sexta-feira, 13 de novembro de 2009

10 Filmes com Trilhas de Ennio Morricone



Aos 81 anos, completados no último dia 10/11, e com cerca de 500 (!!!) trilhas sonoras em seu currículo, o maestro Ennio Morricone é, para muitos, o maior compositor da história do cinema.
Suas trilhas, mais do que pontuar a ação, maximizam as emoções, sendo muitas vezes mais lembradas que os próprios filmes.
Colega de classe de Sergio Leone, fez com ele uma longa parceria e, juntos, inventaram o western spaghetti. Suas trilhas inventivas, utilizando instrumentos pouco ortodoxos, como sinos, gaitas, guitarras elétricas e até harpa judia, deram uma personalidade única aos filmes.
Ganhou um Oscar honorário em 2007 pelo conjunto da obra. E um detalhe curioso, quem traduziu seu discurso do italiano para o inglês foi Clint Eastwood, outro amigo de 40 anos.
Selecionei 10 Filmes onde suas trilhas se destacaram, em ordem cronológica. 
Fechem os olhos, liguem o som e aproveitem a obra de um gênio.


1.  Três Homens em Conflito - Il Buono, Il Brutto, Il Cattivo (1966 / Sergio Leone. três homens  fazem de tudo para colocar as mãos em uma fortuna roubada.e escondida num cemitério. provavelmente a trilha mais clássica do gênero, lindíssima)


ouça: 


2.  Era uma vez no Oeste (1968 / Sergio Leone. um fazendeiro com terras que se valorizariam muito, por estar à beira de uma futura ferrovia é assassinado por capangas - de Henry Fonda -, junto com seus filhos. o que ninguém sabia é que ele deixou viúva uma ex-prostituta - Claudia Cardinale -, que passa a ser dona do local, protegida por um pistoleiro - Charles Bronson - que tem contas a ajustar com o assassino. a trilha, "The Man With the Harmonica" famosa pela gaita nervosa tocada pelo personagem de Bronson, também é clássica)


ouça: 


3.  Quando Explode a Vingança - Giù La Testa (1971 / Sergio Leone. Rod Steiger é um camponês mexicano rude e com alma de Robin Hood, que se une a um terrorista irlandês - James Coburn -, especialista em explosivos, para libertar prisioneiros políticos durante a revolução mexicana.  uma das mais belas e elaboradas trilhas do mestre Morricone)


ouça: 


4.  Meu Nome é Ninguém (1973 / Tonino Valerii. baseado num argumento de Sergio Leone, Terence Hill - aquele mesmo que faria a série Trinity com Bud Spencer - é um jovem e ambicioso pistoleiro, que tem como ídolo um velho pistoleiro - Henry Fonda - que só quer se aposentar. apenas para vê-lo em ação, prepara uma emboscada com os piores bandidos do oeste. uma comédia divertida e com uma das mais belas trilhas de Morricone, com destaque para o coro feminino)


ouça: 


5.  Era uma Vez na América (1984 / Sergio Leone. último filme do diretor. dois amigos judeus crescem juntos nas ruas de New York cometendo pequenos delitos. com a lei seca a máfia judaica cresce e os dois tornam-se poderosos e inimigos. diz a lenda, que um erro nos formulários do Oscar impediu a trilha de participar da premiação, para a qual era considerada aposta certa. destaque para a flauta de pan)


ouça: 


6.  A Missão (1986 / Rolland Joffé. no século 18, Robert DeNiro torna-se padre para se penitenciar por ter matado o próprio irmão num duelo. em companhia dos jesuítas espanhóis no sul do Brasil, envolve-se na luta para defender uma tribo indígena dos portugueses escravagistas. mais um caso onde a trilha é muito melhor que o filme)


ouça: 


7.  Os Intocáveis (1987 / Brian DePalma. adaptação da série de TV, com um elenco estelar. na Chicago dos anos 30, um jovem agente idealista, Eliott Ness, reúne um pequeno grupo de policiais corajosos e incorruptíveis para enfrentar a gang de Al Capone. a trilha épica valoriza cada cena do ótimo diretor)


ouça: 

8.  Cinema Paradiso (1988 / Giuseppe Tornatore. numa pequena vila da Sicilia, antes da chegada da televisão, um garoto fica fascinado pelas imagens do cinema local e trava amizade com o projecionista ranzinza, mas de enorme coração. minha trilha favorita de Morricone, me dá um nó na garganta só de ouvi-la)


ouça: 


9.  Love Affair, Segredos do Coração (1994 / Glen Gordon Caron. refilmagem de Tarde Demais Para Esquecer, com o casal Warren Beatty e Annette Bening vivendo duas pessoas casadas, que se conhecem e se apaixonam durante uma viagem de avião e marcam de se encontrar no Empire State dali a seis meses. a trilha é bem melhor que o filme)


ouça: 


10.  Malèna (2000 / Giuseppe Tornatore. em 1941, numa vila da Sicília, um grupo de garotos de 13 anos de idade, nutre uma profunda paixão pela linda viúva de um soldado - Monica Belucci -, que é motivo de inveja e intrigas das mulheres da aldeia. outra bela trilha indicada ao Oscar)


ouça: 


Nota: Como esta é uma lista diferenciada, repeti alguns filmes de listas anteriores

8 comentários:

  1. Kill Bill também não tem uma trilha dele?

    ResponderExcluir
  2. Oi Montanari,
    Na verdade Kill Bill tem uma canção da trilha de um faroeste de 1967, A Morte Anda a Cavalo. Kill Bill 2 e Bastardos Inglórios também utilizam outras trilhas conhecidas de Morricone, mas não foram compostas para os filmes do Tarantino.
    A trilha original de Kill Bill foi composta pelo rapper RZA e a de Kill Bill 2, por Robert Rodriguez, o diretor texano...
    Abs!!!

    ResponderExcluir
  3. e o enigma do outro mundo?(the thing) da medo só de escutar

    ResponderExcluir
  4. Finalmente Tarantino acordou e resolveu fazer um filme com a trilha completa de Ennio Morricone. Apesar da grande maioria de suas trilhas já terem sido imortalizadas, Morricone não é Highlander. Vamos aguardar o filme e a trilha. Abraços.

    ResponderExcluir

Todo comentário do Listas de 10 será moderado para evitar abusos.
Por isso mesmo, não são publicados imediatamente. Seja paciente!
Ao final de seu comentário, identifique-se! É chato conversar com anônimos.
Obrigado!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails