quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Os 10 Melhores Filmes Brasileiros de 2014


O cinema nacional está cada vez mais maduro.
Os filmes ficaram melhores tecnicamente, os roteiros mais apurados, os diretores mais autorais e cada vez é maior e mais plural o número de lançamentos.
Sempre separo minhas listas de melhores entre nacionais e internacionais, mas neste ano, os brasileiros poderiam perfeitamnete dividir a lista geral.
Não vi todos os filmes nacionais lançados nos cinemas em 2014, mas vi a maior parte deles. Por isso mesmo, a lista e 10 poderia ser bem maior.
Mas confira meus favoritos, quem sabe você não se aniuma a ver mais dos nossos filmes.

1.  Praia do Futuro (Karim é um cineasta raro. Ele não tem medo de deixar lacunas na sua narração para que as completemos ou não, segundo nosso repertório. O roteiro dele e de Felipe Bragança se divide em três capítulos bem definidos e faz questão de subverter as tolas regras de 'storytelling', tão em moda. O filme está ainda repleto de lindos planos cheios de significado implícito e sequências fortes, de uma secura aterradora. Wagner Moura entrega a melhor interpretação de sua carreira, com uma angústia contida sempre prestes a explodir. Seu encontro com o irmão já adulto - Jesuíta Barbosa excepcional - traz algumas das melhores cenas do cinema, transmitindo ternura e raiva com a mesma intensidade. Nada menos que uma obra-prima.)

2.  Ventos de Agosto (Um retrato quase documental e, ao mesmo tempo, metafórico da vida cotidiana numa comunidade isolada de Alagoas. Cada personagem entrende o isolamento do seu jeito, a menina que viveu na cidade e está presa, condenada a cuidar da avó, mas mantém seus elos através do rock pesado, o bronzeamento com coca-cola e a prática de tatuagem nos porcos. O rapaz, preocupado em manter seus mortos sob a terra e a levar embora os mortos de fora. A vida na quarta curva a esquerda depois do rio. Belo, belíssimo!)

3.  O Lobo Atrás da Porta (Desde 'Rashomon', filmes narrados sob diferentes pontos de vista se tornaram praticamente um gênero. O suspense de Fernando Coimbra utiliza-se deste recurso, mas deixa um pouco a desejar justamente na montagem. O principal flashback é muito longo e precisava de mais retornos ao presente para pontuar melhor a tensão da opção narrativa. Um outro descuido é de produção, e que parece bobo: num filme com tantos planos fechados, a protagonista nunca muda o penteado e quase nunca muda de brinco, apesar do longo período de tempo abordado. Apesar dos poucos escorregões, a história é fortíssima, que choca a cada revelação e as interpretações são ótimas, com destaque para Leandra Leal. Uma obra que mostra o amadurecimento mais que bem vindo do nosso cinema.)

4.  Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (Baseado num premiado curta-metragem.do diretor e roteirista Daniel Ribeiro, que nesta versão pode dar o ritmo necessário para que a história se desenrolasse. O resultado é um filme simples e singelo. A história todos já conhecem: um adolescente cego, busca sua independência e sua sexualidade, quando se apaixona por um novo aluno recèm chegado à sua escola)

5.  De Menor (Rita Batata é uma defensora pública de menores infratores e vive com seu irmão caçula. Órfãos, os dois têm um relacionamento de muita cumplicidade, até o dia em que o rapaz comete um delito e torna-se réu na Vara da Infância onde ela trabalha.Um belo exemplar do novo cinema brasileiro. Num tom naturalista, constrói sua tese e envolve o espectador com uma câmera ágil e planos pouco usuais. O cenário, a cidade de Santos, é raro e mais um ponto a favor do filme. Estreia promissora da diretora Caru Alves de Souza em longas.)

6.  Os Amigos (Claramente influenciada pelo cinema francês - Varda e Resnais -, a diretora Lina Chamie constrói uma narrativa fragmentada e poética do dia de um arquiteto - Marco Ricca -, a partir da notícia da morte de um amigo de infância. Mistura memórias, nonsense e realidade, criando diversos detalhes originais na trama. Seja bem vinda a liberdade poética ao cinema nacional!)

7.  Boa Sorte (João Pedro Zappa é um adolescente viciado em "frontal com fanta", combinação que ele fantasia o tornar invisível. É internado pelos pais e na clínica ele conhece uma garota mais velha - Deborah Secco -, que além de dependente química, é portadora de HIV e hepatite. Eles se apaixonam, mas... Ao escolher o interior de uma clínica de internação psiquiátrica, a estreante Carolina Jabor cria um cenário poderoso, quase um personagem. O filme não é perfeito, mas graças ás boas atuações, o resultado é muito simpático)

8.  Trinta (Ótima cinebiografia, ainda que um tanto convencional, de um personagem icônico da cultura brasileira. Matheus Nachtergaele dá um show de interpretação, não imitando, mas recriando seu Joãosinho Trinta. Ótimo elenco de apoio e uma produção excelente, da direção de arte de Daniel Flaksman à trilha de André Abujamra, tudo funciona perfeitamente. O roteiro é bem amarrado, embora não ouse muito, acerta ao concentrar-se no turning point do biografado, o carnaval da Salgueiro de 1974. Belo filme.)

9.  Riocorrente (O cult-film do ano, construído sobre símbolos e metáforas, em que a tensão das relações é o fio condutor, mais do que propriamente a história que conta. Seus personagems se confundem, talvez como partes de uma única consciência e mesclam-se com o ambiente. De tão conceitual, a obra de Paulo Sacramento é difícil de ser compreendida pelo espectador médio, mas é um exercício bem construído e muito interessante e oportuno.)

10.  Alguém Qualquer (Quantos são os Zés que passam pela nossa vida e nós nem damos conta? Pessoas que levam vidas simples, dedicadas ao trabalho, vivendo e morrendo "pela vontade de deus". Logo antes do início do filme já temos uma pista do que virá a seguir, produzido por um certo Instituto Stanislavsky, pressupõe atores de método, o que realmente acontece. Tristan Aronovich, diretor, ator, roteirista, compositor e editor, constrói uma obra obviamente pessoal. Seu personagem é caricato, mas num mundo normal, ele também é verossímil e comovente. O filme tem alguns escorregões, especialmente no final redentor, mas  o resultado é acima da média. Trata-se de um filme pequeno, universal e emocionante. A trilha bem encaixada provoca lágrimas inevitáveis. Deixe-se levar!)

Outros ótimos lançamentos nacionais de 2014:

11. Apneia 
12. O Menino e o Mundo
13. Entre Vales
14. Entre Nós
15. Quando Eu Era Vivo 

Veja ainda: "Os 10 Melhores Filmes Internacionais de 2014"


11 comentários:

  1. Grande Armando... Lista linda! Foi um ano maravilhoso pro cinema nacional. Tivemos filmes memoráveis, sensíveis como Praia, uma animação bacana, um terror/suspense interessantíssimo e grandes atuações. Vou atrás de vários que não vi, como Ventos de Agosto, De Menor...
    Vamos ao Kino!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Vitor!
      Nesses anos de Kino, vimos o cinema brasileiro crescer muito.
      Cada vez mais tenho prazer em assistir filmes nacionais.
      Abs!!!

      Excluir
  2. eu confesso que eu não vi nenhum filme brasileiro de 2014,eu vou ver se eu vejo um dessa lista e digo o que eu achei

    ResponderExcluir
  3. Vc indica um site q eu possa encontrar esses filmes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo!
      O próprio YouTube tem alguns deles, o blog Sonata Premiere também e o Canal Brasil já exibiu outros.
      Espero que tenha ajudado.
      Abs!!!

      Excluir
  4. Melhores filmes brasileiros???? Isso não existe. Cinema brasileiros morreu ainda nos anos 60...depois disso é só porno e filminho "cabeça de bagre" pra idiota esquerdista aplaudir...

    ResponderExcluir
  5. Tenho um imenso orgulho do cinema brasileiro, e fiquei muito mais orgulhoso depois de ler esta lista genial, muito obrigado por suas belas palavras à nossa cinematografia!

    ResponderExcluir
  6. Ainda bem que vejo cada vez mais artistas no cinema nacional que não são os mesmos artistas do Projac, chega de Tony Ramos, Glória Pires, Leandro Hassum, Fernanda Montenegro, no cinema prefiro ver 'caras novas' e nisso acredito que o Brasil tem melhorado muito.

    ResponderExcluir
  7. Show essa lista, tem alguns que ainda não assisti... http://www.paulazambotti.com.br

    ResponderExcluir

Todo comentário do Listas de 10 será moderado para evitar abusos.
Por isso mesmo, não são publicados imediatamente. Seja paciente!
Ao final de seu comentário, identifique-se! É chato conversar com anônimos.
Obrigado!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails