segunda-feira, 1 de março de 2010

10 Filmes de David Lean



Admirado por Scorsese, Lucas e Spielberg, David Lean foi um dos mais respeitados, influentes e bem sucedidos cineastas do século XX.
Nascido na Inglaterra, de família Quaker em 1908, era proibido pela família de ir ao cinema, na infância e começou a vida como contador. Mas logo aos 20 anos, arrumou um emprego numa produtora londrina fazendo de tudo, até tornar-se montador e co-dirigir seu primeiro filme em 1942.
Ganhou dois Oscars de direção e foi indicado outras nove vezes. Lean era detalhista e perfecionista. Alguns de seus filmes épicos, estão entre os mais bem sucedidos e memoráveis na história do cinema. 
Quando morreu de câncer em 1991, estava a semanas de começar um de seus maiores projetos, a adaptação de 'Nostromo' de Joseph Conrad, tendo no elenco Marlon Brando, Paul Scofield, Peter O'Toole, Anthony Quinn, Isabella Rossellini, dentre outros. 
Esta lista traz 10 filmes, de uma carreira de apenas 17 longas em quase 50 anos, mas todos muito bem feitos.


1.  Lawrence da Arábia (um dos melhores filmes já feitos. durante a primeira guerra, um jovem tenente britânico - Peter O'Toole soberbo - pede transferência para a península arábica onde, admirador de sua cultura, propõe-se a intermediar as relações entre ingleses e aliados árabes com os turcos otomanos. o filme mostra quatro fases distintas da vida do protagonista. alguns dos mais belos planos já filmados num deserto e a música genial de Maurice Jarre garantiram 7 Oscars ao filme)


2.  Passagem Para a Índia (último filme do mestre. no final da década de 1920, uma inglesa rica e avançada - Judy Davis - vai para a Ìndia, junto com sua sogra, para encontrar seu noivo e decidir sobre sua mudança para lá. o clima, as diferenças culturais e religiosas, chocam, mas estimulam as duas a conhecer a verdadeira Índia. elas fazem amizade com um médico local, mas numa excursão, ele é acusado de tentar violentar a jovem. um filme sobre o medo das diferenças, sobre repressão sexual. genial, contido, exuberante e brilhante. Oscars de trilha para Jarre e atriz coadjuvante para dame Peggy Ashcroft e outras 9 indicações)


3.  Doutor Jivago (adaptação do clássico de Boris Pasternak. conta a história de amor entre um médico aristocrata e uma enfermeira plebléia na Rússia do começo do século, tumultuado pela revolução de 1917, o que os separa e reúne tragicamente ao longo dos anos. linda trilha, 5 Oscars, 197 ninutos de filme e um dos maiores sucessos de público do cinema. imperdível)


4.  A Ponte do Rio Kwai (durante a segunda guerra, um coronel britânico - Alec Guiness - e sua tropa são aprisionados pelos japoneses e obrigados a construir uma ponte. ele decide fazê-la bem feita, para humilhar o oponente e deixar clara a superioridade britânica. enquanto isso, um outro prisioneiro americano - William Holden - planeja a destruição da mesma ponte. 7 Oscars, incluindo melhor filme, diretor e, claro, a famosa trilha assobiada, composta por Malcolm Arnold)


5.  A Filha de Ryan (uma jovem irlandesa se casa com um professor viúvo, que não tem interesse em sexo. quando, em 1916, um major inglês chega a cidade para supervisionar as relações do exército irlandês com os alemães, eles se apaixonam e começam a se encontrar em segredo, mas são flagrados por um deficiente mental, que conta para a cidade. intolerância, repressão, um filme complexo, delicado e asfixiante. outra obra-prima) 


6.  Desencanto (em um café de uma estação de trem, uma dona de casa e um médico, ambos casados, se conhecem e ficam amigos. semana após semana continuam se encontrando no mesmo local e eventualmente se apaixonam, mesmo sabendo que seu amor é impossível. a fantástica discrição e economia de imagens, em contraponto ao teor dramático, demonstram um domínio raro da emoção, que Lean imprimia como ninguém)


7.  Grandes Esperanças (adaptação definitiva do clássico de Charles Dickens, de 1946. um órfão humilde e de bom coração, herda uma fortuna e entra para sociedade, sem saber quem é seu misterioso benfeitor. ele apaixona-se por uma moça bela e fria, que é criada por sua tia, uma velha amargurada com os homens, por ter sido abandonada no altar. o bom uso de perspectivas de câmera reforçam o clima intenso da história)


8.  Oliver Twist (outra fantástica adaptação de Dickens, de 1948. um órfão maltratado por todos desde a infância, foge do reformatório e acaba nas mãos de um cruel aproveitador de crianças de Londres - Alec Guiness - e é utilizado como batedor de carteiras, aprendendo a viver no "mundo real". um retrato amargo da sociedade vitoriana)


9.  Quando o Coração Floresce (de férias em Veneza, uma mulher americana, madura e solteira - Katharine Hepburn -, conhece um charmoso italiano, que acredita ser seu grande amor. mas o sonho se desfaz em realidade, quando ela descobre que ele era casado. ótimo e pouco lembrado)


10.  Papai é do Contra (uma deliciosa comédia de costumes, estrelada por Charles Laughton, como o dono de uma fábrica de calçados, que trata a todos com desprezo e cuida das três filhas. a mais velha se rebela e, contra a vontade dele, que quer que ela cuide dos negócios, decide arrumar um marido, tornando-se sua concorrente. ótimas interpretações e algumas ótimas sequências enriquecem mais este clássico)


Veja ainda: "10 Filmes de Robert Altman"

Um comentário:

  1. Amo A Filha de Ryan e lamento que não tenha sido lançado no Brasil em DVD. É um filme essencial!

    ResponderExcluir

Todo comentário do Listas de 10 será moderado para evitar abusos.
Por isso mesmo, não são publicados imediatamente. Seja paciente!
Ao final de seu comentário, identifique-se! É chato conversar com anônimos.
Obrigado!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails