quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

10 Filmes de Ingmar Bergman



"O cinema não é um ofício. É uma arte. Cinema não é um trabalho de equipe. O diretor está só diante de uma página em branco. Para Bergman estar só é se fazer perguntas; filmar é encontrar as respostas. Nada poderia ser mais classicamente romântico". (Jean-Luc Godard, "Bergmanorama", Cahiers du cinéma, Julho/1958)
Ingmar Bergman nasceu em 1918 em Uppsala, na Suécia, filho de um rígido pastor. Na Universidade de Estocolmo, interessou-se por teatro, escrevendo sua primeira peça aos 23 anos. Seu primeiro filme, 'Crise', foi feito aos 27 anos.
Criou um cinema intimista e existencial, onde as relações humanas, a solidão e a morte estavam diretamente ligados. 
Experimentou tanto construções lineares quanto as fragmentadas, desenvolvendo seu próprio estilo, que influenciou gerações de cineastas.
Bergman era fiel aos seus colaboradores. No genial fotógrafo Sven Nykvist, encontrou sua luz. Em Liv Ullman, Max Von Sydow, Ingrid Thulin, Bibi Andersson e Erland Josephson - todos em mais de dez filmes - encontrou sua voz.
Esta lista de 10 filmes traz apenas uma amostra da obra do mestre, falecido em 2007 e que dirigiu 63 obras, todas dignas de serem admiradas.


1.  O Sétimo Selo (1957. ao voltar das cruzadas, um cavaleiro - Max VonSydow - encontra uma Suécia devastada pela peste negra. sua fé em deus é sensivelmente abalada e, enquanto reflete sobre o significado da vida, a morte vem buscá-lo. tentando ganhar tempo ele a desafia para um jogo de xadrez, que valerá sua vida. mas a morte nunca perde. genial)


2.  Morangos Silvestres (1957. um velho professor viaja de carro. com sua nora, para receber uma homenagem na universidade onde lecionou por 50 anos. no caminho conhece pessoas, que o fazem reviver momentos de sua vida, marcada pela frieza e confrontar o próprio vazio de sua existência. Urso de Ouro em Berlim e diversos outros prêmios) 


3.  A Fonte da Donzela (1960. na Suécia rural do século 14, a população se dividia entre o paganismo e o cristianismo. um casal muito religioso manda sua filha de 15 anos levar velas para a virgem Maria na igreja. no caminho ela é estuprada e morta por dois pastores de cabras, que, ao cair da noite, chegam à casa do casal pedindo comida e abrigo. sem saber de quem se tratam, um deles tenta vender as roupas da menina à mulher, que as reconhece e conta ao marido. juntos eles vão preparar sua vingança. ganhador do Oscar e do Globo de Ouro de filme estrangeiro)


4.  Persona, Quando Duas Mulheres Pecam (1966. Liv Ullmann é uma atriz que se recusa a falar e é internada numa clínica. sua enfermeira - Bibi Andersson - tenta estimulá-la, conversando o tempo todo e até contando confidências. aos poucos as personalidades de ambas vão se misturando e se confundindo. exercício genial, num dos grandes momentos da história do cinema)


5.  Gritos e Sussurros (1972. duas irmãs cuidam de uma terceira em seu leito de morte, junto com a empregada da família, que perdeu sua própria filha precocemente e transfere seu amor à doente. todas temem o inevitável e, ao mesmo tempo, as irmãs anseiam para que isso aconteça logo. os sentimentos reais cruamente expostos. Oscar de fotografia para Nykvist)


6.  Cenas de um Casamento (1973. Erland Josephson e Liv Ullman são um médico e uma advogada bem sucedidos, que estão casados há 10 anos. são um exemplo de sucesso no casamento, já que, à sua volta, as relações são constantemente desfeitas. quando ela descobre que está grávida, o marido reage com frieza. aos poucos eles constatam que já não se amam mais e ela descobre que ele tem um caso com uma garota mais jovem, com quem planeja ir para Paris. quando passou na tv sueca em forma de minissérie, a taxa de divórcios aumentou consideravelmente)


7.  Face a Face (1976. Liv Ullmann é uma psiquiatra casada que está atormentada por visões de uma velha senhora. em depressão, procura fugir de seu pesadelo tendo um caso com um médico também casado - Erland Josephson. isso só detona nela uma crise histérica, que a levam a tentar suicídio. quando está se recuperando, começa a decifrar suas visões. um filme difícil, com espaço para um show de Liv Ullmann)


8.  Sonata de Outono (1978. Ingrid Bergman é uma pianista de sucesso, mas uma mãe negligente. ela vai visitar a filha - Liv Ullmann -, e encontra lá também sua outra filha, que tem uma deficiência mental. o que começa com um encontro amistoso, transforma-se pela tensão entre mãe e a filha, que acaba desfiando todas as suas mágoas. duelo de atrizes em outro filme genial) 


9.  Da Vida das Marionetes (1980. um rico empresário tem um casamento aparentemente perfeito com uma fotógrafa de moda, mas logo na primeira cena do filme, ele assassina brutalmente uma prostituta. o filme se desenvolve de maneira não linear, tentando desvendar suas motivações em paralelo com as investigações policiais. foi feito durante o exílio voluntário de Bergman - por estar em guerra com o fisco sueco - na Alemanha. pesado e pouco conhecido)


10.  Fanny e Alexander (1982. após um natal alegre, o pai de um casal de crianças morre, mas o garoto continua a ver seu fantasma com frequência. tempos depois sua mãe se casa com um viúvo religioso, que os leva a morar em sua casa. lá o garoto começa a ver os fantasmas da falecida esposa e as filhas dele, que morreram tentando fugir. logo sua mãe vai perceber quem é seu novo marido e tentará tirar os filhos de lá. último filme de Bergman para o cinema e uma obra-prima irrepreensível)

9 comentários:

  1. Persona é um filme brilhante....

    ResponderExcluir
  2. Oi Dea,
    Concordo. Persona é um dos meus filmes favoritos.
    Mas todo filme de Bergman é brilhante.
    Recomendo!

    Abs!!!

    ResponderExcluir
  3. Faltou "O Ovo da Serpente" q é um filme extenso, chato e cansativo.

    ResponderExcluir
  4. SE A PESSOA NÃO GOSTAR OU NÃO ENTENDER O ENREDO, VAI ASSISTIR ATÉ O FIM CURTINDO AS BELAS FOTOGRAFIAS QUE NOTABILIZAM AINDA MAIS A OBRA DE BERGMAM

    ResponderExcluir
  5. Sou admiradora de toda a obra de Bergman e concordo com vc que toda a sua filmografia é digna de ser vista e revista muitas e muitas vezes. Na minha lista dos dez mais adicionaria A Hora do Lobo, que é de uma tensão e fotografia incríveis! Ah, o documentário A Ilha de Bergman sobre a obra do grande mestre é outro obrigatório para quem admira seu trabalho. Abs,

    ResponderExcluir
  6. A maioria desses filmes desse cara só tem enrolação, tirando Cenas de um Casamento e Gritos e Sussurros. Filmes bobos assim até eu faria. João.

    ResponderExcluir
  7. Puxa João,
    Então faça! O mundo precisa de um novo Bergman e já que você é assim tão bom, por favor, comece a filmar agora!
    Abs!!!

    ResponderExcluir
  8. Existe um bergman nos comentários, é fácil falar, dificil é fazer. Nata do cinema, a mais pura camada da sétima arte, Persona é meu favorito. O filme me fez pensar bastante sobre como é o cinema.

    ResponderExcluir
  9. Vi recentemente Gritos e Sussurros e me decepcionei, esperava mais.

    ResponderExcluir

Todo comentário do Listas de 10 será moderado para evitar abusos.
Por isso mesmo, não são publicados imediatamente. Seja paciente!
Ao final de seu comentário, identifique-se! É chato conversar com anônimos.
Obrigado!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails