terça-feira, 23 de outubro de 2012

10 Filmes Bizarros


Mas afinal, o que são filmes "bizarros"?
São aqueles que nos causam estranhamento ou, por vezes desconforto, por fugirem da narrativa tradicional, tirando nossos cérebros de sua zona de conforto.
Alguns consideram esses filmes obras geniais, outros grandes bobagens.
Muitos filmes que exploram o universo onírico poderiam fazer parte desta lista, outros especialmente chocantes também.
Alguns cineastas são viciados neste recurso, por isso limitei a um filme de cada autor.
Algumas obras desta lista de 10 são realmente estimulantes, outras são bem difíceis de assistir.
Sugestões de mais esquisitices serão bem vindas nos comentários.

1.  Brand Upon the Brain! (Guy Maddin, 2006. dois irmãos vivem no farol de uma ilha onde seus pais administram um orfanato. gravado em super8 em preto e branco e sem diálogos, o filme tem o formato de lembranças distantes e um roteiro de ficção científica absurda. uma obra experimental interessante e estimulante, vale conhecer)

2.  Mistérios e Paixões / Naked Lunch (David Cronenberg, 1991. na Nova York dos anos 1950, um aspirante a escritor sobrevive vendendo inseticida. mas está prestes a perder o emprego, pois sua esposa está viciada e consome todo o estoque. ele resolve experimentar e começa a ter alucinações onde pessoas e objetos transformam-se em insetos gigantes. o cineasta canadense é autor de outros filmes estranhos como 'Crash' e 'Videodrome', mas neste filme, baseado em livro de William S. Burroughs, se superou)

3.  Eraserhead (David Lynch, 1977. estreia de Lynch na direção já antevia suas futuras esquisitices e sua genialidade. um operário é obrigado a casar-se com a namorada grávida, ela dá a luz a um bebê mutante e o abandona para que ele cuide sozinho da criatura. feito em preto e branco, tem sequências memoráveis, como o fígado cru feito em forma de frango assado que é obrigado a comer. perturbador e marcante)

4.  Afogando em Números (Peter Greenaway, 1988. três mulheres, mãe, filha e sobrinha, insatisfeitas com seus  maridos afogam os respectivos encobertas pelo plano de um legista que é apaixonado por elas. enquanto os fatos acontecem, as cenas são numeradas de 1 a 100. o galês Greenaway criou sua própria linguagem cinematográfica, sempre com rica direção de arte barroca, fotografia brilhante e uma queda pelo nonsense)

5.  A Montanha Sagrada (Alejandro Jodorowsky, 1973. quando se fala em bizarro não pode faltar o mestre, autor também de 'Santa Sangre'. o diretor chileno, polêmico e reverenciado nos anos 1970 gosta mesmo de chocar. nesta sua obra-prima um Jesus raivoso percorre uma via crucis profana, acompanhado de um anão mutilado, crianças nuas, animais fantasiados ou mortos, imagens dele mesmo, até encontrar um guru que o apresenta sete poderosos indivíduos respresentado o sistema solar e juntos vão em busca da tal montanha sagrada. são quase duas horas de fartas bizarrices e sacrilégios)

6.  Dublê de Anjo / The Fall (Tarsem Singh, 2006. o indiano Tarsem foi para Harvard estudar e nunca mais voltou. começou dirigindo videoclips e chegou ao cinema, onde começa a ser notado. dirigiu 'A Cela' e 'Os Imortais', mas a melhor mostra do seu trabalho é esta fantasia colorida e extravagante, como os filmes de Bollywood. num hospital de Los Angeles, nos anos 1920, um dublê ferido e uma garotinha de braço quebrado tornam-se amigos, quando ele começa a contar histórias fantásticas, que ela interpreta de maneira ainda mais onírica. o roteiro tem lá seus furos, mas não dá para negar que o visual é deslumbrante)

7.  Contraponto / Tideland (Terry Gilliam, 2005. um dos criadores do Monty Python, Gilliam sempre gostou de excentricidades nos filmes que dirigiu, vide 'Brazil', 'Doutor Parnassus' ou 'Barão Munchausen', mas neste de 2005 ele se superou, levando a bizarrice além do limite do suportável. após a morte da mãe por overdose, uma garota e seu pai drogado mudam-se para a fazenda abandonada da família, onde o pai também morre. sozinha, a menina cria um mundo de fantasia com animais falantes, cabeças de bonecas e vizinhos ainda mais estranhos que ela)

8.  Sr. Ninguém (Jaco Van Dormael, 2009em um futuro não muito distante, Nemo Nobody tem 118 anos de idade e é o último mortal a conviver com as pessoas imortais. um filme sobre física quântica, espaço-tempo, dimensões paralelas... enfim, um filme complicado e... agradável. a história é formada de clips que se intercalam, encerrando-se em si ou formando um grande mosaico. é como se cada clip fosse interessante sem a necessidade da conclusão. um roteiro bem feito, bom bonito, ótima fotografia, tudo contribui para um filme diferente do que estamos acostumados a ver. o belga Dormael é autor do também ótimo 'Totó, o herói')

9.  Um Cão Andaluz (Luis Buñuel, 1929. pioneiro dos filmes bizarros, este curta metragem - de cerca de 21 minutos - foi o primeiro da parceria dos do jovem diretor espanhol com o surrealista Salvador Dali. traz cenas icônicas do cinema, como a mão de onde brotam formigas e o olho sendo cortado por uma navalha. quando foi lançado causou grande impacto, ficando 8 meses em cartaz em Paris)

10.  Cabeças Cortadas (Glauber Rocha, 1970. depois de ser premiado melhor diretor em Cannes, Glauber teve a oportunidade de dirigir dois filmes no exterior, este na Espanha e 'O Leão de Sete Cabeças' na África. o diretor baiano usava frequentemente narrativas não-lineares e sequências simbólicas ou metafóricas para expor suas idéias. Em Cabezas Cortadas imaginou um encontro entre os ditadores Franco e Perón num castelo em algum lugar do terceiro mundo. um filme provocativo e onírico)

Menções honrosas: Pi, Satantango, Delicatessen, Os Idiotas, Fausto, Quero Ser John Malkovich, Rocky Horror Picture Show, Donnie Darko, Encaixotando Helena, A Centopeia Humana, Saló ou Os 120 Dias de Gomorra, Santa Sangre, Tio Bonmee que Pode Recordar suas Vidas Passadas, Freak Orlando, Wild Tiger We Know, O Futuro, Cine Socialismo, Tabu...

Veja ainda: "10 Filmes Futuristas"  

17 comentários:

  1. Uma das melhores listas já postadas aqui no blog! Adoro filmes bizarros e surrealistas. Só senti falta de ter mencionado "Taxidermia", que além de extremamente bizarro é muito bom.

    ResponderExcluir
  2. Tenho uma queda por filmes nesse estilo.Não é por menos que entre meus diretores favoritos estão os geniais Lynch e Cronenberg,alias esse primeiro merece uma lista não?

    Na lista ainda se encaixa alguns filmes do Verhoeven e porque não do Haneke? E fuiquei feliz por não ter incluido o estilo forçado do Tim Burton.

    ResponderExcluir
  3. Oi Davi!
    Obrigado pelo elogio e pela sugestão.
    Te confesso que não conhecia o húngaro 'Taxidermia', mas já que você falou bem, vou procurar.

    Kelvelyn,
    O Lynch merece sim uma lista, mas tem tantos diretores que merecem listas... e infelizmente são sempre as menos lidas, mas um dia sai. Aliás faz tempo que ele não faz nenhum longa, né?
    Quanto ao Haneke (que já tem uma lista aqui) não acho que ele se encaixe em bizarro, à exceção talvez de 'O Castelo', mas é adaptação de Kafka...
    Já o Verhoeven na fase holandesa fez uns filmes bem esquisitos, como 'O Quarto Homem', por exemplo.

    Obrigado por comentarem!
    Abs!!!

    ResponderExcluir
  4. Tem um que é muito bizarro, mas muito bizarro mesmo, se chama Bad Biology, tem também os filmes tipo Pink Flamingos do John Waters bastante marcantes nesse gênero.

    ResponderExcluir
  5. Boa lista, mas eu também queria saber quais filmes são esses do banner usado para poder assistir.

    []'

    ResponderExcluir
  6. Não sei se teria coragem de assistir esses filmes. Gosto de histórias lights, como as das animações, que no final sempre passa uma mensagem para refletirmos. Penso que os filmes desta lista não podem ser considerados ruins ou inapropriados, faz parte da personalidade de quem os cria e também é uma forma de arte.

    ResponderExcluir
  7. Tem ainda "As maçãs de adam", "Carne fresca, procura-se", E também alguns filmes dos irmãos Cohen. Além de mtos outros.

    ResponderExcluir
  8. Spyblack,
    Os filmes da montagem acima são exatamente os filmes da lista.

    Jonas,
    Tem muitos filmes mesmo. Eu já lembrei de vários depois que publiquei a lista.

    Abs!!!

    ResponderExcluir
  9. Excelente lista, Armando!!!
    Parabéns, como sempre...

    Acho que tem um brasileiro que poderia fazer parte. Achei o "Filmefobia" coisa de louco!!!

    Abraço!!

    ResponderExcluir
  10. Ótima lista. Alguns filmes daí eu não conhecia

    Linkicha - Agregando ótimos links: www.linkicha.com.br

    ResponderExcluir
  11. Dublê de Anjo é um dos melhores filmes que eu já vi. Recomendadíssimo.

    ResponderExcluir
  12. O Anticristo é bem tenso!

    ResponderExcluir
  13. um filme que vi, quando tinha quinze anos, era "band and hand", não tenho certeza se está correto a grafia, mas tinha a tradução do título para a "banda da mão". Muito doido, era pornográfico e bem forte as cenas de "malvadeza", isso era nos anos 80, em vídeo cassete ainda!

    ResponderExcluir
  14. E a centopéia humana?

    ResponderExcluir
  15. Primeira lista de filmes da qual eu não vi nenhum! Vou procura-los.

    # Dia 21/11 tem sorteio de um mosaico gigante (120x90cm)
    Ainda dá tempo de participar: http://migre.me/bltRm

    ResponderExcluir
  16. Muitos desses filmes são filmes de vanguarda, parece que o cinema, apesar de ter nascido praticamente com as vanguardas artísticas, morreu com o realismo e o naturalismo. Pouca gente se preocupa com a forma e a linguagem cinematográficas (excetuando os filmes de animação).

    ResponderExcluir

Todo comentário do Listas de 10 será moderado para evitar abusos.
Por isso mesmo, não são publicados imediatamente. Seja paciente!
Ao final de seu comentário, identifique-se! É chato conversar com anônimos.
Obrigado!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails