terça-feira, 17 de novembro de 2009

10 Filmes de Woody Allen



Nascido Allen Konigsberg, em 01/12/1935, Woody é um cineasta único. Admirador de Ingmar Bergman, Fellini e Grouxo Marx, desenvolveu um estilo próprio, um esquema de produção barato para os padrões americanos e, assim, manteve uma carreira muito ativa desde os anos 70. 
Sua filmografia pode ser dividida fases. No seu início de carreira, quando chamou a atenção como comediante. Nos anos 1970, quando fez seus melhores filmes, consagrou-se como diretor respeitado e ganhou o Oscar. Nos anos 1990, uma fase de pouca inspiração. E a atual fase européia, onde saiu de Manhattan, com a qual estava umbilicalmente identificado, para filmar em Londres, na Espanha, na França - e talvez em 2011 no Rio - para garantir verba para seus projetos, mas também para dar vitalidade à sua obra.
Aqui vai minha lista de 10 filmes do diretor, que servem como panorama para seus vários momentos.


1.  A Última Noite de Bóris Grushenko (1975. último e melhor filme de sua fase pastelão e já com elementos de Bergman - O Sétimo Selo. conta a história de um soldado russo, prestes a ser executado pelos franceses, por um crime que não cometeu, que recorda toda sua vida até aquele ponto. apesar de covarde, é obrigado a alistar-se na luta contra os exércitos napoleônicos e acidentalmente torna-se um herói. mas casa-se com uma mulher - Diane Keaton - que pretende matar Napoleão e se mete numa encrenca maior ainda. engraçadíssimo e inteligente)


2.  Noivo Neurótico, Noiva Nervosa - Annie Hall (1977. um humorista judeu, complicado e divorciado e uma cantora em início de carreira - Diane Keaton - se conhecem e vão morar juntos. em pouco tempo suas crises conjugais começam a aparecer. roteiro preciso, diálogos cortantes, muito bom e muito engraçado. Oscars de atriz, diretor, roteiro e filme)


3.  Interiores (1978. drama inspirado em Gritos e Sussurros de Bergman e, em minha opinião, o melhor filme de Allen. aqui ele não atua, apenas dirige. conta sob a ótica das três filhas de uma família burguesa de Nova York, quando a aparente tranquilidade de sua rotina é quebrada, de forma inesperada, pelo pai que decide abandonar a casa para viver com outra mulher)


4.  Zelig (1983. o mais original dos filmes do diretor, conta em formato de um falso documentário, a história de um homem-camaleão, que tinha o poder de mudar de aparência para agradar as pessoas e se integrar aos ambientes. genial!!!)


5.  A Rosa Púrpura do Cairo (1985. excelente uso de metalinguagem, neste filme onde Allen só dirige. nos anos da depressão, uma garçonete - Mia Farrow - vive uma vida medíocre onde tem que sustentar o marido bêbado e seu único alento é ir ao cinema ver filmes românticos. quado assiste pela quinta vez "A Rosa Púrpura do Cairo", o impossível acontece, o mocinho do filme sai da tela e se declara para ela, causando tumulto no filme e no cinema)


6.  Hannah e suas Irmãs (1986. Mia Farrow é Hannah uma dedicada esposa, mãe carinhosa e atriz de sucesso, é o fator de união de sua família e suas duas irmãs confusas - Diane Wiest e Barbara Hershey -, a quem protege e defende. mas o marido de Hannah - Michael Caine - se interessa por sua irmã mais nova e os conflitos começam a brotar. Oscars para os coadjuvantes Caine e Wiest e para o roteiro de Allen)


7.  Crimes e Pecados (1989. duas histórias de adultério seguem em paralelo, para se encontrar apenas no final. um médico tenta esconder da esposa suas traições e é ameaçado pela amante, a quem manda matar. na outra história um documentarista casado luta contra a tentação e pela integridade de seu trabalho. ótima fábula sobre escolhas e moral) 


8.  Desconstruindo Harry (1997. o melhor filme da pior fase de Allen, tem referências claras a Morangos SIlvestres de Bergman. Allen é um escritor famoso, em um bloqueio criativo, que utiliza e distorce pequenos segredos sujos de seus amigos e casamentos passados e os inclui em seus livros, para a ira dos envolvidos)


9.  Match Point, Ponto Final (2005. um professor de tênis entra para uma família da alta-sociedade inglesa, quando casa-se com a filha deles. seus problemas começam quando apaixona-se pela ex-noiva - Scarlett Johansson - de seu cunhado, uma aspirante a atriz americana, que também procura seu lugar. muitas intrigas e um final surpreendente e irônico. excelente início da fase européia de Allen em Londres)


10.  Vicky Cristina Barcelona (2008. Allen renasceu com a sensualidade espanhola deste ótimo filme. duas amigas americanas - Rebecca Hall e Scarlett Johansson - passam as férias em Barcelona e aceitam fazer uma viagem no avião com um sedutor pintor - Javier Barden -, com o qual Cristina se envolve. além disso irão conhecer sua problemática ex-esposa - Penélope Cruz, ganhadora do Oscar e uma força da natureza)


8 comentários:

  1. Kelvelyn

    Só tive a oportunidade de ver dois filmes de Woody Allen que foram Match Point e Vicky Cristina Barcelona esse é muito bom.

    ResponderExcluir
  2. Tá faltando Midnight in Paris

    ResponderExcluir
  3. Anônimo,
    Esta lista foi publicada muito antes do lançamento de 'Midnight in Paris', que é sim um dos melhores do Woody.
    Valeu o adendo!
    Abs!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu concordo com a lista pelo seu ótimo gosto para filmes. Já assisti quase todos filmes e Manhattan não fazer parta da lista é surpreendente.

    Eu gosto muito de Melinda e Melinda, pela forma que a mesma história é contada da maneira cômica e outra drámatica.

    Anything Else foi o filme que despertou meu interesse por Woody Allen.

    ResponderExcluir
  5. Só Faltaram Tiros na Broadway e a Era do Rádio que são Fantasticos

    ResponderExcluir
  6. Gostei da lista. O Woody Allen é meu cineasta favorito. Gosto de Take The Money And Run, Play It Agan Sam, Manhattan, da atuação dele em The Froint... E claro, de todos esses que você incluiu (não assisti alguns ainda). Só citei esses porque não apareceram na lista =] Mas de qualquer forma, gosto muito das listas que você faz aqui. Obrigado!

    ResponderExcluir

Todo comentário do Listas de 10 será moderado para evitar abusos.
Por isso mesmo, não são publicados imediatamente. Seja paciente!
Ao final de seu comentário, identifique-se! É chato conversar com anônimos.
Obrigado!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails