domingo, 28 de fevereiro de 2010

10 Filmes sobre Tragédias Naturais



Terremotos, vulcões, tsunamis, avalanches, tempestades... Parece que em 2010 o planeta está se voltando contra o ser humano... e com todo direito.
Vários filmes se aproveitaram de catástrofes para fazer grandes produções, aproveitando dezenas de astros quase aposentados, com um roteiro sempre muito similar. Poucos são os filmes que fogem à esta regra.
Esta lista traz um panorama de filmes que exploraram as tragédias naturais, mas não traz todos, portanto estejam à vontade para sugerir outros filmes de sua preferência.


1.  Vida e Nada Mais, E a Vida Continua (lindo filme iraniano de Abbas Kiarostami. após o terremoto que causou enorme destruição em 1990, no norte do país, o próprio cineasta percorre de carro os escombros em busca dos jovens atores de seu filme anterior, e moravam na região. no caminho se depara com muitas histórias de desolamento, mas também de superação. excepcional)


2.  Os Últimos Dias de Pompéia (uma das mais emblemáticas trágédias da história, tem ainda como melhor representante este filme de 1936, mas já há uma superprodução prevista para 2011. nesta versão, um guerreiro pacifista passa por diversas provações que o endurecem, até tornar-se o homem mais poderoso de Pompéia. seu filho é bom e honesto como o pai havia sido. os dois vivem em conflito, quando começa a erupção do monte Vesúvio que viria a destruir e dizimar a população da cidade)


3.  O Dia Depois de Amanhã (uma enorme camada de gelo se desprende da Antártida, que precipita uma série de fenômenos meteorológicos, cada vez mais severos por todo o planeta, rompendo todo o equilíbrio terrestre. enquanto a população maciçamente foge para o sul, o pesquisador ruma para Nova York em busca de seu filho. parece inconcebivel? cliquem e vejam esta notícia da última sexta-feira)


4.  Terremoto (os problemas cotidianos de vários personagens de Los Angeles são abalados pelo maior terremoto que a cidade já presenciou. apesar dos avisos de um jovem sismologista - estranho como eles só surgem nessas horas -, ninguém leva o perigo a sério até se concretizar. filme catástrofe típico dos anos 1970, recheado de atores famosos da época, enorme sucesso, ganhou o Oscar de som, por ser o primeiro a utilizar tecnologia surround)


5.  O Inferno de Dante (Pierce Brosnan é um vulcanologista que tenta convencer a população de uma cidade turística do perigo do vulcão local entrar em atividade, apesar de considerado extinto. o interesse privado tenta barrar o alarme, mas a tragédia acontece. agitado e até plausível)


6.  Twister (uma equipe de caça tornados aguarda a chegada da temporada de ventos para testar aparelhos que ajudarão a prever furacões. no caminho, um enorme rastro de destruição no estado de Oklahoma, bastante conhecido dos americanos. aventura de perder o fôlego) 


7.  Krakatoa, o Inferno de Java (típico filme das antigas sessões da tarde. aventureiros tentam caçar tesouros na costa da ilha de Krakatoa em Java, ao mesmo tempo em que o vulcão entra em erupção e perigosos prisioneiros se rebelam na ilha. feito em cinerama, para ser projetado em 3 telas simultâneas. apesar de baseado na história real do vulcão que explodiu e a ilha que deixou de existir, tem um roteiro muito fraco, cheio de furos)


8.  São Francisco, A Cidade do Pecado (clássico de 1936, mostrando a agitada vida cultural e social da cidade, quando em 1906 são surpreendidos por um grande terremoto, que arrasou a cidade. indicado a 6 Oscars, incluindo melhor filme, ganhou o prêmio de melhor som. tem no elenco estrelas como Clark Gable, Jeanette MacDonald e Spencer Tracy)


9.  Armageddon (embora não me pareçam desastres assim tão naturais, os meteoros, asteróides e afins caindo no planeta produziram vários filmes, dos quais destaco o mais bem sucedido deles. após uma chuva de meteoritos, a NASA descobre que um meteoro do tamanho do Texas está vindo em nossa direção. a solução é mandar um ônibus espacial - comandado por Bruce Willis - instalar uma bomba nuclear no meteoro e destruí-lo)


10.  Superman (vão me atirar pedras... mas este é um dos filmes mais didáticos sobre a falha de San Andreas, que assusta toda a costa oeste americana. trata-se de uma falha geológica que delimita a separação das placas do Pacífico e Norte-Americana e pode provocar grandes terremotos. no filme, o Superman - Christopher Reeve - entra sob a terra e conserta a falha, evitando uma grande tragédia... ai ai)

sábado, 27 de fevereiro de 2010

10 Filmes sobre Loterias


Mais uma vez, o prêmio da Mega Sena está acumulado, o que faz milhões de brasileiros sonharem acordados com o tamanho do prêmio.
Desde sempre, os sorteios e loterias ajudam a anestesiar a nossa ganância natural, ainda que todos saibamos o quâo ínfimas são as nossas possibilidades.
O cinema explorou em alguns filmes este tema, dos quais selecionei 10 exemplos.


1.  A Fortuna de Ned (numa cidadezinha da Irlanda, um homem morre do coração ao saber que ganhou sozinho na loteria.  dois velhos amigos acham o corpo e fazem um plano mirabolante para se passar pelo morto e ficar com o prêmio, pois consideram-se os legítimos herdeiros. mas toda a cidade quer seu pedaço. uma ótima comédia)


2.  A Festa de Babette (provavelmente o melhor e mais singelo uso de um bilhete de loteria no cinema. uma francesa refugiada na Dinamarca, trabalha cozinhando para duas senhoras. quando ela ganha um prêmio da loteria, decide fazer um jantar em homenagem ao centenário do pai delas, o falecido pastor da comunidade e manda trazer os melhores ingredientes imagináveis para um banquete inesquecível, uma celebração à arte e à vida. ATENÇÃO SPOILER ao final, quando esperam que ela se despeça e volte à França, ele conta que usou todo o dinheiro no jantar e que não tem porque voltar. lindíssimo ganhador do Oscar de filme estrangeiro em 1987)


3.  Atraídos pelo Destino (Nicolas Cage é um policial de Nova York, que promete uma gorjeta milionária a uma garçonete - Bridget Fonda -, caso ganhe na loteria. ele ganha e, para desespero de sua esposa, cumpre a promessa dividindo com ela 4 milhões de dólares. a esposa leva o caso ao tribunal e o policial leva a garçonete. bobo, mas bonitinho)


4.  Virado para a Lua (na véspera de Natal, Frank, um ítalo-americano do Brooklin, amaldiçoado pela sorte, ganha um prêmio de 6,2 milhões de dólares na loteria de Nova York, mas não fica nada contente com isso. através de flash-backs ficamos sabendo que seu pai é um tremendo azarado e tem dívidas com os mafiosos, e o prêmio só vai lhes trazer problemas. baseado numa história real, é uma comédia complicada, mas simpática)


5.  E o Bicho Não Deu (comédia de 1958, estrelada por Grande Otelo e Ankito. um detetive tenta desmontar um centro de jogo do bicho, instalado numa floricultura. após uma pancada na cabeça ele fica com amnésia e chega a pensar que é o bicheiro. humor ingênuo sobre a loteria popular do brasileiro)


6.  Bilhete Premiado (John Travolta é um meteorologista de televisão, que está em sérios apuros financeiros. para solucioná-los, monta um esquema com amigos e com a namorada - Lisa Kudrow -, que é garota quem sorteia os números da loteria, para que ele seja o premiado.  claro que não vai ser tão fácil)


7.  Ouro e Maldição - Greed (um filme mudo e lendário de Erich von Strohein, feito em 1924. dele restaram apenas o mito e algumas cenas, suficientes para atestar sua genialidade. na trama, um homem tenta mudar de vida e torna-se dentista, mesmo sem formação acadêmica. logo ele perde a licença, ao mesmo tempo em que sua mulher ganha um prêmio na loteria e torna-se uma avarenta. angustiado e embriagado, ele mata a esposa e parte para o deserto com o dinheiro, mas o primo dela vai atrás, também em busca do prêmio. ganância pura)


8.  O Céu de Sueli (a mais simples das formas de loteria e o mais prosaico dos prêmios. de volta a sua cidade natal, no interior do Ceará, uma garota - a excelente Hermila Guedes - decide rifar o próprio corpo para poder comprar sua passagem de ônibus e voltar a São Paulo, atrás do namorado que a abandonou. ótimo filme de Karim Ainouz) 


9.  Jogo Infernal (um jovem encontra uma carteira na rua, onde está um bilhete premiado de loteria. o destino o fará encontrar o dono da carteira e da fortuna, mas o bilhete estará em jogo numa mesa de poker, onde os jogadores nunca sabem o tamanho da aposta. um filme pouco conhecido, mas bem interessante, com Ryan Reynolds e James Earl Jones no elenco)


10.  Boccaccio'70: A Rifa (longa em 4 episódios, extraídos do Decamerão de Boccaccio. no útimo conto, dirigido por Vittorio De Sica, Sophia Loren é uma garota que trabalha no stand de tiro ao alvo de um parque de diversões. para ajudar nas despesas da irmã que está grávida, decide fazer uma rifa, onde o prêmio é ela própria. todos os homens da comunidade se apressam em comprar seus números, mas quem acaba ganhando é um tímido sacristão. divertido e cinicamente casto)


Agradeço a ajuda do g_jareta do twitter pela lembrança do ótimo número 10... 

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

10 Filmes de Suicídio



O suicídio é o ato mais extremo que o ser humano pode ter.
O ato de tirar deliberadamente a própria vida desperta as mais diversas percepções, dependendo dos fatos e da cultura onde está inserido.
O cinema se utilizou largamente do tema, através de tentativas bem ou mal sucedidas, ou outras vezes apenas encenadas.
Esta lista traz 10 filmes onde o suicídio tem um peso grande na trama, mas com abordagens diferentes. Estejam à vontade para sugerir outros títulos.

Aviso: Esta lista contém alguns SPOILERS, pois os suicídios nem sempre são óbvios na trama.

1.  As Virgens Suicidas (na década de 1970, um casal religioso reprime e protege suas 5 filhas adolescentes dos perigos dos garotos da vizinhança, até que a mais jovem de 13 anos, após uma tentativa frustrada, se suicida na entrada de casa. a rigidez dos pais vai se afrouxando, mas as garotas continuam a ir em direção ao seu destino trágico. ótimo e surpreendente longa de estreia de Sofia Coppola)

2.  Vôo United 93 (dois lados do suicídio, o ideológico dos terroristas, dispostos a derrubar o avião sequestrado em nome de uma causa e o heróico, dos passageiros que sabem que terão que morrer, para evitar uma tragédia maior. excelente filme de Paul Greengrass, o melhor feito sobre o atentado de 11 de setembro de 2001 até aqui. curioso notar como o mundo era mais simples e menos paranóico há nem tanto tempo atrás)

3.  Mishima, uma Vida em Quatro Tempos (biografia do controverso escritor e dramaturgo japonês Yukio Mishima - vivido pelo ótimo Ken Ogata -, relacionando suas obras com fases importantes de sua vida, culminando com seu suicídio ritual, sendo decapitado por um assistente após cortar o próprio abdomem com uma espada. o filme, realizado por Paul Schrader, até hoje tem exibição restrita no Japão. uma obra visualmente bela e sofisticada)

4.  O Inquilino (um polonês - Roman Polanski, também o diretor -, vivendo na França, aluga um apartamento em um estranho prédio, onde os vizinhos idosos o olham com desconfiança e desprezo. logo ele descobre que a inquilina anterior - Isabelle Adjani - era uma bela jovem, que cometeu suicídio naquele local. o clima inamistoso e o "fantasma onipresente" da garota o fazem ficar paranóico, achando que os vizinhos querem matá-lo)

5.  A Ponte (bom documentário indicado ao Oscar em 2006. tem como tema a ponte Golden Gate de San Francisco, um dos principais cartões postais da América e também o local com o maior índice de suicídios no mundo. durante um período de 2004, o diretor Eric Steel flagrou 20 suicídios e não apenas os documentou, como foi atrás das causas em depoimentos de familiares e amigos)

6.  Uma Vida Iluminada (um americano de origem judia-ucraniana - Elijah Wood -, vai atrás do passado de seus ancestrais, numa visita à Ucrânia. lá é ciceroneado por um jovem guia e seu avô, que se diz cego e tem até um cão-guia, mas é o motorista do grupo. a comovente volta no tempo acaba envolvendo também o idoso, que fora profundamente marcado pela guerra e pelas mesmas pessoas. aqui o suicídio - que não vou descrever - é um ato de libertação e alívio. bonito e estranho filme dirigido por Liev Schreiber)

7.  Paradise Now! (amigos de infância, dois palestinos são recrutados para servirem de homens-bomba num atentado em Tel Aviv. depois de passar com as famílias o que seria a última noite de suas vidas, seguem para a missão, mas acabam se separando, com bombas escondidas em seus corpos. agora eles devem seguir seus destinos e defender suas convicções. uma visão calorosa da estranha rotina dos atentados suicidas, justificados pela guerra religiosa)

8.  Mar Adentro (um homem inteligente e tetraplégico - Javier Barden -, preso a uma cadeira de rodas há 28 anos, luta pelo direito de tirar a própria vida, o que lhe causa problemas com a família, a igreja e a justiça. um libelo pelo direito à eutanásia, num filme comovente e muito bem interpretado)

9.  Ensina-me a Viver (um rapaz de 20 anos, muito tímido, é obcecado por funerais e pela idéia de cometer suicídio, o qual vive ensaiando. até conhecer uma senhora de 79 anos, vigorosa, que lhe ensina a ter gosto pela vida e decide se casar com ela. uma comédia de humor negro, que brinca com o suicídio, dirigida por Hal Ashby em 1970)

10.  Gente Como a Gente (depois de perder o irmão, num acidente de barco, um jovem - Timothy Hutton - tenta o suicídio, cortando os pulsos e acaba marcado por isso, traumatizando seus pais ainda mais. ele começa a se tratar com um psiquiatra, apaixona-se por uma garota, mas sua recuperação é atrapalhada pela morte de uma amiga da reabilitação. um filme muito triste, estreia de Robert Redford na direção, que lhe valeu seu Oscar, além de melhor filme, roteiro e ator coadjuvante para Hutton)

Atualização (25/03/2013):

11.  Gosto de Cereja (obra-prima do cinema, dirigida pelo mestre iraniano Abbas Kiarostami. um homem percorre uma montanha nos arredores de Teerã, em busca de alguém que aceite um trabalho simples por um bom pagamento. cobrir uma cova já aberta depois que ele se suicidar. humano, comovente, genial. vencedor daPalma de Ouro em Cannes 1997

12.  A Pequena Loja doe Suicídio (num mundo imerso em depressão e desesperança, uma família mantém há gerações uma loja em Paris especializada em vender materiais para os suicidas. uma inesperada e divertida animação musical, feita para 3D, dirigida pelo veterano Patrice Leconte)


Veja ainda: "10 Filmes sobre Chocolate"

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

10 Filmes sobre a Revolução Francesa



A revolução francesa foi um conjunto de acontecimentos ocorridos entre 5 de maio de 1789, com a queda da Bastille e 9 de novembro de 1799, com o golpe de estado do 18 Brumário por Napoleão Bonaparte.
Este período mudou o mundo e a relação entre os seres humanos, A revolução marcou o início da Idade Contemporânea. Sua filosofia aboliu a servidão e os direitos feudais e proclamou os direitos universais de "Liberdade, Igualdade e Fraternidade".
Apesar disso, não existem tantos bons filmes quanto o tema mereceria., mas selecionei 10 bons exemplares nesta lista.


1.  Danton (dirigido pelo polonês Andrzej Wajda, é o melhor drama sobre a revolução. foca na história do líder revolucionário Danton - Gerard Depardieu - e seu confronto pós-revolução com o ex-aliado Robespierre - o fantástico Woyciech Pszoniak -, agora no poder. contando com o apoio popular, acaba, traído, indo a julgamento)


2.  La Revolution Française (minissérie comemorativa dos 200 anos da revolução em 1989, dividida em duas partes, para ser exibido no cinema. traz Klaus Maria Brandauer no papel de Danton e Jane Seymour como Maria Antonieta. tenta ser correto historicamente, mas não foi um grande sucesso, nem mesmo na França. existe em dvd)


3.  Maria Antonieta (a versão de 1938, com Norma Shearer e Tyrone Power é uma visão adocicada e romanceada de uma das figuras mais emblemáticas do fim da realeza na França. uma linda princesa austríaca é levada à Versailles para casar-se com o futuro rei, Luis Aufusto, mas apaixona-se por um conde e terá que optar pelo coração ou a realeza. bem, como todo mundo sabe, ela acaba rainha e na guilhotina. esta história foi refilmada em tom pop, por Sofia Coppola em 2006)


4.  Casanova e a Revolução - La Nuit de Varennes (um curioso road-movie de Ettore Scola, contando a revolução sob o ponto de vista dos passageiros de uma carruagem que se dirige a Varennes, na mesma rota por onde o rei Luis XVI estava se deslocando, para escapar dos insurgentes. entre os passageiros estão um escritor controverso, uma condessa, uma cortesã da rainha, um ativista político americano e até o envelhecido sedutor Casanova - Marcello Mastroiani. interessante)


5.  A Queda da Bastilha (baseado no romance de Charles Dickens, "A Tale of Two Cities", conta a história de um triângulo amoroso em meio aos turbulentos tempos da revolução. um emigrante francês é acusado de espionagem e defendido por um advogado inglês, que se apaixona pela noiva do acusado. um bom filme, em sua primeira versão de 1935)


6.  O Pimpinela Escarlate (na França do século XVIII, um aristocrata - Leslie Howard - leva uma vida dupla. passa-se por um nobre afetado e patético, mas trama secretamente e usando disfarces, para livrar a nobreza e a população do reinado de terror imposto por Robespierre, que teria decapitado mais de 15 mil pessoas na guilhotina. esta versão de 1935 teve continuações e várias refilmagens)


7.  Scaramouche (pouco antes da revolução, a rainha Marie Antoinette pede ao seu primo marquês, que descubra a identidade de um panfleteiro que está atacando a imagem da nobreza. exímio espadachim, o primo mata o homem, mas deixa escapar seu amigo, que refugi-se em uma companhia teatral, onde vive sob a máscara de um bufão, enquanto treina para vingar a morte do amigo. capa-espada de primeira, dirigido por George Sidney em 1952)


8.  Napoleão (este clássico do cinema mudo, de 1927, dirigido por Abel Gance ainda é a melhor biografia de Napoleão Bonaparte. feito para ser a primeira de 6 partes - que nunca foram realizadas -, mostra desde a infância, sua evolução como estrategista militar e sua efetiva participação na revolução francesa. o filme foi inovador ao utilizar nos últimos 20 minutos, além das cenas panorâmicas, outras montagens em 3 telas simultâneas. inovador)


9.  Mercenários Num Reino em Chamas (antes da revolução, numa família aristocrática,  nascem dois irmãos gêmeos - Donald Sutherland e Gene Wilder - e ao mesmo tempo nascem numa família pobre, outros gêmeos - os mesmos atores. graças a uma confusão os bebês são trocados. quando começa a revolução, o rei convoca os nobres a lutar e os pares de gêmeos estarão em lados opostos da batalha. comédia até divertida)


10.  A Marselhesa (um filme feito em tom documental por Jean Renoir em 1938. mostra através de vários personagens, dos cidadãos de Marselha, condes e do rei Luis XVI, os fatos que levaram à revolução e à criação do hino nacional francês de mesmo nome.  

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

10 Filmes de Dança



Eu fujo de fazer listas cujo tema tenha muitos exemplos e comportam centenas de filmes, mas os filmes de dança vem sendo sugeridos há bastante tempo, então vamos a eles.
A dança é uma das artes cênicas da antiguidade e compõe com a música a tradução cênica da mensagem.
As primeiras imagens filmadas já traziam cenas de dança, sempre energéticas e, aos poucos, foi se sofisticando, em filmes envolventes.
Esta lista traz um pouco de cada época, por isso que comentem sugerindo novos títulos, que complementem estes exemplos, aumentando as opções para nossos leitores.
Aqui estão 10 filmes sobre dança, em ordem cronológica.


1.  O Picolino - Top Hat (1935. Fred Astaire é um dançarino americano em Londres, que ensaia seu número de sapateado num quarto de hotel e acaba incomodando a vizinha de baixo - Ginger Rogers, claro - e, entre muitas confusões, se apaixonam. lindas canções de Irving Berlin e alguns dos melhores números de dança da mais famosa dupla de dançarinos do cinema)


2.  Mordedoras de 1935 - Gold Diggers of 1935 (1935. num hotel de luxo, um diretor de cena prepara um show para poder pagar suas dívidas. uma rica viúva está financiando o show, para conseguir um bom casamento para a filha. um roteiro bobo, que serve como pano de fundo para os números musicais espetaculares de Busby Berkeley em sua estreia como diretor. a canção "Lullaby of Broadway" ganhou o Oscar daquele ano)


3.  Sapatinhos Vermelhos (1948. uma famosa companhia de dança está montando a peça "Sapatinhos Vermelhos", adaptado da obra de Hans Christian Andesen. a bailarina selecionada tem seu coração dividido entre o compositor e o rico produtor. o espetáculo faz um grande sucesso, mas o triângulo amoroso aparece claramente na apresentação, numa lindíssima sequência de balé de 17 minutos. uma preciosidade inglesa, dirigida por Michel Powell e Emeric Pressburger, ganhadora dos Oscars de direção de arte e trilha) 


4.  Cantando na Chuva (1952. um dos filmes com mais alto-astral da história do cinema. conta a história de uma produtora de cinema com dificuldades para migrar dos filmes mudos para os sonoros. os números musicais concebidos pelo próprio astro Gene Kelly, que co-dirigiu com Stanley Donen estão entre os melhores já feitos, com destaque para o próprio Kelly e para Donald O'Connor subindo pelas paredes. genial! obra-prima!)


5.  A Noite dos Desesperados (1969. um dos filmes com mais baixo-astral da história do cinema. durante a grande depressão em 1929, as pessoas faziam qualquer coisa para ganhar uns trocados. até participar de uma desumana maratona de dança onde o último casal a cair exausto ganhava o prêmio, mesmo que isso representasse a morte do vencedor. Oscar merecido para o coadjuvante Gig Young e outras 8 indicações, no melhor filme de Sydney Pollack, estrelado por Jane Fonda)


6.  Os Embalos de Sábado à Noite (1977. John Travolta é Tony Manero, um jovem do Brooklin, que trabalha durante a semana numa loja de tintas, mas nos finais de semana, se mostra um exímio dançarino de discoteca, que irá participar de um grande concurso de dança e vencê-lo, claro. um dos personagens mais icônicos do cinema, influenciou mais de uma geração e continua sendo referência)


7.  Dirty Dancing, Ritmo Quente (1987. nos anos 1960, uma garota de 17 anos está em férias com a família num hotel. quando ela ouve uma música vinda do alojamento dos empregados, sente-se atraída e vai até eles e conhece o experiente instrutor de dança do hotel - Patrick Swayze - por quem se apaixona. a dança sensual e a história de amor fizeram milhões de mocinhas suspirar)


8.  Vem Dançar Comigo - Strictly Ballroom (1992. Paul Mercurio é um campeão de dança de salão, que para o desagrado dos dirigentes da federação de dança, mais tradicionais, resolve criar seus próprios movimentos. desprezado pela parceira, por causa de seus passos "espalhafatosos", ele aceita um novo par para disputar a maior competição do continete, a Pan-Pacific. surpreendente, kitsch e vibrante filme australiano, que fez enorme sucesso em todo mundo)


9.  Billy Elliot (2000. um garoto de 11 anos - Jimmy Bell - de uma pequena cidade mineira inglesa, resolve aprender ballet, escondido do pai, que pensa que ele está treinando boxe na mesma academia, como os outros garotos. a professora descobre nele um talento natural e o incentiva, mesmo contra todas as dificuldades e do preconceito. um dos olhares mais amorosos pela dança, que o cinema já produziu. lindíssimo)


10.  De Corpo e Alma (2003. Neve Campbell é uma talentosa bailarina, que entra em crise quando se torna a estrela principal de uma grande companhia. um painel dos bastidores e das apresentações do grupo, vista pelos olhos de Robert Altman, num de seus melhores filmes)


Listas correlacionadas: 10 Filmes de Carlos Saura, 10 Musicais do Século 21

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails