segunda-feira, 15 de julho de 2013

10 Filmes de Werner Herzog


Werner H. Stipetić nasceu em Munique em 5 de setembro de 1942, filho de pais croatas. 
Aos 12 anos já adotara o sobre nome artístico Herzog, que significa "duque".
Nesta época conheceu o jovem ator Klaus Kinski, que dividiu um apartamento com sua família e que o influenciaria a seguir a carreira de diretor.
Teve que trabalhar numa siderúrgica para financiar seus curtas metragens. Seu primeiro longa, "Lebenszeichen" lhe valeu um Urso de Prata no Festival de Berlim de 1966.
Em 1972, aventurou-se nas selvas do Peru em sua primeira colaboração com o problemático ator e amigo Klaus Kinski, que resultou num clássico.
Herzog sempre se interessou por documentários e isso é perceptível mesmo nas suas obras de ficção.
Esta lista traz 10 dentre os mais de 60 filmes do diretor, cinco são documentários e cinco ficção apenas para apresentá-lo aos leitores do Listas, mas nenhum de seus filmes é irrelevante, mesmo que não estejam nesta lista, merecem ser vistos.

1.  O Homem Urso (munido de mais de cem horas de gravações, Herzog monta o quebra-cabeças da história de um ator frustrado, Timothy Treadwell, que resolveu, sem nenhum embasamento científico, documentar a vida dos ursos pardos, no Alasca. durante anos, passando os verões com os ursos, Treadwell vai pouco a pouco perdendo a razão e termina por perder a vida. um documentário excepcional, imperdível)

2.  Aguirre, a Cólera dos Deuses (em meados do século XVI, na selva peruana, o espanhol Pizarro lidera uma expedição em busca da lendária Eldorado, quando um de seus homens, Aguirre - Klaus Kinski - consumido pela loucura, sonha conquistar a América. Herzog se concentra em mostrar os efeitos emocionais sofridos por homens em situações-limite, ocorridos também nos bastidores da produção, graças às explosões de Kinski)

3.  A Caverna dos Sonhos Esquecidos (nada pode ser mais essencial no cinema do que nos transportar a lugares e fatos que não teríamos acesso. Herzog é um investigador curioso e sempre consegue fazer as perguntas que gostaríamos de ver respondidas. neste maravilhoso documentário - feito em 3D - nos leva à gruta Chauvet, uma cápsula do tempo que permaneceu lacrada pela natureza por mais de 20 mil anos e guarda um tesouro incomparável em arte rupestre. fascinante, necessário, emocionante)

4.  Fitzcarraldo (a história de Brian Sweeney Fitzgerald - Klaus Kinski -, um homem determinado a construir uma casa de ópera em plena selva amazônica. para conseguir seu intento, primeiro enriquece com a exploração da borracha e usa o trabalho dos indígenas para transportar um enorme barco através de uma montanha. gravado em parte no Brasil, tem no elenco José Lewgoy, Grande Othelo e Milton Nascimento, além da diva Claudia Cardinale)

5.  Ao Abismo - Um Conto de Morte, um Conto de Vida (Herzog investiga a fundo o ambiente onde estavam inseridos dois jovens condenados por triplo assassinato, todos por motivo fútil, no Texas. apesar de entendermos sua história de violência e falta de oportunidades, jamais ficamos do lado dos bandidos, mas ainda assim, o diretor nos coloca contra a bárbara pena de morte aplicada nos EUA. um documento essencial para compreendermos a nossa época)

6.  Nosferatu, o Vampiro da Noite (um corretor de imóveis -Bruno Ganz - é enviado à Transilvânia para fechar uma transação com o Conde Drácula - Klaus Kinski. no contato, o conde vê uma foto da esposa do corretor - Isabelle Adjani - e resolve ir atrás dela, deixando um rastro de morte pelo caminho. refilmagem do clássico expressionista de F.W.Murnau e um dos maiores sucessos de Herzog)

7.  Encontros no Fim do Mundo (logo no início, Herzog deixa claro que não foi à Antártida filmar pinguins fofos. e é isso que faz dele um dos maiores documentaristas que o cinema já teve. seu interesse é na relação do homem com aquele ambiente quase alienígena, aonde todos os dias novas espécies são descobertas e catalogadas. Ele não se furta de fazer imagens sensacionais, especialmente as submarinas, mas a força deste filme genial está nas entrevistas com os mais diversos tipos humanos que foram parar lá. excepcional!)

8.  O Enigma de Kaspar Hauser (baseado na história real de um jovem que surgiu em Nuremberg em 1828, quase sem saber falar ou andar. aos poucos descobrimos que ele fora mantido cativo toda a sua vida e libertado sem motivo. seu benfeitor tenta integrá-lo à sociedade com resultados inesperados. para o papel, Herzog escolheu Bruno S., um ator sem experiência, que passou quase toda a vida em hospitais psiquiátricos e que ele descobrira ao fazer um documentário)

9.  Meu Melhor Inimigo (anos após a morte do seu amigo e ator de cinco de seus filmes, Herzog decidiu homenageá-lo num documentário. Kinski era impossível de lidar, tinha temperamento explosivo e, como diz Herzog, era o responsável por todos os cabelos brancos do diretor. um personagem fascinante, que faz o filme igualmente interessante)

10.  O Sobrevivente (mesmo para falar da guerra do Vietnã, Herzog impõe sua marca pessoal. o filme fala muito sobre as florestas do Laos, sobre a força da natureza, sobre a insanidade do homem e também sobre companheirismo, todos temas caros ao diretor. belas interpretações de Christian Bale e Steve Zahn. ótimo personagem real, uma alemão que tornou-se heroi de guerra americano, porque a América lhe deu asas. um grande filme)

Menções Honrosas: Cobra Verde, Stroszek, Onde Sonham as Formigas Verdes, Woyzeck, Vício Frenético, Além do Azul Selvagem, O Diamante Branco,...

Veja ainda: "10 Filmes sobre Desemprego"







8 comentários:

  1. Diretor genial,pena que não seja tão conhecido.

    A relação homem-natureza feita por ele é única.

    A cena da embarcação subindo a montanha Fitzcarraldo é impressionante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kelvelyn,
      Uma das funções do blog é exatamente apresentar o bom cinema aos leitores.
      Se um único visitante conhecer e começar a gostar do Herzog por causa deste post, ele terá valido a pena.
      Fitzcarraldo foi o que me fez gostar do trabalho do diretor.
      Obrigado por sempre comentar!
      Abs!!!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Tá mais do que certo Armando a quantidade de diretores e obras pouco lembradas é gigantesca.

      Ando bastante interessado no cinema de terror italiano(Bavo,Fulci,Argento) daria uma lista bacana.

      Excluir
  2. Olá, eu já tinha visto "O Homem Urso" (muito bom por sinal), mas eu nem sabia quem era o diretor e muito menos que era um diretor tão famoso e produtivo assim. Hoje eu vi Aguirre, a Cólera dos Deuses, por indicação da lista, e não achei nada menos que fantástico! Com certeza vou procurar conhecer mais da obra do Herzog.
    Valeu pela lista

    ResponderExcluir
  3. Não ter "onde sonham as formigas verde" foi um grande pecado. haha

    ResponderExcluir
  4. Oi Hamilton,
    Trata-se de uma falha de caráter minha. Eu não vi ainda "Onde Sonham as Formigas Verdes". Mas prometo sanar essa falta.
    Obrigado por comentar!
    Abs!!!

    ResponderExcluir

Todo comentário do Listas de 10 será moderado para evitar abusos.
Por isso mesmo, não são publicados imediatamente. Seja paciente!
Ao final de seu comentário, identifique-se! É chato conversar com anônimos.
Obrigado!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails