também manipula a perturbada dona de casa - Ana Lúcia Torre. comédia nonsense de André Klotzel)


Menções: A Erva do Rato, O Coronel e o Lobisomem, Os Desafinados, Árido Movie, Caramuru a Invenção do Brasil, O que é Isso Companheiro?


Veja ainda: "10 Filmes de Wagner Moura"

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails