quarta-feira, 14 de outubro de 2009

10 Filmes Brasileiros 1971-1980












Na década de 1970, o Brasil vivia em plena ditadura militar e nada podia ser dito sem passar pelo crivo dos censores.

Isso deu espaço para prosperarem as pornochanchadas, as comédias infantis e alguns poucos dramas sociais.

Foi também o auge da Embrafilme, estatal criada para controlar a produção cinematográfica do país. Os maiores públicos do cinema nacional ocorreram nessa década.

Mesmo assim, alguns bons títulos foram lançados, cito 10:


1. São Bernardo (1971 – Leon Hirszman. baseado na obra de Graciliano Ramos. Othon Bastos é um mascate que consegue se transformar em um próspero fazendeiro, só que ele é um homem torturado constantemente por suas obsessões e desconfianças)


2. Dona Flor e Seus Dois Maridos (1973 – Bruno Barreto. baseado na obra de Jorge Amado, é até hoje o maior sucesso de público do cinema nacional. Sônia Braga é uma bela professora de culinária, casada com o boêmio Vadinho – José Wilker – que morre precocemente. ela se casa novamente com o pacato farmacêutico da cidade, mas sente falta do outro, que acaba voltando em espírito e dividindo a cama com o casal)


3. Toda Nudez Será Castigada (1973 – Arnaldo Jabor. baseada na obra de Nélson Rodrigues. um homem puritano, viúvo, jura ao seu filho que nunca terá uma outra mulher, mais acaba se apaixonando por uma prostituta. crônica social rodrigueana, centrada na hipocrisia das famílias tradicionais)


4. Lição de Amor (1975 – Eduardo Escorel. Baseado na obra de Mário de Andrade. Um casal aristocrático contrata uma governanta alemã para iniciar sexualmente seu filho. A soberba interpretação de Liliam Lemmertz é o ponto alto deste filme delicado)


5. Xica da Silva (1976 – Cacá Diegues. biografia romanceada de uma bela escrava que, durante o ciclo de ouro, na atual Diamantina, aproveitou-se de sua sensualidade para conquistar a alforria e se tornar a rainha do Diamante. um tanto carnavalesco, mas assistível)


6. Iracema, Uma Transa Amazônica (1976 – Jorge Bodanzky e Orlando Senna. uma menina do interior do Pará vai a Belém para pagar promessa na festa do Sírio Nazaré, mas acaba se envolvendo com pessoas que a levam à prostituição. Num cabaré conhece um motorista que poderá levá-la para as grandes cidades do sul e pega carona com ele. retrato cru da prostituição na Amazônia)


7. Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia (1977 – Hector Babenco. bom filme policial. um notório marginal, em seu leito de morte, descreve a um repórter a sua carreira de crimes desde o primeiro roubo a banco)


8. Tudo Bem (1978 – Arnaldo Jabor. uma comédia corrosiva, onde uma típica família de classe média resolve reformar o apartamento e, em meio a filhos, empregadas e operários, as intrigas ganham a dimensão de caos)


9. Bye Bye Brasil (1979 – Cacá Diegues. três artistas ambulantes cruzam o país na sua Caravana Rolidei, fazendo espetáculos mambembes para uma popluação humilde, que ainda não tem acesso à televisão. um retrato afetuoso das diferenças do país)


10. Gaijin (1980 – Tizuka Yamazaki. baseado em fatos reais, conta a história de um grupo dos primeiros imigrantes japoneses no Brasil, que são levados a uma fazenda cafeeira e tratados duramente. um retrato oportuno e importante feito por uma cineasta que nunca mais acertou a mão)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo comentário do Listas de 10 será moderado para evitar abusos.
Por isso mesmo, não são publicados imediatamente. Seja paciente!
Ao final de seu comentário, identifique-se! É chato conversar com anônimos.
Obrigado!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails