quarta-feira, 24 de março de 2010

10 Filmes de Akira Kurosawa



Akira Kurosawa foi o mais famoso cineasta do Japão e um dos maiores da história do cinema.
Legítimo descendente de antigos samurais, Kurosawa começou a carreira como desenhista de story-boards, que eram verdadeiras pinturas.
Levou sua visão artística aos filmes, o que fazia de cada plano uma obra de arte.
Morto em 1998, Kurosawa estaria completando este mês 100 anos de idade e nos deixou um legado de grandes filmes e roteiros.
Esta lista traz 10 de seus filmes, em ordem cronológica.


1.  Rashomon, às Portas do Inferno (1950. o filme descreve através de quatro relatos diferentes, um assassinato e um estupro. as versões são contadas pelo ponto de vista do bandido, de um lenhador junto com um sacerdote, da mulher do samurai, que foi estuprada e do próprio samurai assassinado, através de um médium. um filme inovador, muitas vezes copiado, com roteiro do próprio Kurosawa. ganhou um Oscar honorário de filme estrangeiro, quando ainda não existia a categoria)


2.  Viver (1952um homem exerce burocraticamente seu trabalho dia após dia, sem se envolver com os colegas e sem qualquer alegria. até que descobre que tem câncer e acorda para a vida. em busca de um sentido para sua existência, constrói um playground no seu bairro. obra-prima)


3.  Os Sete Samurais (1954no século XVI, camponeses cansados dos ataques de bandidos, contratam um grupo de 7 ronins - samurais sem mestres - para defender sua vila. e, cada um com sua história, acaba se envolvendo com a comunidade. outra obra-prima)


4.  Yojimbo, o Guarda Costas (1961. Toshiro Mifune, seu ator mais frequente, é um samurai desempregado chega a uma cidade a procura de trabalho. descobre que a cidade está dividida entre dois gangsters do jogo e oferece seus trabalhos de guarda-costas para ambos, em busca da melhor oferta, envolvendo-se em batalhas sangrentas. ação, lutas, violência e humor negro muitos anos antes de Tarantino)


5.  Dodeskaden, o Caminho da Vida (1970. primeiro filme em cores de Kurosawa, influenciado pelos mestres cubistas Mondrian e Kandiski. mostra o cotidiano de uma favela - !!! - em Tóquio com episódios e personagens que se cruzam, entre eles o maquinista de um trem imaginário, que imita o som das rodas sobre os trilhos, dodes'ka den... dodes'ka den. um filme comovente)


6.  Dersu Uzala (1975. na minha opinião, um dos melhores filmes da história do cinema e o melhor de Kurosawa. um cartógrafo do exército russo czarista, numa expedição para estudar a topografia da Sibéria, é ajudado por um guia local, que compreende bem a natureza e se torna seu amigo. após uma forte depressão, seguida de uma tentativa de suicídio em 1971, Kurosawa encontrou na Rússia, condições de voltar a filmar e produzir sua obra-prima) 


7.  Kagemusha, a Sombra do Samurai (1980. no bélico Japão do século XVI, um grande senhor à beira da morte, após ser alvejado, pede que lhe consigam um sósia, um kagemusha, para aparecer em seu lugar e desmentir os boatos de sua morte, assim evitando os ataques de seus inimigos. fotografia e direção de arte de uma beleza incríveis)


8.  Ran (1985. no Japão do século 16, um senhor feudal decide dividir suas posses entre os três filhos. os dois mais velhos se tornam rivais e começam a lutar pelas terras, colocando em risco o patrimônio todo. o mais novo fica ao lado do pai e é banido pelos irmãos. baseado no Rei Lear de William Shakespeare. lindíssimo)


9.  Sonhos (1990. dividido em oito histórias oníricas, inspiradas em ledas e sonhos do próprio diretor. 'um raio de sol através da chuva', 'o jardim das pessegueiras', 'a tempestade', 'o túnel', 'corvos', 'monte fuji em vermelho', 'demônio que chora' e 'o vilarejo dos moinhos'. fotografia genial, um dos filmes mais bonitos do cinema)


10.  Madadayo (1993. todos os anos, um professor de literatura alemã aposentado, recebe a visita de seus antigos alunos para matar as saudades, num ritual que o prepara para a morte e renova a vida. eles lhe perguntam: "mada kai?" - pronto? - e ele lhes responde:"mada-dayo" - ainda não, significando que eles terão que aguentá-lo por mais um ano. linda parábola de Akira Kurosawa, que faz falta e poderia ter continuado por mais alguns anos entre nós, respondendo ele mesmo "mada dayo")


Listas correlacionadas: 10 Filmes Japoneses, 10 Filmes de Artes Marciais

8 comentários:

  1. Meu preferido é Os Sete Samurais. E admito que gosto mais de Sanjuro do que de Yojimbo.

    ResponderExcluir
  2. Garota,
    Tenho que te confessar... eu não vi Sanjuro (a continuação de Yojimbo), mas vou procurar corrigir esta falha.
    Obrigado pelo comentário!
    Abs!!!

    ResponderExcluir
  3. "Rashomon" para mim é o precursor de "Corra Lola, Corra".
    Assitam, é sublime!
    Saudações

    ResponderExcluir
  4. cara, tu manja muito mesmo. Estou adorando esse site,embora meus conhecimentos sobre cinema estão muito longe de serem bons...mas Akira é um dos meus favoritos. Eu te pergunto. Cadê Lanternas Vermelhas?

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernanda,
    Lanternas Vermelhas não é do Kurosawa, é do chinês Zhang Yimou. Um belo filme, sem dúvida, mas nem japonês é.
    Abs!!!

    ResponderExcluir
  6. Nossa, qto mais me aprofundo nesse blog, mais feliz fico com tanta coisa boa e que a gente nem imagina que existe.Parabéns Armando....como kjá disse, vc é o cara!!!Obrigada mesmo

    ResponderExcluir
  7. todas sus películas son muy buenas. Excelente el maestro Kurosawa.

    ResponderExcluir
  8. Rashomon e Dersu Uzala estão disponíveis no you tube!

    ResponderExcluir

Todo comentário do Listas de 10 será moderado para evitar abusos.
Por isso mesmo, não são publicados imediatamente. Seja paciente!
Ao final de seu comentário, identifique-se! É chato conversar com anônimos.
Obrigado!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails