segunda-feira, 31 de agosto de 2009

10 Filmes de Vampiros



Esta é uma categoria cheia de ótimos filmes.
O vampiro é um dos personagens que melhor se adaptou à mitologia do cinema.
A amostra é tamanha, que posso apostar que todo mundo deve ter algum filme favorito que não está nesta lista.
Obs: Esta foi uma das primeiras listas deste blog, por isso resolvi atualizá-la em 17/03/2011, inclusive substituindo um dos filmes.

1.  Drácula de Bram Stoker (Vlad o empalador foi lutar nas cruzadas e, quando voltou, soube que sua amada esposa havia cometido suicídio ao ouvir que ele havia morrido. inconformado, Vlad se dedica ao satanismo e ao vampirismo. este é apenas o ponto de partida da mais fiel versão do livro original, numa superprodução dirigida por Francis Ford Coppola)


2.   Deixe Ela Entrar (na Estocolmo da década de 1970, um garoto de 12 anos é atormentado pelos colegas de escola até conhecer uma estranha garota, aparentemente da mesma idade, que muda-se para o apartamento vizinho e a quem só vê de noite. este filme sueco traz sangue novo ao tema e foi refilmado em inglês sem o mesmo impacto) 

3.  Nosferatu, o Vampiro da Noite (refilmagem de 1979 do clássico do expressionismo alemão, esta versão de Werner Herzog não fica atrás, embora um pouco arrastada. baseada no livro de Bram Stoker, mostra Klaus Kinski como o vampiro obcecado pela bela Isabele Adjani. dizem que Kinski acreditou que era mesmo Nosferatu... e eu também)


4.  Entrevista com o Vampiro (um repórter entrevista um homem - Brad Pitt - que diz ter 200 anos e conta como teria sido infectado por Lestat - Tom Cruise. versão modernizada e muito sexy dos vampiros, dirigida por Neil Jordan)

5.  Os Garotos Perdidos (Corey Haim e Jason Patric são irmãos que mudam-se com a mãe para uma cidadezinha da California, onde muitos jovens estão desaparecendo. logo irão conhecer uma turma de motoqueiros, que na verdade são vampiros. versão juvenil e roqueira dos anos 80, pela primeira vez virou cool ser vampiro)

6.  Dança dos Vampiros (um professor especialista em vampiros decide ir à Transilvânia, acompanhado de seu medroso assistente, para aprender mais sobre o assunto. uma sátira um pouco sem graça, mas ainda assim a melhor das que assisti, curiosamente dirigida por Roman Polanski)

7.  Fome de Viver (Catherine Deneuve é uma colecionadora de arte, chiquérrima e, há centenas de anos, uma vampira. ela agora vive em Manhattan com o marido David Bowie, igualmente estiloso, que começa a sentir o peso dos séculos. os vampiros mais fashion do cinema)

8.  Um Drink no Inferno (George Clooney e Quentin Tarantino são dois irmãos criminosos em fuga, que param numa estranha boate na fronteira do México, que à noite fica povoada  por vampiros. dirigido por Robert Rodrigues, um filme nervoso e muito divertido)


9.  A Sombra do Vampiro (a história - fictícia? - dos bastidores das filmagens de Nosferatu de F.W.Murnau de 1922, centrada na estranha figura do ator Max Schreck - Willem Dafoe -, que teria hábitos estranhos e reservados, sugerindo que ele era realmente um vampiro. brilhante exercício de metalinguagem, onde o mito é tão maior que a realidade, que acabam se confundindo)


10.   Quando Chega a Escuridão (um jovem fazendeiro conhece uma linda garota que o seduz e ele acaba se juntando à sua "família", um perigoso grupo de vampiros, que buscam sangue nas noites e a escuridão durante o dia. um roteiro bem amarrado, um ótimo ritmo e a direção segura de Kathryn Bigelow. vale uma olhada)

Menção Extra:  

 Crepúsculo (como não falar deles? é moderno, tem vampiros bonitinhos e politicamente corretos, adaptados ao gosto das pré-adolescentes atuais. o maior problema desta franquia é se levar tão a sério

Listas relacionadas: 10 Filmes de Rick Baker

domingo, 30 de agosto de 2009

10 Filmes Sobre Moda

















Difícil fechar em 10. Ficaram vários de fora.
Mas tentei equilibrar filmes sobre a indústria da moda e alguns que criaram moda.
Nem todos são bons filmes, mas acabam tendo muita afinidade.
Minha lista:

1. Zuzu Angel (a vida e o drama da primeira estilista brasileira, uma mulher tão criativa quanto corajosa)

2. Brüno (mesmo errando a mão às vezes, retrata o extremo do fashion victim, sem noção...)

3. Cinderela em Paris - Funny Face (genial, com direção de arte exagerada, alto-astral e claro Audrey)

4. O Diabo Veste Prada (Meryl quanto mais exagera, melhor fica, perfeita ditando a moda)

5. My Fair Lady (além dos figurinos extravagantes e as aulas de etiqueta, os chapéus em Ascott são impagáveis e Audrey de novo)

6. E o Vento Levou (perde a fortuna, mas não perde a elegância, até a cortina virou vestido)

7. Gia (feito para TV, mostra tudo o que pode dar de errado numa carreira de modelo e foi a primeira vez que la Jolie foi notada)

8. Zoolander (besteirol total, uma sátira ao mundo da moda, com direito a festival de biquinhos de Ben Stiller e Owen Wilson)
9. Prêt-à-Porter (Altman leva sua visão ao mundo da moda, pena que não funciona)

10. Bonequinha de Luxo - Breakfast at Tiffany's (depois dele todas as mulheres quiseram ser como Audrey e vestir-se como Audrey)



sábado, 29 de agosto de 2009

10 Filmes com Vento


Esta lista traz 10 filmes onde o vento é tão presente que acaba sendo protagonista ou muitas vezes o vilão da história. Haja ventilador...


1.  A Ostra e o Vento (uma garota vive isolada com o pai possessivo e autoritário numa ilha, onde ele é o zelador do farol. revoltada e solitária, ela desenvolve uma paixão pelo vento incessante, que açoita o local. ótimo filme nacional de Walter Lima Jr.)

2.  Dersu Uzala (na sequência mais impressionante do filme, o guia Dersu constrói um abrigo no meio da taiga, para sobreviver, com o pesquisador russo, ao vento implacável de inverno, que chega de surpresa. o filme russo de Akira Kurosawa é um dos mais belos filmes já feitos, uma obra-prima do cinema)

3.  O Menino e o Vento (filme nacional de 67, polêmico e pouco visto, o vento aqui é o personagem central. um engenheiro carioca volta para uma cidadezinha, onde é julgado pelo desaparecimento de um garoto que teria poderes sobre o vento e com quem tinha uma "estranha amizade")

4.  O Mágico de Oz (um vendaval leva a garota Dorothy e seu cãozinho, junto com sua casa para um mundo mágico, onde eles viverão uma grande aventura. clássico do cinema e da literatura infantil, com dezenas de refilmagens e versões, mas nenhuma se compara a de 1939, com Judy Garland)

5.  Volver (após a morte da mãe, duas irmãs descobrem que ela estaá de volta para resolver suas pendências. desde a cena inicial, o vento de leste enlouquece as mulheres no cemitério e na cidadezinha de La Mancha, parece trazer de volta as lembranças e... as pessoas. um dos melhores filmes de Pedro Almodóvar)

6.  Twister (um grupo de pesquisadores corre atrás de tornados para estudá-los, passando por grandes perigos. um filme-catástrofe emocionante, com ótimos efeitos, dirigido por Jan de Bont)

7.  Depois do Vendaval (depois de muitos anos na América, um homem - John Wayne - volta para sua cidadezinha na Irlanda, onde apaixona-se por uma bela moça - Maureen O'Hara, mas terá que enfrentar a oposição de seu irmão. o vendaval que emoldura um dos beijos mais famosos do cinema)

8.  O Morro dos Ventos Uivantes - Wuthering Heights (um viajante é pego pelo vendaval e forçado a se abrigar na casa situada no alto do tal morro. esperando o tempo melhorar a governanta lhe conta a história do local. a versão de 39, com o Laurence Olivier no papel de Heathcliff é insuperável) 

9.  Na Natureza Selvagem (um jovem recém-formado - Emile Hirsch -, decide viver sem rumo pela América, numa perigosa aventura que culmina com o vento gelado, que invadia o trailer onde ele se abrigaram por qualquer fresta, até congelá-loi)

10.  O Pecado Mora ao Lado (uma mulher viaja em férias e o marido passa a cobiçar a nova vizinha. a cena do vento levantando o vestido é clássica. foi só um ventinho e ainda por cima artificial, mas é o vento mais safado da história do cinema)

10 Filmes de Alfred Hitchcock



Sir Alfred Joseph Hitchcock nasceu na Inglaterra no dia 13 de agosto de 1899, filho de um vendedor de frutas e verduras. Foi educado sob rígida disciplina católica, o que influenciou muito sua formação.
Começou a dirigir filmes mudos em 1922, logo se destacando. Em 1939 foi convidado a trabalhar em Hollywood, onde desenvolveu suas obras mais importantes e revolucionou o cinema para sempre.
Tudo o que vemos hoje no cinema tem uma pitada do que ele criou.
Vi quase todos os 67 filmes dele, escolher apenas uma lista de 10 é quase cruel, mas vamos lá...

1.  Um Corpo que Cai (James Stewart é um policial aposentado por um trauma que o deixou com medo de altura, que tornou-se detetive e é contratado pelo marido de uma misteriosa mulher em crise de identidade. algumas cenas são antológicas, como a da galeria de arte e os inovadores efeitos de zoom que potencializavam a sensação de vertigem. genial e revolucionário)

2.  Intriga Internacional (Cary Grant é um publicitário, confundido com um agente secreto por espiões e passa a ser perseguido por todo o país tanto pelo governo quanto pelos espiões. um pouco de nonsense e muito fôlego. a cena da perseguição por um avião é incrível. o título vem de uma citação de Shakespeare: "eu sou louco, mas louco norte-noroeste")

3.  Os Pássaros (Tippi Hedren é uma jovem de San Francisco que vai para a pequena cidade costeira de Bodega Bay atrás de um potencial namorado, mas quando ela chega os pássaros da cidade começam a comportar-se de maneira estranha, atacando as pessoas em bandos. o filme teve imitações com todo tipo de bichos, mas este filme é único e excepcional. nunca mais olhei para um pássaro no fio da mesma forma)

4.  Pacto Sinistro (um tenista famoso viaja para tentar divorciar-se da esposa infiel para poder casar novamente e não consegue. na volta de trem conhece um psicopata que conhece sua história dos jornais e propõe matar a mulher, desde que em troca o tenista mate seu pai por ele. o rapaz não concorda, mas o maluco faz sua parte e começa a exigir que o outro cumpra a sua. brilhante e angustiante)

5.  A Tortura do Silêncio (Montgomery Clift é um padre que ouve a confissão de um assassino e tenta persuadi-lo sem sucesso a entregar-se. preso ao segredo de confissão, o padre não pode revelar o que sabe sobre o crime e acaba sendo ele próprio apontado como suspeito. Hitch enfrenta seus próprios dogmas)

6.  Psicose (Janet Leigh é uma secretária que foge com o dinheiro de um cliente, desvia-se da estrada numa noite chuvosa e é obrigada a hospedar-se num motel de onde não irá mais sair. envolvente, brilhante, doentio, Anthony Perkins nunca mais se livrou do personagem Norman Bates. um dos grandes filmes do mestre)

7.  Janela Indiscreta (James Stewart é um fotógrafo preso em seu apartamento com a perna quebrada, que resolve passar o tempo espionando seus vizinhos, mas acaba presenciando o que acredita ser um assassinato. planos brilhantes, tensão agoniante, muito duplo sentido, um Hitch perfeito)

8.  O Homem que Sabia Demais (um médico em férias com a esposa e o filho no Marrocos acaba se envolvendo numa trama de assassinato após ser abordado por um homem à beira da morte. os bandidos sequestram seus filhos para que ele não revele o que sabe. a história era tão boa que ele rodou duas vezes - a versão de 1956 é melhor)

9.  O Homem Errado (Henry Fonda - ótimo - é um músico acusado injustamente e preso por um crime que não cometeu e só pode contar com o testemunho de sua esposa - Vera Miles -, que não suporta a pressão. baseado numa história real é um dos filmes mais sombrios de Hitchcock)

10.  Rebecca, a Mulher Inesquecível (Joan Fontaine é uma jovem de origem humilde que casa-se com um rico nobre inglês - Laurence Olivier -, mas desde que muda-se para a sua mansão é assombrada pela memória da falecida esposa. é o primeiro filme americano do mestre e já ganhou o Oscar de melhor filme. dame Judith Anderson como a governanta fiel à falecida patroa é uma das melhores vilãs da história. baseado em livro de Daphne Du Maurier)

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

10 Filmes Azuis
















Filmes azuis? É isso mesmo.
São filmes em que o azul (ou o blue) predominam no título.
A lista:

1. Veludo Azul (o primeiro filme do David Lynch com a marca pessoal, depois ele só se repetiu)
2. Imensidão Azul (emocionante filme francês sobre mergulho, trilha linda, bom elenco)
3. A Liberdade é Azul (o melhor da trilogia das cores do Kieslowski, a liberdade que vem da dor)
4. Mais e Melhores Blues (Spike Lee em grande forma, Denzel nem se fala e o blues fazendo suar)
5. Trovão Azul (deve ter envelhecido mal, low tech total para os dias de hoje, mas na época era empolgante)
6. A Lagoa Azul (Brooke Shields marcou uma geração com essa bobagem água com açúcar, tinha quem visse 16 vezes e chorava em todas)
7. Céu Azul (um filme que ficou anos engavetado e quando foi lançado deu mais um Oscar para Jessica Lange, merecido)
8. Violetas são Azuis (ah, é bonitinho, vá! rssss)
9. Betty Blue (o modo de vida moderninho dos franceses da época fez sucesso com os americanos, mas não vale uma segunda olhada)
10. Out of the Blue (filme raro, dirigido por Dennis Hopper, seco, encanado, muito bom)



LinkWithin

Related Posts with Thumbnails