quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Os 10 Melhores Filmes de 2009



Quem acompanha minhas listas sabe que eu não costumo fazer listas de melhores, pois acho este conceito muito subjetivo.
Minhas listas são indicativas de filmes que representam bem os temas abordados, geralmente em ordem aleatória ou cronológica.
Mas não resisto à tentação de fazer minhas escolhas pessoais dos melhores filmes de 2009, no último dia do ano.
Fiz uma pré-lista com 40 filmes e cheguei a apenas 10, com muita dor. O critério é que os filmes tinham que ter sido lançados no circuito comercial de cinema em São Paulo no ano de 2009, portanto não entram aqueles lançados só em DVD ou apenas nas Mostras de Cinema, o que seguramente mudaria minha seleção.
Destaco que esta lista representa a minha opinião e convido quem discordar ou quiser dar suas próprias sugestões a utilizar os comentários para este fim.
Aproveito para desejar um ótimo 2010 a todos!


1.  A Partida (um violoncelista fica sem emprego e volta à cidade natal com a esposa. lá começa a trabalhar como agente funerário, indo contra a vergonha da esposa, mas aos poucos se orgulhando do seu trabalho. um filme japonês pequeno, que nos faz refletir. belíssimo)


2.  Avatar (a tão esperada volta de James Cameron aos cinemas não decepcionou. se o roteiro é uma reciclagem de clichês - ou referências para ficar mais bonito -, a parte técnica é impressionante e um marco no cinema, como foi, um dia, Guerra nas Estrelas. só isso já faz dele um filme importante. e não dá para negar, é empolgante)


3.  Gran Torino (Clint Eastwood está cada dia melhor. neste filme ele consegue distanciar-se e  dirigir-se bem como ator. interpreta um veterano da guerra da Coréia, que tem que confrontar seu preconceitos ao se relacionar com os vizinhos imigrantes coreanos. outro filme pequeno e bem feito)


4.  Foi Apenas um Sonho (um filme pouco valorizado pela crítica no Brasil, tem uma força a ser descoberta. trata da desilusão com o sonho americano nos anos 1950. Leonardo DiCaprio e Kate Winslet são um jovem casal que, descontente com a vida medíocre que se desenha, decide largar tudo e mudar-se para a França. um filme triste, com uma amargura contida, mas desesperada. mais um belo trabalho de Sam Mendes)


5.  Milk, a Voz da Igualdade (cinema bom, com uma história bem contada, como há muito não se via. conta a biografia de Harvey Milk, o primeiro político abertamente gay a ocupar um cargo eletivo nos EUA, mas que acabará assassinado em 1978. interpretação sobrenatural do grande Sean Penn e um elenco de apoio também fantástico. direção segura de Gus Van Sant)


6.  Bastardos Inglórios (o amigo Lucas, no twitter, diz que Tarantino não faz cinema. seja o que for que ele faz é uma delícia de assistir. o diretor tem uma noção de rítmo como poucos. o filme conta histórias paralelas de uma jovem judia que tem a família morta pelos nazistas na França ocupada e de um grupo de soldados judeus americanos, que atacam nazistas com toques de sadismo. as histórias se convergem num final apoteótico. mais um tiro certeiro de Quentin)


7.  Deixe Ela Entrar (a grata surpresa do ano vem da Suécia. um filme sobre uma vampira adolescente, que se instala num apartamento próximo ao de um frágil garoto de 12 anos, por quem se apaixona. sangue novo sobre o tema)


8.  Entre os Muros da Escola (um professor de francês de uma escola da periferia de Paris entra em atrito com um grupo de alunos, que contestam seus métodos. um panorama do caldeirão de etnias da França contemporânea, num filme ágil e tenso, com um ótimo roteiro)


9.  O Fantástico Senhor Raposo (animação de Wes Anderson, para a qual ele consegue transportar sua visão irônica. George Clooney dá voz e alma para o raposo que vive como um jornalista, pai de família de classe média, mas que não resiste à tentação atávica de roubar galinhas. o que acaba colocando a comunidade de bichos em confronto com os fazendeiros. brilhante, original, divertidíssimo)


10.  Quem Quer Ser um Milionário? (Danny Boyle juntou Bollywood a Hollywood e fez um filme delicioso. um rapaz pobre, ex-menino de rua de Mumbai, participa de um programa de prêmios na tv e começa a suscitar desconfiança da produção por acertar todas as questões e se aproximar do inédito prêmio milionário. ganhou exagerados 8 Oscars, mas é um ótimo filme)

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

10 Filmes sobre Jesus Cristo




Todos, independente de crença, conhecem a história do aniversariante, Jesus Cristo.
O cinema e a televisão foram eficientes em produzir dezenas de versões, algumas mais reverentes e outras nada reverentes, mas que ajudaram a forjar e tornar real as imagens do mito no imaginário popular.
Selecionei para esta lista 10 filmes sobre este personagem.tão influente.


1.  O Rei dos Reis (1961 / Nicholas Ray. uma adaptação rigorosa do novo testamento, um diretor talentoso, um ator bonito e inexpressivo e a narração de Orson Welles. está pronta a fórmula do melhor filme sobre o personagem. bem feito, simples e direto, candidato eterno às sessões da tarde no dia de natal)


2.  Jesus de Nazaré (1977 / Franco Zeffirelli. já que não podia fazer o melhor, o diretor italiano fez o mais logo. desenvolvido como minissérie, tem Robert Powell como um Jesus pouco humano. convencional e eficiente)


3.  A Paixão de Cristo (2004 / Mel Gibson. violento, megalomaníaco, anti-semita, falado em aramaico, longo, chato... tudo o que se poderia esperar de Mel Gibson. eu só vi o filme no fast-forward, então não tenho o direito de dizer que ele é péssimo. afinal tem muito fundamentalista cristão que adora esta versão)


4.  A Última Tentação de Cristo (1988 / Martin Scorsese. bonita versão, bastante reverente do diretor que é católico, mas ainda assim foi condenado pela igreja por conta da tal tentação, à qual sabemos, ele não sucumbe. Willem Dafoe faz o cristo. bom filme, mas é arrastado)


5.  Maria, Mãe de Jesus (1999 / Kevin Connor. a vida de cristo - Christian Bale -, pelos olhos de Maria - Pernilla August -, a mesma história de sempre sob outro ponto de vista. fraquinho)


6.  Jesus de Montreal (1989 / Denys Arcand. um grupo de atores encena uma versão heterodoxa da paixão e fazem um grande sucesso. entretanto a igreja a condena, por achar muito liberal. os atores assumem a personalidade dos personagens, na luta para liberar a peça. ótimo filme de um ótimo diretor)


7.  Jesus Cristo Superstar (1973 / Norman Jewison. baseado no musical de Andrew Lloyd Webber e Tim Rice, conta os últimos sete dias de vida de cristo até sua crucificação, sob o ponto de vista de Judas. o Jesus é hippie e enfrenta os soldados romanos, que usam metralhadoras. e todos cantam)


8.  A Vida de Brian (1979 / Terry Jones. genial versão do grupo Monty Python sobre a paixão. tudo começa com a pergunta: e se os reis magos tivessem parado na manjedoura errada? Brian nasceu no mesmo dia que Jesus, na mesma cidade. numa época cheia de misticismo e messias surgindo todo o tempo, ele também consegue muitos seguidores, pelas razões mais absurdas. uma comédia inteligente e muito, mas muito divertida)


9.  O Livro da Vida (1998 / Hal Hartley. Jesus, juntamente com Madalena - a cantora P.J.Harvey -, volta à terra em Londres no dia 31 de dezembro de 1999, para iniciar o apocalipse. ele pega seu notebook, onde está o livro da vida, do qual precisa abrir os 3 selos finais. mas Jesus está em dúvida, pois não quer ter a tarefa de julgar tanta gente na hora do juízo final. um cristo sem nenhuma paixão por seu trabalho)


10.  Zeitgeist (2007 / Peter Joseph. incluí este documentário, pois é o primeiro que vi a declarar, com todas as letras, que Jesus Cristo não existiu. o filme é dividido em três partes, todas usando argumentos bem fundamentados. na primeira ele fala do surgimento das religiões e das coincidências das lendas dos diversos messias, todas derivadas das mesmas lendas egípcias e ancestrais, com pouquíssimas variações. é no mínimo interessante)

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

10 Filmes de Robert Altman



Beberrão, mulherengo, maconheiro (até morrer em 2006 aos 81), chegado numa jogatina, mau pai, indomável, mas um grande cineasta, que entendia e respeitava seus atores como ninguém.
Robert Altman foi piloto na segunda guerra, quando voltou fez alguns roteiros, dirigiu alguns filmes obscuros e vários seriados de televisão, até fazer MASH e ser catapultado à condição de gênio.
Criou um estilo próprio, com histórias fragmentadas entre varios personagens, o que influenciou vários jovens cineastas. Vide Magnólia, Babel e Crash.
Dos vários filmes que vi do diretor, selecionei meus dez favoritos, deixando vários importantes de fora.


1.  MASH (1970. sátira mordaz da guerra da Coréia, através dos cirurgiões de um hospital de campanha, que mantém o bom humor, mesmo nas piores situações. ganhou a Palma de Ouro em Cannes e quase não foi lançado, por conta das divergências com a 20th Century Fox. obra-prima)


2.  Voar é Com os Pássaros - Brewster McCloud (1970. Bud Cort é um rapaz instrospectivo, que vive num abrigo contra radiação e está construindo asas para voar. qualquer um que atrapalhe seu projeto é morto pelo seu anjo da guarda - Sally Kellerman - até que um detetive começa a investigar. um filme estranho, mas interessante)


3.  Nashville (1975. na capital da música country, 24 personagens entre hippies, cantores e conservadores participam de um grande comício contra a guerra do Vietnan. este filme definiu o estilo fragmentado dos roteiros do diretor e é, por muitos, considerado seu melhor filme. Oscar de canção)


4.  Cerimônia de Casamento (1978. uma sátira social engraçadíssima. 48 personagens constroem a história dos preparativos para uma festa de casamento entre uma garota - Mia Farrow - e um rapaz ligado à máfia, onde tudo o que poderia dar errado, vai dar errado)


5.  O Exército Inútil - Streamers (1983. baseado numa peça, é bastante teatral, mas é poderoso. a espera de serem enviados ao Vietnan, 6 soldados têm que conviver num alojamento. o preconceito explode quando se descobre que um deles é homossexual. uma crítica ao serviço militar)


6.  O Jogador (1992. um produtor, que coleciona fracassos de bilheteria é ameaçado de morte anonimamente. na sua paranóia, acaba matando um roteirista e terá que inventar subterfúgios para escapar da polícia. a vingança de Altman aos executivos de Hollywood, que ele sempre odiou. ótimo)


7.  Short Cuts, Cenas da Vida (1993. uma garçonete atropela o filho de um apresentador de tv e desencadeia 8 histórias paralelas, que tem em comum a dificuladade de relacionamento e comunicação entre as pessoas. a matriz de Crash. um filme brilhante)


8.  Assassinato em Gosford Park (2001. em 1932 um grupo heterogêneo de socialites é convidado para uma festa de fim de semana na mansão de nobres ingleses. entre as intrigas entre os ricos convidados e os empregados, um assassinato misterioso é cometido. o velhoestilo de Altman, num ótimo filme. Oscar de roteiro)


9.  De Corpo e Alma - The Company (2003. Neve Campbell é uma talentosa bailarina, que entra em conflito quando é tornada estrela de uma conceituada companhia. no painel criado estão o diretor da companhia e outros bailarinos. filme delicado, com belas cenas de dança e dramas envolventes)


10.  A Última Noite - A Prairie Home Companion (2006. último filme de Altman. mostra a última apresentação de um antigo programa de rádio ao vivo num teatro. entre os cantores country está Meryl Streep. um ótimo filme a ser descoberto)

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

10 Filmes de Praia



O verão começa hoje, 21 de dezembro, no hemisfério sul e promete ser mais quente que os anteriores, por isso caprichem no protetor solar!
Por coincidir com férias escolares, muita gente se muda para a praia por alguns dias nesta época. E isso rende muito agito e alguns bons filmes.
Para marcar a entrada da estação, selecionei 10 filmes de praia. Sei que existem muitos outros e peço que vocês sugiram nos comentários.
Lembro que já existe uma lista de Filmes de Surf, que abordou este outro tema.
Aproveito para desejar boas férias e boas festas aos que acompanham o blog!


1.  A Praia (em um hotel barato em Bangcoc, Leonardo DiCaprio conhece um drogado que lhe fala sobre uma ilha paradisíaca. ele se mata logo após, mas deixa um mapa. DiCaprio então convence um casal de franceses a acompanhá-lo na aventura. eles chegam à praia, que realmente é um paraíso. são bem recebidos pelo grupo que lá está. mas logo irão descobrir que a ilha é também uma grande plantação de drogas e os traficantes os colocarão em grande perigo. um bom filme de Danny Boyle, mal recebido na época. merece uma segunda chance)


2.  Houve uma Vez um Verão - Summer of '42 (um garoto de 15 anos vai passar as férias na praia. são tempos de guerra e, para ele, de amadurecimento. lá ele conhece uma mulher mais velha, cujo marido foi mandado à guerra, e acabam tendo uma intensa relação, que só vai durar aquele verão. um filme que marcou uma geração, com destaque para a trilha lindíssima de Michel Legrand)


3.  O Sol por Testemunha (a primeira versão do personagem Tom Ripley, passado principalmente na Coté d'Azur. Alain Delon encarna o amoral Ripley, que se faz passar pelo filho de um milionário americano, que matou. uma trama intrincada e genial. dirigido por René Clement, foi o filme que tornou famosa a beleza de Delon)


4.  Tubarão (pode-se dizer que foi o primeiro 'blockbuster' do cinema americano. um enorme tubarão ataca banhistas numa praia movimentada, fazendo com que os pescadores comecem a caçá-lo com consequências trágicas. Steven Spielberg em começo de carreira já mostrava sua marca pessoal. um grande filme)


5.  Pauline na Praia (uma adolescente e sua prima, mais velha e divorciada, vão passar as férias na praia. a prima encontra um velho amigo, mas prefere ficar com um aventureiro de caráter duvidoso. em paralelo, Pauline começa a sair com um adolescente, mas os casos da prima acabam atrapalhando seu namoro. o filme tem a brilhante leveza habitual de Eric Rohmer, ganhou o Urso de Prata de direção em Berlim)


6.  E Sua Mãe Também (dois amigos de 17 anos - Diego Luna e Gael Garcia Bernal - convidam uma espanhola mais velha - a linda Maribel Verdú - para uma viagem até a praia Boca Del Cielo, mas eles não sabem como chegar e nem se a tal praia existe. no caminho a sexualidade e a amizade irão colidir)


7.  Amantes de Verão (um lindo casal americano - Peter Gallagher e Daryl Hannah - vai passar as férias na linda ilha de Santorini. lá conhecem uma linda e misteriosa arqueóloga francesa e têm um lindo e apimentado caso de amor a três. tudo muito lindo e muito 'anos 80', dirigido pelo diretor do lindo Lagoa Azul, outro lindo filme sobre uma linda praia. ah, apesar de tanta lindeza, a trilha sonora é bem legal)


8.  Houve uma Vez Dois Verões (um garoto ingênuo acredita que um dia vai encontrar o grande amor da sua vida. passando as férias na praia, ele conhece uma garota, que só pensa em ganhar dinheiro para viajar para a Austrália. juntos vivem uma intensa paixão, mas no fim das férias, ela desaparece. no ano seguinte ele volta à praia na esperança de encontrá-la. filme bonitinhoe romântico do diretor gaúcho Jorge Furtado)


9.  Crustacés et Coquillages - Crustáceos e Moluscos (uma família vai passar as férias na casa de praia. lá o filho convida o amigo gay para passar alguns dias com eles e a mãe acha normal o filho ser gay, mas ele não é. em compensação a mãe tem um amante que a segue, o pai tem um caso antigo com um encanador local, a filha namora um motoqueiro, mas no final todos acabam felizes e cantando as canções de Brigitte Bardot. bem francês, bem desencanado, bem divertido. até onde sei, ainda não chegou por aqui, mas é fácil encontrar online)


10.  A Menina do Lado (Reginaldo Farias é um jornalista de 45 anos aluga uma casa em Búzios para terminar o livro que está escrevendo. na casa ao lado está uma menina de 14 anos - Flávia Monteiro então com 14 anos mesmo - que passa as férias sozinha e o acabará conquistando, a despeito de todas as censuras sociais. o filme é de 1987, hoje em dia não creio que fosse feito desta forma)

domingo, 20 de dezembro de 2009

10 Filmes sobre Incesto



O incesto é um dos últimos tabus a serem quebrados no cinema.
É tímida a produção de roteiros que abordam o tema e, quando o fazem, geralmente é com sutileza.
Selecionei 10 filmes que abordam o tema. 
Mas atenção, esta lista está recheada de SPOILERS, pois no cinema, o incesto é geralmente um pecado escondido a ser revelado.


1.  Um Sopro no Coração (obra-prima de Louis Malle de 1971. um garoto de 15 anos, de uma família burguesa de Dijon, está na fase dá revolta e da descoberta do sexo. não se dá bem com o pai, nem os irmãos, mas adora a mãe. ele contrai escarlatina, que lhe desenvolve um problema no coração e em companhia da mãe, vai se tratar numa estância climática. lá a amizade entre eles cresce, até culminar com a iniciação sexual do garoto pela mãe, muito natural e amorosa. o filme foi vetado pela censura no Brasil por muitos anos e, quando foi liberado, teve a cena de sexo cortada)


2.  La Luna (grande filme de Bernardo Bertolucci de 1979. Jill Clayburgh é uma cantora de ópera americana, que viaja com o filho adolescente numa longa turnê na Itália. ela descobre que o filho está se viciando em heroína e, no afã de salvá-lo, aproxima-se, detonando as tensões entre eles, o que acaba levando ao incesto, que de certa forma os liberta. lindo e tenso)


3.  Tentação Proibida - Cosi Come Sei (Marcello Mastroianni é um arquiteto romano infeliz no casamento, que conhece uma jovem fiorentina - Nastassja Kinski - por quem fica atraído. porém ele descobre que ela pode ser sua filha e decide se manter afastado dela, que por seu lado procura romance com um homem que tenha a figura paterna. difícil é resistir a tentação. se ele era ou não pai não importa, o que vale é a intenção)


4.  A Marca da Pantera - Cat People (dois irmãos, Malcolm McDowell e Nastassja Kinski, descobrem ser descendentes de uma linhagem de homens-felinos, que só podem amar e se reproduzir entre si... ah! eles não são humanos. então pode! o filme é uma porcaria, mas a canção de David Bowie e a fotografia são ótimos)


5.  A Mão do Desejo - Spanking the Monkey (dirigido por David O.Russel de 3 Reis, é no mínimo polêmico. a começar pelo título, que numa tradução para o português seria algo como "descabelando o palhaço". um estudante de medicina tem que voltar para casa para cuidar da mãe, que quebrou a perna e passa por uma depressão. entre a rejeição da vizinha e o cachorro que não o deixa se masturbar, a tensão sexual entre mãe e filho cresce até eventualmente levá-los ao sexo. depois disso ele decide se matar. foi premiado em Sundance e pelo Independent Spirit)


6.  Do Começo ao Fim (uma grande decepção. o filme aguardado com ansiedade pelo seu tema polêmico e produção bem cuidada, foi recebido com paus e pedras por crítica e público. trata da relação incestuosa e gay entre dois irmãos, desde a infância até a idade adulta e a relação com os pais, mas tudo isso sem conflito, sem preconceito, sem oposições. um desperdício) 


7.  Marcas do Passado - Little Boy Blue (Ryan Philippe é um jovem que tenta proteger a família da violência do pai, um veterano do Vietnan, que agride seus filhos e sua esposa - Nastassja Kinski de novo. no passado, o pai o obrigava, sob a mira de um revólver a fazer sexo com a própria mãe. filme pesado e triste)


8.  Festa de Família (uma família se encontra para o aniversário do patriarca. com a bebida, as mágoas vêm a tona e as revelações de um dos filhos de que ele e a irmã eram constantemente estuprados pelo pai na infância, que levou a garota ao suicídio. obra-prima do movimento dogma 95)


9.  Os Sonhadores (na conturbada Paris de 1968, um jovem americano - Michael Pitt - conhece um casal de irmãos gêmeos franceses - os hoje famosos Eva Green e Louis Garrel - e se tornam amigos, dividem experiências e um triângulo amoroso. ótimo filme de Bernardo Bertolucci, baseado em suas próprias memórias)


10.  Pecados Inocentes - Savage Grace (uma bela mulher - Julianne Moore - que casou-se com um rico empresário e herdou sua fortuna. seu filho - Eddie Redmayne -, visto como um fracassado pelo pai, amadurece e torna-se a principal companhia da solitária mãe, numa relação de amor e ódio que prenuncia uma tragédia real ocorrida em 1972. bom filme de Tom Kalin)

Atualização: 01/12/2015:



11.  Geminis (numa tradicional família de Buenos Aires, dois irmãos se amam profundamente, mesmo sabendo que têm o mesmo sangue. a privacidade que buscam é evidentemente impedida pela família. uma boa ideia melhor que o filme)

12.  Teus Olhos Meus (um produtor musical em crise no relacionamento com outro homem, sai de casa e conhece um jovem músico com quem se identifica profundamente. com o tempo eles acabam tendo uma relação forte, que vai mudar a vida deles... adivinhe por que este filme está nesta lista. corajoso, com bons atores e bom roteiro, um filme incômodo que merece atenção)

13.  Lavoura Arcaica (Selton Mello é um filho desgarrado, que saiu de casa devido à severa lei paterna e o sufocamento da ternura materna. seu irmão mais velho, recebe de sua mãe a missão de trazê-lo de volta ao lar. retornando, ele quebrará definitivamente os alicerces da família ao se apaixonar por sua bela irmã. lindo filme de Luiz Fernando Carvalho, basdeado no livro de Raduan Nassar)

14.  Pai e Filho (pai e filho vivem juntos em um apartamento de cobertura. eles só têm um ao outro. ao crescer, o jovem vai para a escola militar e começa a namorar, mas não consegue afastar-se do pai, que por sua vez reluta em aceitar um emprego em outra cidade para ficar perto do filho. o filme de Aleksandr Sokurov é cheio de ambiguidades homeróticas desde a primeira cena, mas ele nunca nos deixa ter certeza de que a "maldade" está só na nossa cabeça)

15.  Chinatown (Jack Nicholson é um detetive especializado em casos conjugais, contratado por uma mulher para investigar seu marido. porém acaba conhecendo a verdadeira esposa do investigado, que é assassinado. logo percebe que está envolvido numa trama que envolve uma teia de dissimulações cujo ápice é um crime sexual de natureza incestuosa, revelada num dos diálogos mais famosos do cinema)

16.  Sangue Azul (Daniel Oliveira é um artista de circo que regressa à ilha natal de Fernando de Noronha com sua trupe, depois de 20 anos de ausência. ao voltar revê a irmã e reacende o desejo por ela. o encontro reabre antigas feridas ao questionar a mãe - Sandra Coverloni -, sobre os motivos de afastar os irmãos ao dar a guarda do menino aos 10 anos para o dono do circo. belo filme de Lírio Ferreira, com locações belíssimas)

17.  Um Hotel Muito Louco (comédia de humor negro sobre uma excêntrica família que busca o hotel perfeito para estabelecer-se. os filhos - Rob Lowe e Jodie Foster - têm uma clara relação incestuosa, que não chama a atenção dentre tantas esquisitices. dirigido por Tony Richardson baseado em livro de John Irving)

18.  Ventre (Eva Green é uma mulher inconformada com a morte de seu amor de infância num acidente de trânsito. porém, agora, ela pode tê-lo de volta através de clonagem, mas terá que lidar com as consequências disso. uma relação incestuosa bem estranha e perturbadora)

19.  Dente Canino (um casal super-protetor que decide ocultar os filhos do mundo como conhecemos ao isolá-los numa casa de campo, onde ensinam a suas “crianças” - os três já na faixa dos 30 anos - que eles não devem sair do terreno da casa até que os dentes caninos cresçam e caiam outra vez. a convivência exclusiva acaba gerando laços incestuosos entre eles. estranho, perturbador, este filme grego indicado ao Oscar de filme estrangeiro não faz questão de explicar nada, mas aos poucos vamos descobrindo o ambiente insano em que os pais inseriram os filhos. é um filme para sair pensando por dias) 

20.  Tut (minissérie sobre a história de Tutancamon, o mais jovem faraó a comandar o Antigo Egito. pouco antes de morrer, o pai o obriga a casar-se com sua irmã Ankhe e assim perpetuar o sangue puro dos regentes. mas apesar da união forçada, ela não consegue gerar um herdeiro para o trono)

Veja ainda: "10 filmes sobre Transgêneros"


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails