quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

10 Filmes de Marilyn Monroe




Marilyn não estava interessada em dinheiro, o que ela sempre quis foi a fama. E chegou lá fazendo o que fosse necessário.
Como era costume em sua época, muitas histórias tristes foram inventadas para amenizar seu passado, mas é certo que ela passou por muitos sofás de Hollywood (e de Nova York e de Washington...) até conseguir seus primeiros papéis de destaque.
Quando conseguiu, ficou fácil, a câmera simplesmente a adorava, poucos artistas na história fotografavam tão bem. Bem direcionada pela 20th Century Fox, foi um estrondoso sucesso de marketing.
Já para quem a dirigia, a vida não era tão fácil. Suas exigências, seus atrasos e desaparecimentos, suas dificuldades para lembrar as falas (chegava a fazer 50 takes para acertar uma linha de texto), levaram Billy Wilder a dizer que a Academia lhe devia um Oscar apenas por ser o único a suportar dirigi-la em 3 filmes.
Nos seus últimos anos, estava obcecada pela idéia de se tornar primeira-dama, já não se cuidava, seu apartamento estava sempre imundo e sua dieta era à base de pílulas variadas e champagne. Foi-se a mulher, ficou o mito.
Selecionei os 10 filmes que considero os mais relevantes da diva...


1.  Quanto Mais Quente Melhor (1959. na Chicago de 1929, dois músicos desempregados - Jack Lemmon e Tony Curtis - presenciam o massacre de São Valentim e, para escapar dos gangsters, se infiltram num grupo musical feminino que está indo para Miami disfarçados de mulher. Tony acaba se apaixonando pela cantora Sugar - Marilyn -, que pensa se tratar de uma mulher e, para complicar, um milionário se apaixona pela disfarce de Jack. o melhor filme de Marilyn e um dos melhores de Billy Wilder. clássico!)


2.  O Pecado Mora ao Lado (1955. o título original "A Coceira dos Sete Anos" descreve bem o filme. um escritor sente-se solteiro, quando a mulher e o filho saem em viagem. e é justamente quando uma jovem e bela aspirante a atriz - Marilyn - torna-se sua vizinha. ele cairá ou não em tentação? a famosa cena do vento levantando seu vestido foi feita em estúdio, mas numa jogada genial, foi simulada uma gravação de madrugada em Nova York, que atraiu uma multidão, flashs e muita publicidade gratuita)


3.  Os Homens Preferem as Loiras (1953. Jane Russell e Marilyn são duas belas dançarinas, que embarcam num cruzeiro para Paris, bancado pelo noivo da primeira. porém seu sogro contrata um detetive para comprovar sua infidelidade, causando uma série de confusões. Marilyn foi escalada em lugar da estrela Betty Grable por ser mais barata e acabou consagrada com a canção "Diamonds are the Girl's Best Friend") 


4.  Adorável Pecadora (1960. ao descobrir que será alvo de sátira numa peça de teatro, um milionário - Yves Montand -, vai assistir aos ensaios disfarçado e conhece uma atriz iniciante - Marilyn -, que o ensina que o amor não pode ser comprado - hahaha. George Cukor quase enlouqueceu com Marilyn neste filme. ela estava grávida - acabou perdendo o bebê - e teve que ser filmada em closes. seu marido Arthur Miller reescreveu o roteiro para aumentar seu papel, o que fez Gregory Peck desistir do projeto. ela teve um caso com Montand, que também era casado. enfim... um horror, mas o que importa é que o filme deu lucro) 


5.  Como Agarrar um Milionário (1953. Marilyn, Lauren Bacall e Betty Grable são três belas - belas mesmo - mulheres que, cansadas de namorados sem dinheiro, alugam um belo apartamento em Manhattan para atrair maridos ricos. mas o dinheiro vai acabando e, pior, elas só se interessam por homens pobres. pura ficção!) 


6.  Nunca Fui Santa - Bus Stop (1956. um cowboy ingênuo e rústico, se apaixona por uma cantora de saloon, sem saber nada sobre ela. ele quer casar e levá-la para seu rancho, contra sua vontade. ela então foge para o Arizona tentar a carreira artística, mas ele a persegue até uma parada de ônibus. pela primeira vez Marilyn recebeu elogios como atriz e Don Murray foi até indicado ao Oscar. em Portugal, o título foi traduzido como: "Paragem de Autocarro") 


7.  O Inventor da Mocidade (1952. Cary Grant é um cientista que desenvolve uma fórmula de juventude e está testando em chimpanzés, Ginger Rogers é sua esposa, que o auxilia. até que a sua cobaia macaquinha despeja a fórmula no bebedouro do laboratório e eles a tomam. Marilyn já começava a aparecer, ainda coadjuvante, como a bela secretária do cientista, que tem uma queda por ele)


8.  Torrentes de Paixão (1953. o casamento de Rose e o marido - Marilyn e Joseph Cotten - vai indo de mal a pior. em férias nas cataratas do Niágara, conhecem outro casal que está numa segunda lua de mel. casualmente a mulher descobre que Rose não só tem um amante, como que eles pretendem matar o marido. um papel diferente, quando ainda não haviam encontrado o estilo de Marilyn)


9.  O Príncipe Encantado (1957. Laurence Olivier faz um nobre europeu, arrogante, que é conquistado por uma exuberante corista americana. Olivier foi ao inferno dirigindo este primeiro filme produzido por Marilyn, sobre o qual ela tinha controle, mas por contrato não poderia demiti-lo. o roteiro foi refeito pelo marido Arthur MIller, alterando o que deveria ser um musical. além disso, Marilyn faltava constantemente às filmagens, sofreu mais um aborto e não conseguia decorar suas falas, diz a lenda que teve que repetir 57 vezes a fala "Onde está meu bourbon?". traumatizado, Olivier abandonou a direção de cinema, só voltando a fazê-lo vários anos mais tarde) 


10.  Os Desajustados (1961. Marilyn é uma mulher sensível, recém divorciada, que vai morar com um cowboy - Clark Gable -, que para ganhar algum dinheiro vai, junto com o amigo - Montgomery Clift -, caçar cavalos selvagens para serem abatidos. um filme amargo e triste de John Huston. último filme de Gable, que morreu 3 semanas após as filmagens. último filme completo de Marilyn, que se perdeu nas drogas)  

7 comentários:

  1. muito bom, adorei o post!

    ResponderExcluir
  2. ainda não sei se prefiro some it like hot ou bus stop!
    marilyn não deveria ter partido tão cedo!

    ResponderExcluir
  3. Gentee Alguem sabe quandoo vao lançar o filme em Homenagem á ela?

    ResponderExcluir
  4. Tenho todos e mais seis que não estão na lista,faltam comprar mais cinco para ter a coleção completa,para quem tem bom gosto,vale a pena assistir.katia carvalhaes.

    ResponderExcluir
  5. ela realmente estar ótima em Nunca Fui Santa merecia uma indicação ao oscar. Só não ocorreu por pré-conceito. Hoje em dia o Oscar não tem mais esse poder todo.

    ResponderExcluir
  6. Só assisti "O pecado mora ao lado" . Mudando de assunto, estou hoje garimpando o site há algum tempo e não vi nenhuma referência a Ava Gardner.
    B.M

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi B.M.,
      É verdade, existem poucas citações da Ava. Uma na lista da Grace Kelly e outra na de Paródias, porque ela aparece em 'Cliente Morto Não Paga' em imagens de arquivo.
      Deve haver algum filme dela na lista de Filmes Noir também.
      Abs!!!

      Excluir

Todo comentário do Listas de 10 será moderado para evitar abusos.
Por isso mesmo, não são publicados imediatamente. Seja paciente!
Ao final de seu comentário, identifique-se! É chato conversar com anônimos.
Obrigado!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails